Teorias antiautoritarias

Páginas: 6 (1486 palavras) Publicado: 28 de maio de 2014
Introdução
As teorias antiautoritárias presentes nos séculos XIX e XX propunham uma das mais radicais críticas aos moldes educacionais encontrados na vertente da escola tradicional fortemente marcados pelo autoritarismo.
Essas teorias contavam com suporte ideológico anarquista, psicanalítico, liberais, já que estas cada vez mais se difundiam em seu contexto histórico, já que revolucionavam osconceitos vigentes da época, contrapondo-se a eles e disseminando-se em alguns aspectos na síntese de acordo com as teorias antiautoritárias, que pregavam a educação realizada em liberdade e para a liberdade, a educação centrada no aluno, o professor com um facilitador da aprendizagem, metodologia de autogestão, disciplina resultante da autonomia, entre outros.
Carl Rogers é um de seus principaisrepresentantes na área da psicologia. Além de outros no Brasil, como José Oticica, Miguel Arroyo e Maurício Tragtenberg- estes dois últimos atualmente.


Teorias antiautoritárias

As teorias antiautoritárias surgem com o objetivo de criticar a posição autoritária encontrada dento da escola tradicional, principalmente em relação a figura do professor. Na pedagogia tradicional o professor temo domínio total do método utilizado para o ensino, bem como do conteúdo transmitido e dos tipos de avaliação que serão impostas. Os alunos são tratados sem qualquer distinção, sendo que todos devem, obrigatoriamente, seguir o mesmo ritmo de trabalho, ter os mesmos materiais, e ter como fim o mesmo conhecimento. As atividade são exaustivamente repetidas, para que haja memorização do conteúdoensinado.
A escola tradicional é hierarquizada, magistrocêntrica e impregnada de dogmas e regras.
As teorias antiautoritárias querem acabar com a "escola-quartel" e desejam uma educação " em liberdade e para a liberdade". A tendências liberais, marxistas, anarquistas, e pressupostos de Freud influenciam os pedagogos que desejam mudanças no campo educacional. Freud defende a posição do ser humanolivre, e afirma que a atuação de pedagogos e pais é de fundamental importância para a construção de uma saúde mental perfeita. Ele afirma que quanto mais repressora e centralizada for a educação, maior chance de formação de um adulto doente.
O marxismo também se mostra presente por criticar toda forma autoritária de poder. O anarquismo e as tendências liberais defendem a emancipação humana, semser necessário o apoio de figuras representantes.
De maneira oposta a escola tradicional o aluno é o centro da educação e o professor é visto como um facilitador da aprendizagem, criando as condições adequadas para o desenvolvimento individual da criança, e não impondo qualquer método rigoroso. O conteúdo não pode resultar das exposições do professor, mas deve ser ensinado conforme os interessesdo aluno, estando ligado a sua experiência de vida. A metodologia não resulta de caminhos pré-estipulados pelo professor, mas se baseia na autogestão; a aprendizagem deve ser autoiniciada e autoconsumada. Os instrumentos de avaliação tradicionais são totalmente desprezados ( provas, notas, exames) e apoia-se a autoavaliação e autocrítica. Não há formas de punição e nem prêmios. A disciplinaresulta da autonomia e nunca é imposta externamente.
Tendo bases dentro da psicologia, em aspectos sociais e politicos, as tendencias autiautoritarias mostram suas diversas correntes e destacam-se alguns nomes, dentre eles, o de Carl Rogers. Psicologo centrado nos ideais da psicanalise, Rogers utiliza da psicologia psicanalitica na educação, desenvolvendo no individuo a percepção de si mesmo eautocompreensão, criando autoconfiança e liberdade. Carl Rogers desenvolveu os T- group, em que dez a quinze pessoas interagem sob a observação de um monitor, que intervem o minimo possivel. Nesses grupos, o professor fala ou avalia trabalhos somente quando solicitado pelos alunos. Ele é apenas um facilitador do processo, oferecendo recursos como livros, artigos e meios audiovisuais.
Partindo das...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teorias antiautoritárias e a teoria da marginalidade
  • Teorias antiautoritária e teorias da marginalidade
  • Teorias antiautoritárias e teorias da marginalidade
  • Teorias Antiautoritarias e da Marginalidade
  • Teorias da EDUCAÇÃO( antiautoritárias e da marginalidade)
  • Teoria do do
  • Teorias
  • teoria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!