O longo seculo

Páginas: 5 (1021 palavras) Publicado: 27 de novembro de 2014
O Longo Século XX, ou The Long Twentieth Century no original em inglês, é um livro do economista político italiano Giovanni Arrighi, publicado pela primeira vez em 1994.
O objetivo do livro é analisar a crise da economia capitalista iniciada no início da década de 1970. No entanto, o autor não se restringe a um recorte temporal limitado. Para ele, só é possível compreender a essência e adimensão da crise se levarmos em conta as tendências que o capitalismo tem demonstrado desde sua gênese. A partir dessa perspectiva ,Giovanni Arrighi coloca que desde o século XV, quando capital e Estado pela primeira vez se fundem, dando origem ao sistema capitalista propriamente dito, este teria passado por quatro ciclos sistêmicos de acumulação de capital, cada um deles organizado, estimulado eregulado pela hegemonia de um Estado diferente: sucessivamente, Génova, Países Baixos, Reino Unido e, finalmente, EUA.
Em cada um desses ciclos, ou "longos séculos" (temporalmente, cada um desses ciclos durou um pouco mais do que cem anos), há uma fase de expansão da produção e do comércio, seguida por um processo de financeirização, ou seja, de predominância do capital na forma de dinheiro, o queindica a dimunuição das possibilidades de sua valorização e, portanto, acumulação. Nesse momentos, inicia-se uma situação de "caos sistêmico", marcada pela intensificação da luta entre Estados e por crises internas a estes. A partir disso, um Estado tende a acumular mais poder do que os outros e pode passar a se apresentar a estes como solução para o caos, tornando-se, portanto, hegemônico no sentidoatribuído por Antonio Gramsci ao termo. Esse Estado acaba por criar novas regras que deverão gerir o regime de acumulação, que se expandirá espacialmente em relação ao ciclo anterior.
O argumento histórico de Arrighi para o problema da crise que se verificava no final do século XX está ligado à idéia de que os EUA passam desde a década de 1970 por um processo de financeirização, o que indica umacrise no regime de acumulação liderado por esse país.

A inovação analítica de Arrighi consiste em examinar comparativamente as características dos sucessivos ciclos de acumulação ao longo de cinco séculos de história económica. No seu percurso, identifica quatro etapas fundamentais. A primeira é o ciclo genovês, que vai do século XV até princípios do século XVII. Segue-se o ciclo holandês, quedecorre até finais do século XVIII. Vem depois a etapa britânica, que domina o século XIX, e sucede-lhe o ciclo estadunidense, que se consolida no século XX. Cada etapa é a expressão da tendência geral para a expansão do mercado capitalista.
Na cada ciclo ergue-se um centro hegemónico de acumulação que organiza as relações políticas, económicas, comerciais e financeiras (à escala mundial) emfunção das suas necessidades. Ao longo deste processo, o capital mostra uma grande capacidade de adaptação e de flexibilidade, deslocando-se continuamente para os espaços mais rentáveis. E, quando os ganhos decaem, seja porque a concorrência intercapitalista se intensifica, ou porque o acesso a certos recursos naturais se torna difícil, ou porque é impossível encontrar mercados para dar saída àsmercadorias, o capital procura o refúgio da liquidez.
Em outros termos, quando se reduz a rentabilidade nos sectores reais da economia, o capital adopta preferencialmente a forma de capital financeiro. É a lição de história nesta vista panorâmica da história do capitalismo. No primeiro ciclo, Amsterdão abandona o comércio em meados do século XVIII e converte-se no banqueiro da Europa. Mais tarde, nofinal do século XIX, Londres converte-se no centro financeiro, abandonando o que Braudel designou como «a fantástica aventura da Revolução Industrial».
O último ciclo de acumulación de capital, dominado pelos Estados Unidos, é a história do “longo século XX” que começa com a Grande Depressão de 1873-1896 e a expansão financeira de finais do século XIX. Nesse lapso de tempo, as estruturas do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • o longo século XX
  • Mensagem à igreja ao longo dos séculos
  • O longo século xx
  • A Evolução da Cirurgia ao Longo dos Séculos
  • O Longo Seculo XX
  • O longo século XX
  • O CORPO DA MULHER AO LONGO DOS SÉCULOS
  • Resenha O Longo Século XX

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!