E se eu fosse cego

Páginas: 547 (136520 palavras) Publicado: 15 de janeiro de 2014
Bruno Sena Martins

«E SE EU FOSSE CEGO?»
Narrativas silenciadas da deficiência

Edições Afrontamento

Autor: Bruno Sena Martins
Título: «E se eu fosse cego?»: Narrativas silenciadas da deficiência
© 2006, Bruno Sena Martins e Edições Afrontamento
Imagem da capa: Eduardo Basto
Edição: Edições Afrontamento/ Rua de Costa Cabral, 859/ 4200-225 Portowww.edicoesafrontamento.pt/geral@edicoesafrontamento.pt
Colecção: Saber Imaginar o Social/ 22
N.º de edição: 1009
ISBN 10: 972-36-0816-2
ISBN 13: 978-972-36-0816-2
Depósito legal: 242883/06
Impressão e Acabamento: Rainho & Neves, Lda./ Santa Maria da Feira
Maio de 2006

ÍNDICE

Prefácio ....................................................................................................................................11

Introdução ..............................................................................................................................

15

I
Naufrágios de um Sentido
1.
2.
3.
4.

«Perfume de Mulher»: Fragrâncias situadas........................................................................
A Bíblia: Luz, Trevas e o Evangelho nosCorpos................................................................
O Legado Grego: Homero, Tirésias e Édipo ......................................................................
A Idade Média: A cegueira num mundo encantado ............................................................

23
39
47
53

II
O Des-encantamento da Cegueira
1.
2.
3.
4.
5.

A Promessa Iluminista: De Diderot a Luís Braille..............................................................
O Visualismo Moderno: A sacralização da visão na «doutrina da imaculada percepção»
A Invenção da Deficiência: O «biopoder» e a «hegemonia da normalidade» ....................
Corpos Tangíveis: A cegueira feita materialidade ..............................................................
Capitalismo Industrial e Individualismo: Contributos para um ancoramentoincapacitante
da «deficiência» ..................................................................................................................
5.1. A Industrialização ........................................................................................................
5.2. O Individualismo........................................................................................................
6. A Politização da Deficiência: Reabilitar quem? ..................................................................
6.1. O Modelo Social da Deficiência ..................................................................................
6.2. Direitos Humanos: Cumplicidades transnacionais ......................................................

59
66
74
85
96
97
101
106
110
119III
«Pelos Teus Lindos Olhos»
1. A ACAPO como uma Estranha Forma de «Campo» .......................................................... 125

IV
Nas Costas do Elefante: as vidas da Cegueira
1. Os Caminhos de uma Bengala Branca: Ao encontro de narrativas silenciadas ..................
1.1. Educação....................................................................................................................
1.2. Emprego ......................................................................................................................
1.3. Tacteando os Obstáculos ..............................................................................................
1.4. O «tic-tac»: estigma e poder........................................................................................
2. A Barqueira Indecisa: ACAPO e as travessias do querer ao poder ....................................
3. Deficiência e Política Associativa no Contexto Português..................................................

139
140
143
147
154
177
200

V
O Corpo Transgressor: Construções Sensoriais do Mundo, Leituras do Sofrimento
1. A Experiência Incorporada e os Limites da linguagem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cego
  • Entre cegos que vêem ou entre cegos curados?
  • cego de jerico
  • Teste Cego
  • Aula de natação para cegos e não cegos
  • cego Bartimeu
  • Pacientes cegos
  • Relógio para Cegos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!