Socrates

Páginas: 2 (266 palavras) Publicado: 29 de março de 2012
Filosofo grego, Sócrates nasceu em Atenas no ano de 470 a.C. . De origem modesta, era filho de Sofronisco, escultor, e de Fenarete, parteira, com quemdizia Ter aprendido a arte de obstetra de pensamentos.

Era casado com Xantipa, cujo nome se tornou provérbio.

Abandonando a arte de seu pai dedicou-seinteiramente a missão de despertar e educar as consciências, tendo como influência a filosofia de Anaxágoras. Sempre entre jovens, sempre em discussões,especialmente com os sofistas, nada escreveu. Por isso, o seu pensamento tem que ser reconstituído sobre testemunhos, nem sempre concordes, de Xenofonte, dePlatão e de Aristóteles.

Viveu sempre em Atenas, tendo participado das batalhas de Potidea (onde salvou a vida de Alcebíades) de Delion e de Anfipolis.

Em399 a.C., a sua atividade e a sua vida foram finalizadas pela condenação à morte, sob a acusação de corromper os jovens contra a religião e as leis dapátria. Ao se dirigir aos atenienses que o julgavam, Sócrates disse que lhes era grato e que os amava, mas que obedeceria antes ao deus do que a eles, poisenquanto tivesse um sopro de vida, poderiam estar seguros de que não deixaria de filosofar, tendo como sua única preocupação andar pelas ruas, a fim de persuadirseus concidadãos, moços e velhos, a não se preocupar nem com o corpo nem com a fortuna, tão apaixonadamente quanto a alma, a fim de torná-la tão boa quantopossível.

Denunciado, então, como subversivo, foi condenado à morte ignominiosa, tendo de beber a cicuta na prisão de Atenas em fevereiro de 399 a.C. .
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Socrates
  • Socrates
  • Sócrates
  • socrates
  • socrates
  • Socrates
  • Sócrates
  • Sócrates

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!