A sociologia no Brasil nos anos 50 a partir de Guerreiro Ramos e Florestan Fernandes

Páginas: 6 (1388 palavras) Publicado: 20 de julho de 2015

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS
Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Curso de Ciências Sociais


Luiz Filipe Rodrigues dos Santos1
A sociologia no Brasil a partir de Guerreiro Ramos e Florestan Fernandes

O contexto em que o Brasil se encontra na metade do século XX é de um país que acelera a modernização através do processo de industrialização e urbanização, produzindo assim novosdebates e novas reflexões no campo das Ciências Sociais. Diante desse momento, cresce o debate sobre a sociologia brasileira. Principalmente pelas divergências dos estudiosos da área. Os intelectuais que principia esse debate, com novas reflexões, são Guerreiro Ramos e Florestan Fernandes.
A década de cinquenta é marcada por um ambiente sociopolítico do Brasil no que se refere a sua modernização. Essamodernização foi puxada no inicio dos anos trinta no Governo de Vargas, mas é no Governo de Juscelino que a indústria de base, a urbanização e inserção do país na modernidade que ganha força. A politica do então governo era modernizar o país em cinco anos no que levaria 50 anos. A forma utilizada para esse “sonho” foi trazer a cultura americana e europeia para o solo brasileiro afim de que todospudessem acompanhar essa ruptura que ocorria. O Estado assume o papel da burguesia, criando diversos órgãos, como também fazendo parcerias, que contribuíssem para aceleração do crescimento. Dentre os principais órgãos, tínhamos a Comissão Econômica Para a América Latina – CEPAL e o Instituto Superior de Estudos Brasileiros – ISEB.
O ISEB iniciou suas atividades nos primeiros anos da década de 50.Seus objetivos eram disseminar a ideologia da modernidade, priorizando o que era necessário para se estudar naquele momento. Inserido nesse instituto, se encontra Guerreiro Ramos sempre defendeu a sociologia como saber engajado. Em sua perspectiva o objetivo da sociologia é emancipar o individuo, o tornar capaz de compreender a dinâmica social, se preocupar e entender de assuntos sociais epolíticos. Uma sociologia como saber de salvação ou “messiânica”.
Os rumos em que os estudos sobre a sociedade brasileira tomam, provocam em Guerreiro a propor uma sociologia diferente da que tem sido feito no país. Sua proposta é de uma sociologia reducionista que se objetiva a dar caráter nacional a essa ciência, para a verdadeira realidade em que se encontra o país. Sua critica é justificada pelo uso dasociologia estrangeira para explicar a realidade brasileira. Defende que seja criada uma ciência da sociedade que atenda e explique o contexto nacional, que seja diferente do que outros estudiosos tem feito.
Guerreiro, no entanto, propõe com a Redução Sociológica dar um caráter autônomo e independente para a sociologia brasileira. A redução baseia-se numa sociologia que se preocupe não apenas emestudar os fenômenos sociais, mas buscar na prática uma forma de sanar os problemas no interior da sociedade. Essa sociologia é baseada na especificidade do problema, o seu estudo merece mais atenção e partir dele chegar às leis universais da sociologia. Nesse sentindo, é necessário que o sociólogo se alimente da sociologia, num ritual de “antropofagia”, para que possa modificar a realidade em queestá inserido.
O engajamento, a militância e autoconsciência são primordiais para a proposta de Guerreiro. Sua crítica em relação ao uso da sociologia estrangeira é pautada no sentido em que a partir da redução sociológica se chegue à sociologia universal, sendo assim, essa ciência subsidiada pela sociologia europeia. A produção estrangeira subsidiaria ao pensamento nacional que impõe aocientista a assimilação critica do patrimônio cientifico estrangeiro. A sociologia é universal como as outras ciências, ela é elencada através de categorias comuns a todas as sociedades e sociólogos. Porém, no âmbito nacional é necessário reduzir essa ciência, pois a realidade de uma sociedade se diferencia da outra.
Outro aspecto eu devemos frisar é a lei das fases defendida pelo autor. As sociedades...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fichamento florestan fernandes
  • Fichamento
  • SOCIOLOGIA DE FLORESTAN FERNANDES
  • Fichamento florestan fernandes 'o que é sociologia'
  • A sociologia de florestan fernandes
  • SOCIOLOGIA AMBIENTAL
  • Florestan Fernandes- A herança intelectual da Sociologia
  • FLORESTAN FERNANDES E OS DILEMAS DA DEMOCRACIA NO BRASIL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!