o julgamento

Páginas: 12 (2997 palavras) Publicado: 9 de novembro de 2014
Auto da Compadecida
Escrito em 1955 e encenado, pela primeira vez, em 1956, o Auto da Compadecida consagrou Ariano Suassuna como escritor e autor teatral. Prosa Poesia e Arte transcreve, aqui, a cena final, do julgamento, onde a Compadecida (Nossa Senhora) é a advogada que se contrapõe ao Encourado (o demônio), ante o juiz Manoel (Jesus Cristo, que no auto é negro).

Por Ariano SuassunaSEVERINO: venha cá que eu tenho que prestar umas contas com você amarelo (puxa João pela roupa)
JOÃO GRILO: amarelo é sua avó (se solta e sai andando) já morri mesmo, e num vo mais nada. (sai caminhando pelo corredor até as portas) agora é assim, todo mundo morto e igual diante de deus... ou do diabo.
(Abre as portas e o Diabo aparece.)
DIABO: mas, porque essas caras de espanto? Por acaso, eusou algum monstro? (andando lentamente )
BISPO: não! de jeito nenhum nós "tamo" até impressionados com sua elegância com sua finura .
DORA: é , parece até um artista
PADEIRO: e você acha "mermo" é ?
DORA: eu acho.
PADEIRO: ah, então eu também acho.
PADRE : alguém ja lhe disse que o senhor é muito mais simpático pessoalmente ?
SEVERINO : e olhe que é difícil eu gostar da cara de um sujeitoassim de primeira.
DIABO : estão vendo? o diabo não é tão feio quanto parece .
(diabo vira de costas e abaixa o leque, revelando sua monstruosa face para o público) 
J. GRILO : PODE SER MAS ESSE CHEIRINHO DE ENXOFRE...
*diabo faz cara feia, levanta o leque novamente e se vira* 
DIABO : TALVEZ O MEU CHEIRO ESTEJA ENCOMODANDO VOCÊS...
TODOS JUNTOS : NÃO ... NÃO ...
DORA: AH , É EU ACHOATÉ BEMBONZINHO
*Diabo sorri e se vira novamente para o público revelando novamente a face*
J.GRILO : POIS EU JÁ ESTOU A BEIRA DE TER UM BIROLA COM ESSE FEDOR !
*Severino tampa a boca de João**Diabo se irrita e ainda fala de costas para todos*
DIABO: OLHE! RESPEITO É BOM E EU GOSTO !
PADEIRO: MAS O QUE É ISSO CRIATURA ,NINGUÉM TA LHE DESRESPEITANDO NÃO!
DIABO: DESSA VEZ PASSA!
SEVERINO: * ainda coma mão na boca de joão * VOCÊ DEVIA DAR GRAÇAS A DEUS QUE O DIABO É UM CABRA BOM * joão solta * EU NO LUGAR DELE...
J.GRILO : EU NO LUGAR DELE TOMAVA ERA UM BANHO COM CHÁ DE AMOLECECASCA PRA VER SE DIMINUI ESSA INHACA!
*diabo joga o leque fora, e se vira com face monstruosa e falando com voz grossa.* 
DIABO: VOCÊS AGORA VÃO PAGAR TUDO O QUE FIZERAM.

JOÃO GRILO - Ah isso é comigo. Vou fazerum chamado especial, em verso. Garanto que ela vem, querem ver? (Recitando).

 
Valha-me Nossa Senhora,
Mãe de Deus de Nazaré!
A vaca mansa dá leite,
A braba dá quando quer.
A mansa dá sossegada,
A braba levanta o pé.
Já fui barco, fui navio,
Mas hoje sou escaler.
Já fui menino, fui homem,
Só me falta ser mulher.

ENCOURADO - Vá vendo a falta de respeito, viu?

JOÃO GRILO - Falta derespeito nada, rapaz! Isso é o versinho de Canário Pardo que minha mãe cantava para eu dormir. Isso tem nada de falta de respeito!
 

Já fui barco, fui navio,
Mas hoje sou escaler.
Já fui menino, fui homem,
Só me falta ser mulher.
Valha-me Nossa Senhora,
Mãe de Deus de Nazaré.
 
(Cena igual à da aparição de Nosso Senhor, e Nossa Senhora, a Compadecida, entra).
 
ENCOURADO [com raivasurda] - Lá vem a compadecida! Mulher em tudo se mete!

JOÃO GRILO - Falta de respeito foi isso agora, viu? A senhora se zangou com o verso que eu recitei?

A COMPADECIDA - Não, João, por que eu iria me zangar? Aquele é o versinho que Canário Pardo escreveu para mim e que eu agradeço. Não deixa de ser uma oração, uma invocação. Tem umas graças, mas isso até a torna alegre e foi coisa de que eusempre gostei. Quem gosta de tristeza é o diabo.

JOÃO GRILO - É porque esse camarada aí, tudo o que se diz ele enrasca a gente, dizendo que é falta de respeito.

A COMPADECIDA - É máscara dele, João. Como todo fariseu, o diabo é muito apegado às formas exteriores. É um fariseu consumado.

ENCOURADO - Protesto.

MANUEL - Eu já sei que você protesta, mas não tenho o que fazer, meu velho....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Julgamento
  • julgamento
  • o julgamento
  • O julgamento
  • Julgamento
  • Julgamento
  • Julgamento
  • julgamentos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!