Sene

Páginas: 11 (2561 palavras) Publicado: 23 de fevereiro de 2015

CURSO FARMÁCIA E BIOQUÍMICA


ANÁLISE DE DROGA




SENE (Cassia angustifolia)






NOMES: Fabiana Vieira Guerra RA: 2213111830
Gisele Silva 2212102183
Karine C. Medeiros 2212113356
Rosimara Franciele de Assis 2212114627Rute Marcilene Moreno 2212113958
Susana da Silva Medeiros 412106432


SEMESTRE: 6°A UNIDADE: Santo Amaro


PROFESSOR: Joelmir






































INTRODUÇÃO

Cassia angustifólia Vahl, conhecida popularmente como sene, pertence à famíliaFabaceae. É uma planta originária da Arábia e África Ocidental, sendo muito cultivada na Índia. Foi trazida para o Brasil no século IX, encontra condições ecológicas favoráveis e se espalham rapidamente, sendo encontrada em regiões tropicais.
Também é conhecida pelos sinônimos científicos Senna alexandrina Miller, Cassia Senna L. e Cassia acutifólia Delile, Cassia alexandrina (Garsault) Thell,Senna acutifolia (Delile) Batka, Senna alexandrina (Garsault), Senna angustifolia (Vahl) Batka e pelos sinônimos populares, cássia, cene, fedegoso-do-rio-de-janeiro, lava-pratos, mamangá, senna (alemão), senna (espanhol), sene ou cassier (francês), senna leaves (inglês), senna (italiano).
As partes com interesse que constitui o fármaco são as folhas e os frutos. As folhas são constituídaspor antracênicos (crisofanol, aloé-emodina, reína e os respectivos glicosídeos, glicosídeos de diantronas (senósideos)); mucilagens; flavonóides (isoramnetina, campferol e respetivos glicósideos etc); resinas; ácidos orgânicos; fitosteróis. Os componentes ativos que estão presentes nas folhas são as antroquinonas que se dividem em diantronas e as antronas.
É indicado na constipação por inérciaintestinal, em condições que exigem facilidade de defecação como fissuras anais e hemorróidas, e em situações que se deseja esvaziamento intestinal.
Sua utilização em nossa medicina é como laxativo, para fins fitoterápicos. Apresentam odor fraco característico e sabor mucilaginoso e amargo.
Está classificado entre os laxativos antraquinônicos, derivado das antraquinonas, e tem como princípiosativos os senosídeos A e B, que são farmacologicamente inativos, comportando-se como pró-drogas naturais.
É considerado um laxante estimulante e o seu modo de ação é baseado em dois mecanismos: a motilidade do colón é aumentada o que leva a uma redução do tempo do trânsito intestinal com uma secreção dos eletrólitos (Na+, Cl-) para dentro das células epiteliais e, simultaneamente, um aumento dapermeabilidade das junções e estimulação da secreção de água e eletrólitos para o lúmen do cólon.
Os derivados antraquinônicos, existentes em maior quantidade nas folhas do que nos frutos, exerce uma a ação colerética, laxante e purgante conforme a dose que se faz sentir 10 a 12 h depois da ingestão. Os heterosideos ao atingirem o cólon são hidrolisados pela ação das enzimas da flora bacterianaatuando com as geninas sobre as terminações nervosas da parede intestinal, diminuindo a absorção da água a estimulação do peristaltismo. O aumento do peristaltismo intestinal e da secreção de água e eletrólitos para o lúmen intestinal resulta num efeito laxante.
As doses recomendadas pela ESCOP: preparações equivalentes a 15-30 mg de derivados hidroxiantraquinônicos, calculados em senosideo B. Adose correta é a menor possível para produzir o efeito desejado. Em idosos é recomendada metade das doses para os adultos.
O consumo excessivo e contínuo de sene provoca vômitos, cólicas, diarreias, dores abdominais, aumento do fluxo menstrual. Pode ainda provocar carência de potássio, diminuição de globinas séricas e causar nefrites em tratamentos longos.
Está contraindicado em pessoas com...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • sene
  • Monografia sene
  • PARA QUE SERVE A SENE
  • Col gio Senes
  • CONTROLE DE QUALIDADE DA DROGA VEGETAL SENE (Senna alexandrina Milli) COMERCIALIZADA EM MANTENA/MG

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!