O adolescente infracional em busca de uma segunda chance e a intervenção do assistente social nas medidas sócioeducativas.

Páginas: 11 (2658 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2011
O ADOLESCENTE INFRACIONAL EM BUSCA DE UMA SEGUNDA CHANCE E A INTERVENÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NAS MEDIDAS SÓCIOEDUCATIVAS.

Resumo

A violência principalmente na fase da adolescência tem aumentado a cada dia em nossa sociedade, portanto faz se necessário saber a origem do comportamento do adolescente que apresenta conflitos com a lei, estudando seu âmbito familiar e social e todos ospossíveis envolvimentos com esse adolescente. O presente artigo vem de encontro á necessidade de reconhecer os problemas sócias relacionados à questão dos adolescentes que comente atos infracional. Buscando detectar a origem da violência, levando as famílias desses adolescentes, um pouco de entendimento e compreensão ajudando-o passar por essa fase tão conturbada, é importante ficar atento ao meio queesse jovem está inserido para compreendê-los. A criminalidade entre esses jovens esta propriamente ligada aos problemas sociais, econômicos e a falta de estrutura do estado para aplicar as medidas sócioeducativas implícitas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Denota-se que o adolescente infrator por ser uma pessoa em desenvolvimento, está em processo de socialização, e que o Estado lhe decondições, para proporcionar a ele uma formação saudável e satisfatória, visando seu bem estar, juntamente com a intervenção do assistente social, com o objetivo de acentuar a realidade atual das medidas sócioeducativas.

1- Introdução

Observa se que a cada dia aumenta o índice de violência entre os adolescentes, e isso vem causando pânico na sociedade. Há uma necessidade de intervir paratentar modificar esse quadro. Para se ter uma visão ampla do que ocorre no convívio desse adolescente e tentar auxiliar e buscar compreender a origem do comportamento agressivo. Ir à busca das complexidades da vida desse adolescente que desencadeou esse comportamento e levou a cometer ato infracionario.
O Objetivo principal é de orientar os socioeducadores á ter mais compreensão com esseadolescente, ouvindo sua historia e não o culpando diretamente pelos seus atos irregulares, mais analisando toda á questão social e educacional e ate mesmo se ouvem traumas em sua vida, que pode ter desencadeado tal comportamento. Mostrando á eles que são sim pessoas de direito e capazes de se redimir de seus erros, com uma segunda chance de mudança de vida, pagando tais atos de uma maneirasocioeducativa e por ser considerado uma pessoa em desenvolvimento psíquico social , tendo uma oportunidade de uma vida melhor futuramente.
O serviço social como uma profissão legitimada na sociedade para intervir em problemas sociais, e desvendar a realidade concreta que está encoberta diante das complexidades. E assim construir estratégias que intervêm com êxito nas particularidades dosadolescentes que cometeram atos infracional, tendo referencia um projeto ético-político critico da profissão. Tendo seu conhecimento sócio educativo, e na questão social, podendo assim analisar a origem desse comportamento ate as medias cabíveis para com esses adolescentes.

2 - O Direito da criança e do adolescente

O Estatuto da Criança e do Adolescente vem possibilitando avanços econquista em relação á aos direitos destes segmentos. Possibilitando algumas mudanças na garantia de direito e proteção integral, priorizando a criança e o adolescente com a sustentação de ser classificada uma pessoa em desenvolvimento e merecedores de proteção por parte do estado, da sociedade e da família.
No artigo 3º do ECA, Lei nº 8.069 de julho de 1990 está estabelecido claramente osdireitos dessas crianças e adolescentes.
A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outro meio, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhe facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Medidas socioeducativas e o adolescente autor de ato infracional
  • A intervenção do assistente social com a criança e adolescente.
  • Intervenção do assistente social com criança e adolescente
  • Perfil E Percepcao Social Dos Adolescentes Em Medida Socioeducativa No DF
  • AS POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NO ATENDIMENTO A CRIANÇA E ADOLESCENTE
  • As possibilidads de intervenção do assistente social no atendimento à criança e adolescente
  • As possibilidades de intervenção do assistente social no atendimento a criança e adolescente
  • As possibilidades de intervenção do assistente social no atendimento a criança e o adolescente

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!