tricoderma

Páginas: 10 (2283 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
DIFERENTES DOSES DE THRICODERMA HARZIANUM NA PRODUÇÃO DE PORTA ENXERTOS DE CACAU PARA OBTENÇÃO DE MUDAS CLONAIS NO MUNICÍPIO DE COLORADO DO OESTE- RONDÔNIA
Bolsistas: Anderson Braun dos Santos
Carlos Gustavo
Local de origem e realização: IFRO- Campus Colorado do Oeste
Orientador: Valdique Gilberto de Lima
Coorientador: Marcos Aurélio Anequine de Macêdo

INTRODUÇÃO
O cacaueiro(Theobroma cacao) é uma planta da família das Esterculiáceas, divididas em três variedades: Forastero, Criollo e Trinitário. A partir das amêndoas produzidas dentro dos frutos é fabricado o chocolate (VERÍSSIMO, 2012). Pela sua grande importância é necessário que haja um conhecimento aprimorado na produção da amêndoa a fim de aumentar a produtividade.
A produção cacaueira no Brasil tem passado por grandestransformações, se tornando mais exigente e competitiva. Em função disso, os produtores devem acompanhar as transformações do mercado buscando novas tecnologias que tornam viáveis a produção, acompanhando a competitividade do mercado.
A prática da clonagem do cacau pelo método de propagação vegetativa é conhecida desde a década de 30, porém a cultura do cacaueiro expandiu-se pelo país através deplantas seminais. Nesses plantios seminais, predominou a utilização de sementes selecionadas, obtidas em lavouras ou campos experimentais. Entre as décadas de 70 e 90 houve um avanço na utilização de sementes híbridas, originárias de sementes obtidas de vários clones (LEAL, et al. 2008).
Devido à grande expansão da lavoura, houve um aumento na demanda por sementes, por esse motivo foram usadasas adquiridas por polinização aberta entre os clones, como resultado, surgiram plantas mais vulneráveis à vassoura-de-bruxa (LEAL, et al. 2008).
Por volta de 1989, o sistema de propagação vegetativa para produção de clones foi intensificado, com o objetivo produzir planta livres da vassoura-de-bruxa, resgatando a cacauicultura nacional (PEREIRA, 2001).
Nos últimos anos, a cacauicultura tempassado por uma fase de recuperação, especificamente em Rondônia e no sul da Bahia, em função do ataque da doença fúngica vassoura-de-bruxa que se mostrou agressiva a partir dos anos 80 (SUFRAMA, 2003). Além disso, os produtores sofrem com a desorganização e a falta de implantação de novas tecnologias, vendendo seu produto por um preço baixo para exportadores ou multinacionais atuantes no Brasil (CUENCOe NAZÁRIO, 2004).
O estado de Rondônia é o maior produtor de amêndoas de cacau da Amazônia Ocidental, porém não possui agroindústrias que beneficiem a matéria prima, fazendo que toda a produção seja direcionada ao estado da Bahia e no Sudeste.
A implantação do cacau em Rondônia teve início na década de 70, incentivada por estudos realizados pela CEPLAC, que destacava o estado comcaracterísticas favoráveis à produção da cultura. Após 1986 ocorreu um declínio no mercado internacional levando uma redução significativa do preço médio da tonelada saindo de US$ 2.500/ ton para até US$ 800/ton. Em 1998, a produção de cacau em Rondônia atingiu uma safra de 10.145 ton, sendo o produto destinado ao mercado externo, devido à falta de indústrias de beneficiamento da matéria prima na região. Nestemesmo ano, a CEPLAC com o objetivo de continuar apoiando os produtores implantou um programa de desenvolvimento da cacauicultura, esse programa se estendeu por cinco anos, objetivando: recuperação das lavouras com alta incidência de vassoura de bruxa, resgatando dessa forma aproximadamente 2.400 produtores ao processo produtivo, gerando 6.000 empregos diretos e 24.000 empregos indiretos, obtendouma receita bruta anual de 28,8 milhões de reais, além de implantar 15.000 ha de novos cacauais visando a agricultura familiar, envolvendo aproximadamente 5.000 famílias criando em media 10.000 empregos diretos. Com essa atividade de expansão e recuperação de área de cacau, o estado de Rondônia terá condições de proporcionar a indústria uma produção de 40.000 ton/ano.
Uma alternativa para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!