Teoria e Pratica Cambial

Páginas: 22 (5372 palavras) Publicado: 23 de dezembro de 2013
TEORIA E PRATICA CAMBIAL

PROF. / MS. NELSON ALONSO JUNIOR
http://sites.google.com/site/njr2010/

1.História da Moeda, Funções da Moeda Definição de Câmbio e Comércio
Internacional. Moedas Conversíveis.
2. Sistema Financeiro Nacional, O Mercado de Câmbio e seus Agentes (C.M.
N., BACEN, Bancos Intermediários e Corretores de Câmbio). Sistema
cambial vigente no Brasil. RMCCI – Regulamentodo Mercado de Câmbio
e Capitais Internacionais.
3. Áreas de estudo: Definição e formação da Taxa de Câmbio. Paridade e
Arbitragem.
4.O Mercado de Câmbio no Brasil e suas modalidades: Mercado Primário e
Secundário. Tipos de mercados de taxas de câmbio (Administradas,
Flutuantes, Bandas Cambiais. Prazos de liquidação das operações (à vista
ou pronto, Futuro e a Termo). Formas de entrega damoeda estrangeira (
Manual e Sacado). Legalidade e ilegalidade (Oficial e Paralelo).

5.O Contrato de Câmbio na Exportação: momento da contratação do câmbio, liquidação do
contrato de câmbio; alteração, cancelamento e baixa do contrato de câmbio. Posição
de câmbio: nivelada, comprada e vendida. Acompanhamento das operações.
Adiantamento de Contrato de Cambio (ACC) e Adiantamento de Contratode
Exportação (ACE).
6.O Contrato de câmbio na Importação: momento em que é devido o pagamento,
contagem de prazos, credores externos. Câmbio Simplificado. Outras Operações de
Transferências internacionais (Cartão de Crédito Internacional; Transporte
Internacional de passageiros, bagagem ou cargas; seguro de transporte. Contas em
moeda estrangeira no país e de residentes no exterior.7.Pagamentos Internacionais – Riscos nas operações de Comércio Internacional.
8.Pagamentos Internacionais: modalidades. Pagamento Antecipado; Remessa sem saque;
Cobrança Documentária, Cobrança documentária “Limpa” e outras garantias utilizadas
no comércio internacional.
9.Crédito Documentário (Carta de Crédito). Definição, personagens envolvidos; cláusulas
obrigatórias e acessórias; análise ecuidados especiais; situações possíveis no
cumprimento (embarque e recebimento); discrepâncias; responsabilidade dos bancos
envolvidos na operação. Tipos de carta de crédito (Irrevogável, Restrita, Transferível,
Rotativa, com Red Clause). Outras garantias internacionais: Standby Letter of Credit, Bid
Bond, Performance Bond).

10.A ALADI e o Convênio de Créditos Recíprocos. Composição do BlocoEconômico, vantagens e desvantagens.
11.Financiamento de exportação. Modalidades: Suppliers e Buyers Credit. Taxas
de juros internacionais. Adiantamento as exportações (ACC e ACE).
12. BNDES/EXIM - Pré-embarque, Pré-embarque Especial e Pós-embarque.
13. Proex (Financiamento e Equalização). Securitização de crédito de exportação.
14. O desequilíbrio no Balanço de Pagamentos. Controles de câmbioe o
protecionismo econômico/cambial.
15. Capitais Estrangeiros: por que os capitais se movimentam? Classificação de
capitais estrangeiros (compensatório ou autônomo). Capitais de Risco à curto
prazo (Bolsa de Valores, Fundos de Investimento). Capitais de Risco à Longo
Prazo (IED – Investimento Estrangeiro Direto). Consequências das grandes
movimentações financeiras.
16. Financiamentos àImportação e suas modalidades. Organismos internacionais
de fomento e financiamento. Factoring Internacional.
17. Organismos Comerciais e Financeiros Internacionais (OMC, FMI, BIRD, BID)

História da Moeda, Funções da Moeda


Os primeiros tipos de moeda
começaram a ser estipulados.
Geralmente, para estabelecer
algum padrão monetário, os
comerciantes costumavam utilizar
algum tipo demercadoria de
grande procura.



Na Grécia Antiga, o boi (que era
chamado pekus) foi utilizado como
referência nas trocas comerciais.
Uma
outra
mercadoria
comumente utilizada foi o sal, que
foi usado como moeda entre os
romanos
e
etíopes.

MOEDAS CONVERSÍVEIS
Mesmo trazendo maior mobilidade para o
empreendimento de transações comerciais, a
moeda não é usada em todas as...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TEORIA E PRATICA CAMBIAL
  • Teoria e Prática Cambial
  • Teoria e Pratica Cambial
  • Teoria e pratica cambial
  • TEORIA E PRATICA CAMBIAL COMEX
  • Teoria e pratica cambial
  • Revisão de Teoria e Prática Cambial
  • Teoria e Pratica Cambial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!