O poder da meditacao

Páginas: 5 (1116 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
Texto 1 - Lama, D. e Goleman, D. (2003) Como Lidar Com Emoções Destrutivas. Rio de Janeiro: Campus Ltda
Educando a mente e controlando as emoções tóxicas
O Lama No Laboratório em ”Como Lidar Com Emoções Destrutivas” (2003), de Daniel Goleman
 Você acredita no poder da mente? O que você sabe sobre meditação? Ou melhor, o que você acha que sabe sobre meditação?  
Esse é o primeiro post doblog, e trago aqui um capítulo do livro “Como Combater Emoções Destrutivas” (2003) de Daniel Goleman. O livro documenta a colaboração entre Sua Santidade, o Dalai Lama e um grupo de cientistas para compreender e combater emoções destrutivas.

“O Lama No Laboratório” (pg. 23 a 45) é o primeiro capítulo e consiste em estudos realizados sobre o uso da meditação como ferramenta de controle da mente eeducação das emoções tóxicas.  O objetivo da pesquisa é avaliar a meditação como educação mental e como ferramenta para lidar melhor com as emoções venenosas.
Lama Öser (nome fictício), nascido na Europa e convertido ao budismo, passou mais de 30 anos recebendo a educação de monge tibetano no Himalaia, ao lado do grande líder espiritual do Tibete, o Dalai Lama.
Esse tipo de estudo com monges nãochegou a ser uma novidade na época. Estudos passados já haviam revelado capacidades de controlar a respiração, as ondas cerebrais e a temperatura do corpo, entretanto, Öser foi o primeiro a apresentar um nível cultural tão alto nos exames realizados com os mais modernos equipamentos, como o MRI (Ressonância magnética) e EEG (medidor de ondas cerebrais).
O primeiro resultado significativo ocorreuao sair da máquina de MRI. Onde geralmente as pessoas saem aliviadas, após longa espera e com a expressão de cansaço, Öser saiu com o um sorriso e uma expressão serena, afirmando que se sentia muito bem, como se estivesse em um “mini retiro” meditando. Para quem não sabe, a máquina MRI é extremamente pequena, apertada e barulhenta. Öser passou mais de três horas sendo examinado.
Em seguida, passoupara outra parte dos exames com o EEG, que mede as ondas cerebrais. Geralmente os estudos feitos com esse equipamento usam, no máximo, 32 sensores para captar as ondas cerebrais. No caso de Öser, o estudo foi feito com 128 sensores (para captar dados valiosos) e depois com 256 (em sinergia com os dados anteriores do MRI).

Öser explicou durante os experimentos que a meditação pode ”gerar maisamor e compaixão, e que levar à mente o sofrimento dos seres vivos e o fato de que todos aspiram alcançar a felicidade e libertar-se do sofrimento é parte essencial do treinamento da meditação”. (Sic).
Posteriormente, Öser foi submetido a um teste que consistia em assistir um vídeo de dois cirurgias sendo realizadas. Nas primeira cirurgia o medico retira a pele de um pessoa completamente queimada.Na segunda, mostrava-se o procedimento de amputamento de um braço para colocação de prótese. Na primeira cirurgia, em que se via o rosto do rapaz, Öser reagiu com compaixão e na segunda, reagiu sem grandes distorções, demonstrando autocontrole. Contrariando o que outras pessoas sentiriam, como agonia, enjoo, angústia e aflição.
Em outro teste Öser mostrou grande poder de concentração.Váriasimagens com expressões faciais demonstrando diferentes emoções eram mostradas rapidamente (por 1 segundo). Öser acertou todas, obtendo pontuação máxima, ultrapassando inclusive peritos e agentes secretos, que geralmente possuem as maiores notas. Qual razão disso? Meditação! Segundo Dalai Lama, que acompanhava o estudo, "a meditação dá maior velocidade na cognição e ajuda a entender o sentimento dosoutros."

Os neurocientistas concluíram que, ao contrário do que muitos pensam, quem medita desenvolve os processos cerebrais muito mais rapidamente do que uma pessoa que não medita.
Outro teste foi submeter Öser a um susto, consistente em sons de disparo de arma de fogo, pois é comprovado que não conseguimos não reagir ao susto por não se tratar de uma ação voluntária do ser humano. Nem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Meditação
  • Meditação
  • meditação
  • Meditação
  • Meditação
  • MEDITAÇÃO
  • Meditação
  • Meditação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!