a renovacao do servico social

Páginas: 6 (1373 palavras) Publicado: 13 de novembro de 2013
2° RESUMO DE AULA DA 2ª AVALIAÇÃO
TEORIA CENTRADA NA PESSOA: CARL ROGERS
Membro da família das teorias organísmicas Carl Rogers também coloca ênfase ao organismo. Ele é o lócus( do latim= lugar) de toda experiência humana.
Rogers também se identifica com a corrente psicológica humanista ( psicologia contemporânea). A psicologia humanista rejeita a visão de homem fria, pessimista e semesperança, relacionada à teoria psicanalítica, assim como, a concepção de homem “robotizado”, do behaviorismo radical. A vertente humanista vê o ser humano com mais otimismo e esperança, afirmando:
A pessoa, qualquer pessoa, contém dentro de si as potencialidades para a saúde e o crescimento ativo. A falha na realização destas potencialidades se deve as influências constritivas (pressão) edeformadoras exercidas pelos pais, pela educação e por outras pressões sociais.
Os efeitos acima descritos podem ser superados se o indivíduo assumir a responsabilidade por sua vida, buscando desenvolver-se e tornar-se uma pessoa”....altamente consciente, autodirigida, talvez mais exploradora do espaço interno do que do externo....( ROGERS, 1974).
1)A s experiências clínicas de Carl Rogers:
A Teoria dapersonalidade de Rogers foi elaborada a partir de suas experiências clínicas, do relacionamento terapêutico, com indivíduos que acreditavam precisar de ajuda pessoal. Foram aproximadamente 30 anos, com uma média de 15 a 30 horas semanais dedicando-se à terapia de seus clientes. Aos olhos do mundo psicológico Carl Rogers está associado a um método de psicoterapia que ele criou e desenvolveu. Essetipo de terapia é chamado não-diretiva, ou centrada no cliente, nas palavras de Rogers:
“....Significa que o terapeuta entra em uma relação inteiramente pessoal e subjetiva com seu cliente – não como um cientista diante de um objeto de estudo, ........., mas de pessoa para pessoa”. (ROGERS, 1955).
1.1) A terapia rogeriana:
Na psicoterapia rogeriana o terapeuta considera o cliente como uma pessoade valor incondicional, independente de sua condição, comportamentos e sentimentos. Nessa relação o terapeuta é capaz de compreender o cliente e não existem barreiras interiores que o impeçam de sentir o que o cliente sente, durante a entrevista. Ele pode comunicar ao cliente sua própria compreensão da demanda.
Proporciona ao cliente uma exploração de sensações estranhas, desconhecidas e até mesmoperigosas, dentro dele mesmo. Essa exploração é possível à medida que o cliente vai percebendo que é aceito incondicionalmente. Assim ele se familiariza com elementos da sua experiência, que no passado não foram vivenciados, por terem sido julgados perigosos e prejudiciais à estrutura do self (é o autoconceito que cada pessoa tem de si mesma).
Nesse relacionamento terapêutico o cliente podevivenciar sensações plenas e completamente, profundas, totais, de tal maneira que, em certo momento da terapia ele é seu medo, sua raiva, sua ternura, sua força. E, à medida que vai vivenciando todas essas sensações em graus variados de intensidade, descobre que se experimentou e que ele, ele mesmo é todas essas sensações. Sente que seu comportamento vai mudando, de uma forma construtiva, de acordocom o self experimentando pela primeira vez. Descobre que não precisa mais ter medo do que experimentou e que pode receber essas sensações livremente, pois são parte de seu self em mudança e desenvolvimento.
1.1.1) A terapia não diretiva de Rogers:
O terapeuta deve ter sempre em mente que o cliente é uma fonte inesgotável de possibilidades;
O estado psíquico do terapeuta deve estar livre depreocupações e conflitos a fim de sentir o que o cliente sente (empatia) durante a entrevista;
A compreensão da situação vivenciada pelo cliente é alcançada à medida que o mesmo expõe aquilo que o perturba. Nesse processo o terapeuta não deve pré-fabricar nenhuma ideia a respeito do problema;
Ao desenrolar da terapia o cliente recebe insights (compreensão repentina, súbita, em geral intuitiva, de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • proceso de renovação para o serviço social
  • Processo de renovação do serviço social
  • Renovacão e conservadorismo no serviço social
  • Renovação do Serviço Social
  • Renovação e conservadorismo no serviço social
  • Processo de renovação do serviço social
  • A RENOVAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL
  • Renovação e Conservadorismo do Serviço Social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!