A RUA NOSSA

Páginas: 23 (5548 palavras) Publicado: 31 de agosto de 2015
Simpósio 13 a 19 Fevereiro 2011, MUDE, Lisboa

Da Rua à Metrópole - morfologias, policentrismo e vivências urbanas
Teresa Sá Marques (teresasamarques@gmail.com)
Paula Guerra (mariadeguerra@gmail.com)
Hélder Santos (hfcs75@hotmail.com)
Filipe Silva (filipebs14@gmail.com)
FLUP, Departamento de Geografia, CEGOT
Via Panorâmica, s/n, 4150-564 PORTO

Resumo:
A estruturação dos territórios segundoprincípios de contiguidade e de proximidade articula-se com uma
outra estruturação em rede segundo princípios de conectividade. De um território aureolar passámos para
um território reticular. Uma estrutura reticular não exclui a existência de polaridades e de espaços de
relacionamento mais especializados, que respondem a noções funcionalmente mais exigentes. Esta
complexidade aumenta quando osindivíduos e os grupos sociais fazem emergir diferentes territorialidades,
construídas a partir de representações territoriais heterogéneas e formas alternativas de usufruir e
relacionar-se neste espaço pluri-nodal. As actividades co-evoluem com as aspirações, mediadas pelas
redes tecnológicas e as estruturas sociais. Assim, as dinâmicas no edificado e nas actividades associam-se
a novas formas deapropriação e vivência urbana, que se expressam em representações territoriais.
Palavras-chave
Geografia; Portugal; morfologia; policentrismo; vivências urbanas; representações territoriais.

1. Morfologias e funcionalidades urbanas
Na cidade contemporânea, estendida e da multi-mobilidade, é necessário avançar-se para uma reflexão
multi-escalar sobre as vivências urbanas. Isto significa compreender como seestruturam as metrópoles,
percebendo as mudanças nos estilos de vida e nos modos de vida, cujas espacialidades e temporalidades
não deixarão de ter influências estruturantes na cidade.

1

. De que forma o sistema de redes organiza a macro-estrutura regional e que funções desempenham as

polaridades? E, numa outra escala, o que organiza as micro-estruturas metropolitanas, os territórios deproximidade da habitação, do local de emprego ou da escola? Tudo isto implica um conhecimento mais
profundo das morfologias e das funções que interagem no espaço metropolitano, multidimensional e em
rede. Como refere Nuno Portas, nas suas aulas de urbanismo, para percebermos esta complexidade temos
de “subdividir bem”, “saber desintegrar”, “saber partir o problema” em aspectos mais simples, e a partirdaí
conseguir identificar o melhor processo para começar a resolver os diferentes tipos de problemas e
conexões.!Neste âmbito, a rua surge como um espaço colectivo de usos múltiplos, que tem vindo ao longo
da história a mudar a sua forma, de forma a responder eficazmente às necessidades de mobilidades.
Já no final do século XIX e inicio do XX, Gustavo Giovannoni (1873-1948) não se focaliza só numaescala
de ordenamento do território, compreende que as grandes redes de comunicação e telecomunicação eram
os canais obrigatórios da urbanização e os instrumentos de disseminação territorial. O quadro espacial da
nova sociedade envolve duas escalas de ordenamento, a territorial - malha de infra-estruturas, expressa na
rede de transportes, canais da urbanização e da disseminação - e a local -constituída pela escala da vida
quotidiana. Focalizando-se na dimensão morfológica, defende a complementaridade das duas escalas de
ordenamento enquanto especificidade da nova sociedade e realça a necessária conciliação entre as
estruturas e a beleza da cidade antiga e as exigências da vida moderna (Zucconi, 1996). Segundo Choay
(2006), Giovannoni foi o primeiro teórico do pós-urbanismo: as redes deinfra-estruturas eram instrumentos
de desdensificação das cidades, “un tipo nuovo di fabbricazione, diffusa, nelle campagne a realizzando
veramente l’anti-urbanizzazione”, em prole de uma distribuição de aglomerações mais pequenas, menos
densas.

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
1

Massimo Cacciari, num Seminário no Centro Sant’Apollinare de Fiesole, disse no início...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ruas
  • Se essa rua fosse minha
  • eu no meu da rua
  • ruas
  • Ruas
  • A Infância das Ruas e as Ruas da Infância
  • A dança de rua para crianças na rua
  • A Arte nas ruas- Rua João de Lira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!