TEOLOGIA

Páginas: 7 (1718 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
DEPARTAMENTO DE CIENCIAS JURIDICAS (JUR)
Bacharelado em Direito
Penal I
Prof.ª Marina Lacerda





TIPOS DE CRIMES







Eduardo Santos de Oliveira
A-03



GOIÂNIA, GOIÁS
OUTUBRO, 2013
Classificação dos crimes

Crime Doloso: é aquele em que o agente prevê o resultado lesivo de sua conduta e, mesmo assim, leva-a adiante,produzindo o resultado.
Teoria da Vontade: o dolo é apenas a vontade livre e consciente de querer praticar a infração penal, de querer levar a efeito a conduta prevista do tipo incriminador.
Teoria da Representação: Dolo é a vontade de realizar a conduta, assumindo o risco pela produção do resultado.
Teorias Adotadas pelo CP: O art. 18, I, do CP, diz que há crime doloso quando o agente quer oresultado (dolo direto) ou quando assume o risco de produzi-lo (dolo eventual). Na hipótese de dolo direto, o legislador adotou a teoria da vontade e, no caso de dolo eventual, consagrou-se a teoria do assentimento.
Crime Culposo: é  uma conduta voluntária, sem intenção de produzir o resultado ilícito, porém, previsível, que poderia ser evitado. A conduta deve ser resultado de negligência,imperícia ou imprudência.
Teoria do Crime: Crime culposo é aquele resultante da inobservância de um cuidado necessário, manifestada na conduta produtora de um resultado objetivamente previsível, através de imprudência, negligência ou imperícia.
Crime Preterdoloso: é apenas uma das espécies dos chamados crimes qualificados pelo resultado. caracteriza-se quando o agente pratica uma conduta dolosa,menos grave, porém obtém um resultado danoso mais grave do que o pretendido, na forma culposa. Explicando, um sujeito pretendia praticar um assalto porém, por erro ao manusear a arma, acaba atirando e matando a vítima. Nesse caso o agente agiu com a intenção de roubar (conduta dolosa) e por imprudência acaba matando a vítima (conduta culposa), respondendo ele por ambos, desde que caracterize-sepelos menos a culpa no resultado.
Crimes Comissivos: são aqueles que necessitam de uma ação positiva do agente, como o homicídio, onde o criminoso precisa matar a vítima. 
Crimes Omissivos: são aqueles que pressupõem uma conduta negativa, um “não fazer” o que a lei determina como o crime de omissão de socorro. Já nos comissivos por omissão, ocorre uma transgressão do dever legal de impedir oresultado. Como por exemplo, um médico que deixa de prestar socorro a um indivíduo que necessita de socorro médico.
Crimes Omissivos Impróprio/Comissivos por Omissão: A omissão praticada consiste na transgressão do dever jurídico de impedir o resultado. Praticando-se o crime que, abstratamente, é comissivo Ex: Mãe deixa de amamentar ou cuidar do filho causando-lhe a morte.
Crimes Instantâneos: éaquele em que há consumação imediata, em único instante, ou seja, uma vez encerrado está consumado. A consumação não se prolonga. A afetação ao bem jurídico protegido é instantânea.
Crimes Permanentes: é aquele cujo momento consumativo se prolonga no tempo de acordo com a vontade do criminoso, de modo que o agente tem o domínio sobre o momento de consumação do crime.
Crime de Dano: Só consumam coma efetiva lesão do bem jurídico visando, por exemplo, lesão á vida, no homicídio.
Crime de Perigo: são aqueles que se consumam com a mera situação de risco a que fica exposto o bem jurídico.
Crime de Mera Conduta: são crimes sem resultado, em que a conduta do agente, por si só, configura o crime, independentemente de qualquer alteração do mundo exterior (embora isso seja questionável, porque,no crime de violação de domicílio, típico crime formal, a presença do agente altera o mundo exterior e poderia ser considerada um resultado).
Crimes Unissubjetivos: é aquele que pode ser praticado por uma única pessoa, porém podendo haver o concurso de agentes, sob a forma de coautoria ou participação exemplo: estelionato.
Os Crimes Plurissubetivos: (ou de concurso necessário) é o que exige...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teologia
  • Teologia
  • Teologia
  • Teologia
  • Teologia
  • Teologia
  • teologia
  • Teologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!