O que é capital Ladislau Dowbor

Páginas: 5 (1071 palavras) Publicado: 15 de junho de 2015
O que é Capital.

Introdução
O livro faz com que consigamos entender o que é o capital, e compreender suas diferentes fases; como quem o cria quem se apropria e com qual finalidade. Fazendo com que de maneira explicita nós enxergássemos os problemas e os malabarismos pelo qual o mesmo passa.
Capital
Como no livro pesquisado, para se começar a falar em capital é necessário conceitua-lo. A maioriadas pessoas entendem que obter capital é ter dinheiro, fartura, giro; com o objetivo de enriquecer. A Grande diferença entre capital para o País e para as pessoas. O país reconhece como capital o investimento, crescimento industrial e tecnológico, para se obter o bem comum. Enquanto que para comunidade capital é o dinheiro-papel/moeda, já o suficiente para estar ativo no mercado financeiro. Comocitado no inicio deste parágrafo; para o país este crescimento é um processo lento, que necessita da capacitação da população, investindo em educação, moradia; Criando melhore oportunidades e assim se tenha um crescimento no país de seu capital. Sendo importante conseguir fazer a distinção entre estes dois aspectos. Como citado no livro (ganhar dinheiro as custas dos outros) é ser o “esperto”,enquanto investir o seu capital na população para gerar novos empregos e conseguindo melhorar a vida da sociedade é ser “inteligente”. Isto é transferência de papel-moeda enriquecendo uma classe e conseguir diferenciar dinheiro e riqueza. Sendo hoje o melhor investimento para o crescimento, a qualificação do homem. Segundo Dowbor, riqueza advém da produção de bens e serviços, e o estuda da se apartir do processo de produção. Que se inicia com a compra de mercadorias, dividida em 3 etapas : mão-de-obra, matéria-prima, e os equipamentos a ser utilizados para que o produto se concretize. E ao final deste ciclo o investidor tende a obter o lucro excedente para que consiga reiniciar o processo e obter mais crescimento de seu capital. Essa acumulação de capital aumenta o resultado final, para quese tenha mais que no inicio do ciclo; Obtendo o capital excedente, sendo isso chamado de desenvolvimento econômico, gerando mais bens e serviços. O excedente nada mais é que o resto da capital para o capitalista, após tirar os gastos com os trabalhadores, para que consigam sobreviver e gastos com obra-prima e etc. Gastos necessários para o crescimento de produção seu capital. Ocorrendo muitasvezes exploração dos trabalhadores, enriquecendo cada vez mais as grandes indústrias capitalistas. Sendo donos do capital, que na realidade que deu duro para crescer é os trabalhadores. Infelizmente, a inflação prejudica a classe trabalhadora, que depende de renda fixa, enquanto os capitalistas podem elevar o preço de seus produtos, para o consumo daqueles que dependem de um salario fixo parasobreviver. E com tudo isso a classe dominante se enriquece encima dos lucros excedentes, fazendo assim que a classe desfavorecida é quem sofra. A inflação tornou-se um mecanismo privilegiado de extração de mais valia social da população trabalhadora. A forma mais comum de apropriar o excedente é a utilização do monopólio. Há tempos que o mercado de livre concorrência, descrito por Adam Smith, deixou deexistir, ou pelo menos sofreu profundas transformações. O importante agora não é denunciar o monopólio, mas constatar que uma empresa, ao controlar o mercado por acordos com outras empresas, por monopolizar certa cidade ou tecnologia, realiza lucros mais elevados, o que lhe permite adquirir mais fatores de produção para reinvestir e se expandir cada vez mais. Conclui-se que não há nenhuma razãomoral que nos obrigue a respeitar a propriedade privada quando é financiada com recursos e poupança sociais. Em consequência, o problema da propriedade dos meios de produção tem de ser colocado fora da área do direito natural do capitalista, e na área pragmática de quem deve controlar os meios de produção para que a economia funcione de certa forma melhor, Não seria questão de direito, e sim a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • LADISLAU DOWBOR
  • A Reprodu O Social LADISLAU DOWBOR Resumo
  • Principais Influencias recebidas pelo economista Ladislau Dowbor
  • Ladislau Dowbor: Educação vista apenas como uma fase da vida acabou
  • Ladislau Dowbor
  • Resenha: a reprodução social
  • Dowbor
  • Ladislau Neto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!