O SABER LOCAL: novos ensaios em antropologia interpretativa.

Páginas: 12 (2988 palavras) Publicado: 9 de agosto de 2014
O SABER LOCAL: novos ensaios em antropologia interpretativa.
Tradução de Vera Mello Joscelyne. Petrópolis, Vozes, 1997, 366 pp.

Afirmar que Clifford Geertz é um nome conhecido na antropologia brasileira hoje é reiterar o óbvio. Já na graduação os alunos de Ciências Sociais entram em contato com os textos deste antropólogo americano, pioneiro no desenvolvimento da antropologia"interpretativa" que, em diálogo com a hermenêutica de Hans-Georg Gadamer e Paul Ricoeur, marcou indelevelmente os rumos da disciplina a partir dos anos 70, desencadeando direta ou indiretamente o fortalecimento da chamada "antropologia pós-moderna".
O que não é tão óbvio assim é que até o início deste ano um autor tão estudado aqui tenha tido apenas um dos seus livros traduzidos para o português – e mesmoassim, não se trata de uma tradução integral. Eis o que torna muito bem-vinda a edição recente e integral de Local knowledge: further essays in interpretive anthropology, que o público brasileiro recebe "antes tarde do que nunca". Afinal, temos de levar em consideração que, neste caso, o livro foi lançado no país de origem em 1983 e só chega ao Brasil, agora, passados quinze anos.
Seguindo oprincípio de que "quem diz A fica forçado a dizer B" (p. 9), Geertz amplia, nos oito ensaios que compõem o livro Conhecimento local (e não "saber" local – como argumentaremos adiante), as proposições formuladas pela primeira vez dez anos antes, em A interpretação das culturas, e referentes a uma antropologia que trate os fenômenos culturais como sistemas significativos e, portanto, passíveis deinterpretação. O autor sabe, em 1983, que a sua abordagem se tornou popular nas ciências sociais. Neste sentido, vale, em Conhecimento local, retomar as premissas teóricas e metodológicas da abordagem interpretativa no sentido de situá-las em relação aos rumos recentes do "pensamento moderno" sobre o social, cada vez menos "provinciano" e mais "pluralista", e que abdica de teorias gerais em favor de umconhecimento mais "contextualista, antiformalista, relativista" (p. 11). Ora, afirma Geertz, não há disciplina mais favorável a estas novas tendências do pensamento do que a antropologia, historicamente concentrada em entender perspectivas outras, formuladas pelos diversos grupos em torno das experiências destes no contexto "local" em que se situam. É esta equação, antropologia interpretativa–pensamentomoderno, que permite a Geertz reunir num mesmo livro artigos produzidos em circunstâncias diversas entre 1974 e 1982 (palestras ou conferências em faculdades de Direito, em academias de artes e ciências, em memoriais, etc.) e relativos a temáticas também distintas: os rumos recentes da teoria social (capítulo 1); a relação entre antropologia e crítica literária (capítulo 2); as dificuldadespráticas envolvidas no empreendimento antropológico (capítulo 3), o senso comum (capítulo 4), a arte (capítulo 5), o poder político (capítulo 6), a vida intelectual moderna (capítulo 7) e a relação entre fato e lei (capítulo 8).
A coerência entre temáticas aparentemente tão díspares se dá pelo objetivo hermenêutico que permeia a abordagem de todas elas: "a compreensão de ‘compreensões’ diferentes danossa" (p. 12 – "compreensão", e não "entendimento", como tematizaremos mais à frente). Ancorado na forma "ensaio" – ajustada à "qualidade experimental" do empreendimento (p. 13) –, Geertz formula, nos três capítulos da primeira parte de Conhecimento local, os fundamentos do que ele chama de "hermenêutica cultural" (p. 12). Os quatro capítulos da segunda parte, por sua vez, dedicam-se à aplicaçãodestes fundamentos a temáticas outras, como o senso comum, a arte, o carisma e a vida intelectual "moderna". Quanto à terceira parte da obra (o capítulo 8), um "minitratado" de três ensaios, ela na verdade realiza empiricamente o programa do antropólogo americano para uma etnografia do "pensamento moderno".
No ensaio que abre o primeiro bloco, o autor, ao discutir a relação entre ciências...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Antropologia interpretativa
  • O saber local
  • Saber local
  • Geertz o saber local resumo
  • Resenha Saber local
  • Os Saberes Locais no Ensino de Geografia
  • sete saberes e outros ensaios
  • Saberes Globais e Saberes Locais: o olhar transdisciplinar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!