Swebok, Ciclos de Vida, ISO12207

Páginas: 31 (7676 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
1. Swebok - Software Engeenering Body of Knowledge

O SWEBOK é um guia de uso e aplicação das melhores práticas de Engenharia de Software, informado, sensato e razoável. Ele foi desenvolvido com conhecimentos recolhidos no período de 4 décadas e revisado por inúmeros profissionais de diversos países envolvidos com a Engenharia de Software. Seu principal objetivo foi estabelecer um conjuntoapropriado de critérios e normas para a prática profissional da Engenharia de Software. Neste guia, a Engenharia de Software foi dividida em 10 áreas de conhecimentos, também conhecidas por KAs (Knowledge Areas), que serão descritas na sequencia (SWEBOK, 2004).
1.1. História

Em 1958, John Tukey, o estatístico de renome mundial, cunhou o termo software. O termo "Engenharia de Software" foiutilizado no titulo de uma conferencia da Otan, realizada na Alemanha em 1968. Em 1972, a IEEE Computer Society publica pela primeira vez seu relatório sobre Engenharia de Software. Em 1976 foi fundada uma comissão dentro da IEEE Computer Society com a incumbência de desenvolver padrões de engenharia de software.
A primeira visão geral sobre Engenharia de Software a sair da IEEE Computer Societyresultou de um esforço liderado por Fletcher Buckley, no padrão IEEE 730 que versava sobre garantia de qualidade de software e que foi concluído em 1979. O propósito do padrão IEEE 730 era fornecer requisitos mínimos de uniformidade para a preparação e conteúdo do planejamento de software. Esta norma influenciou o desenvolvimento e conclusão de outros temas: gerenciamento de configuração, teste desoftware, requisitos de software, design de software, verificação e validação de software.
No período de 1981-1985, a IEEE Computer Society realizou uma serie de oficinas sobre a aplicação de padrões de engenharia de software. Nessas oficinas, profissionais envolvidos compartilhavam suas experiências com as atuais normas. Também se realizavam nessas oficinas sessões onde eram discutidos os rumos paraas normas, incluindo as medidas e métricas para a engenharia de software, produtos e processos. O planejamento resultou também no padrão IEEE 1002, padrão de taxonomia de engenharia de software (1986), que proporcionou uma nova visão de engenharia de software.
O padrão descreve a forma e conteúdo da taxonomia dos padrões de engenharia de software. Ele explica vários tipos de padrões, seusrelacionamentos funcionais e externos bem como o papel das varias funções participantes no ciclo de vida do software. Em 1990, o planejamento para um padrão internacional com uma visão geral foi iniciado.
Este planejamento foi focado em conciliar os pontos de vista de processo de software da IEEE 1074 e revisado pelo padrão U.S. DoD 2167A. Esta revisão foi finalmente publicada como DoD Std 498. Opadrão internacional foi terminado em 1995 com a designação ISO/IEC 12207 e dado o titulo de padrão para os processos de ciclo de vida do software. O padrão ISO/IEC 12207 forneceu um importante ponto de partida para o corpo de conhecimentos deste guia. Foi o Conselho de tutores do IEEE Computer Society que aprovou a moção apresentada em maio de 1993 por Fletcher Buckley que resultou na elaboração doguia. O conselho da Association for Computing Machinery (ACM) aprovou a referida moção em agosto de 1993.
As duas propostas levaram a criação de uma comissão mista, sob a liderança de Mario Barbacci e Stuart Zweben que atuaram como copresidentes. A missão da comissão mista era "Estabelecer os conjuntos de critérios e normas adequadas para a pratica profissional da engenharia de software sobre aqual decisões industriais, certificações profissionais e currículos educacionais pudessem se basear".
O código de ética e padrões profissionais de engenharia de software foi concluído em 1998 e aprovado tanto pelo conselho da ACM quanto pelo conselho da IEEE e tem sido adotado por inúmeras empresas e outras organizações. O currículo educacional para alunos de graduação foi concluído com esforço...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Treinamento ISO 12207, Ciclo de Vida e SWEBOK
  • Ciclo de vida
  • ciclo de vida
  • Ciclos de vida
  • Ciclos da vida
  • Ciclo De Vida
  • o ciclo da vida
  • Ciclo de vida

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!