A dominação masculina

Páginas: 17 (4067 palavras) Publicado: 1 de outubro de 2012
FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO
Licenciatura em Sociologia – 2.º ano, 2.º semestre.
ANO LETIVO DE 2011/2012

A dominação masculina:
uma perspetiva sociológica.

Joana Solange Faria Cerqueira - 100713069

Ensaio para a Disciplina de Correntes Atuais da Sociologia II,
Lecionada pela Professora Doutora Paula Guerra.

Porto, junho de 2012

Índice:
Notasintrodutórias…………………………………………………………3
A dominação masculina - Pierre Bourdieu: uma aproximação de conceitos e respectiva análise empírica……………………………………………….4
Considerações finais…………………………………..…………………..15
Bibliografia…………………………………………….………………….16
Anexos………………………………………………………………………i

Índice de figuras
Figura 1……………………………………………………………………………....11
Exemplificação da dominação simbólica masculina.

Notas introdutórias

Esteensaio foi desenvolvido no âmbito da disciplina de Correntes Atuais da Sociologia II, inserida na licenciatura em Sociologia (1º. Ciclo, 2.º semestre), na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.
Tem como principal tema a questão do poder, da dominação e da violência simbólica tomando por referência a obra de Pierre Bourdieu (1930-2002) A Dominação Masculina datada de 1998.
Assim sendo, oobjetivo científico-pedagógico deste ensaio pauta por analisar a obra referida para que seja posteriormente apresentada em linhas gerais, fazendo o cruzamento com outros autores que estudaram o tema e testando empiricamente alguns pontos da teoria de Bourdieu acerca da dominação masculina nas sociedades contemporâneas.
Para o pretendido, não faria outro sentido para cumprir este ambiciosoobjetivo senão uma tentativa de explorar todas as entrelinhas do mesmo em simultâneo.

A dominação masculina - Pierre Bourdieu: uma aproximação de conceitos e respectiva análise empírica

É de extrema importância para a análise desta obra fazer a contextualização espacial do momento em que a obra é escrita. Bourdieu escreve A Dominação Masculina num momento em que está na Argélia.
A população quedecide estudar etnograficamente são os Cabilos, a sociedade Cabila, uma sociedade particularmente bem conservada, uma vez que a sua tradição cultural é paradigmática da tradição mediterrânea e toda a área cultural europeia participa indiscutivelmente nessa tradição.
Bourdieu publica esta obra em 1998 e volvidos 14 anos verifica-se que as relações entre os sexos estão menos transformadas do que opoderia fazer crer uma observação superficial.
Tal como dizia Max Weber, todas as relações são relações de poder e Bourdieu fala-nos da dominação bem ao modo Weberiano.
A teoria de Bourdieu é comumente designada como Teoria da Prática. Esta surge após a incorporação heterodoxa de uma multiplicidade de fontes teóricas – Durkheim com seu objetivismo; Weber com seu subjetivismo; e Karl Marx como pensamento dialético – aplicadas empiricamente a uma diversidade de temas. Esta relação entre teoria e prática permitiu a produção de diversos conceitos, como os de campus e habitus. Numa relação dialética, os campos formam o habitus na mesma medida em que os habitus formam os campos. Bourdieu procura romper com a dicotomia, procurando enxergar o espaço social de forma mais complexa.Bourdieu, Anthony Giddens e Norbert Elias, têm um ponto comum nas suas teorias: romper com a dualidade entre sujeito e sociedade. Assim, “o habitus é uma noção mediadora que ajuda a romper com a dualidade do senso comum entre indivíduo e sociedade ao captar “a interiorização da exterioridade e a exteriorização da interioridade”, ou seja, o modo como a sociedade se torna depositada nas pessoas sob a formade disposições duráveis, ou capacidades treinadas e propensões estruturadas para pensar, sentir e agir de modos determinados, que então as guiam nas suas respostas criativas aos constrangimentos e solicitações do seu meio social existente.”
O habitus é um sistema de disposições que funciona como uma matriz de percepções, de apreciações e de acções, é o produto da história...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A dominação masculina
  • A dominação Masculina
  • a dominação masculina
  • A dominação masculina
  • INDÚSTRIA CULTURAL E A DOMINAÇÃO MASCULINA
  • resenha critica- dominaçao masculina
  • Bourdieu
  • Dominação masculina pierre

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!