resumo memorias de um sargento de milicias

Páginas: 6 (1386 palavras) Publicado: 25 de agosto de 2013
MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS

FUVEST / UNICAMP / 2012
AUTOR
ÉPOCA
GÊNERO
ESPÉCIE

:
:
:
:

Valdir Ferreira

Manuel Antônio de Almeida
Romantismo no Brasil
Narrativo
Romance

1. SÍNTESE DO ENREDO
O romance tem início no começo do século XIX: “Era no tempo do rei.”—
referência a D. João VI, que viera para o Brasil, fugindo de Napoleão Bonaparte
que invadira Portugal.Com o rei e a família real, veio para o Brasil todo tipo de pessoa. Num
dos navios, vieram Leonardo Pataca e Maria da Hortaliça. Ele, um algibebe
(= negociante de roupas feitas); ela, uma saloia (= pessoa rústica, camponesa).
Conheceram-se no navio e selaram a união de uma forma curiosa: ele deu-lhe
“uma valente pisadela no pé direito” e ela retribuiu com um “beliscão nas
costas da mãoesquerda”.
Chegando ao Brasil, casaram-se. Dessa união nasceu um filho, que
recebeu o mesmo nome do pai, fato de que o leitor toma conhecimento somente
no Capítulo XVIII da primeira parte. Até então, o narrador trata-o por “o
memorando”, “o menino”, “o pequeno”, “o afilhado”.
Anos depois, Leonardo Pataca passou a desconfiar de Maria, porque
“um certo sargento lhe passava muitas vezes pela porta; eenfiava olhares
curiosos através das rótulas”. As suspeitas aumentaram quando “começou a
estranhar que um certo colega seu o procurasse em casa... sempre em horas
desencontradas”. Além disso, “aconteceu-lhe por três ou quatro vezes esbarrarse junto de casa com o capitão do navio em que tinha vindo de Lisboa,...”
A certeza da traição ocorreu quando, numa manhã, ao entrar em casa sem seresperado, viu alguém saltar pela janela e desaparecer. Consequência:
discussão e Maria agredida a socos.
Enquanto isso se passava, Leonardo filho distraía-se, rasgando as folhas
dos autos que Leonardo Pataca deixara sobre um móvel. A raiva do pai
concentrou-se no filho: ergueu-o pelas orelhas e deu-lhe um pontapé no
traseiro, atirando-o longe.
Pai e mãe separaram-se. Maria fugiu de casa e voltoupara Portugal com
o capitão do navio em que viera para o Brasil. Leonardo Pataca deixou o filho
sob os cuidados do padrinho, que era um barbeiro. Este era uma pessoa que
estava bem de vida graças a um ato desonesto que praticara, ficando com o
dinheiro que o capitão do navio em que ele trabalhara como sangrador lhe
confiara para entregar à filha, quando chegassem ao Rio de Janeiro.
Opadrinho adorava o afilhado e queria torná-lo padre, mas o menino
não tinha a menor vocação. Era muito travesso, malcriado e malvisto pela
vizinhança que ele sempre provocava.
O tempo passou e Leonardo se tornou um típico malandro carioca: não
trabalhava, era um vadio. Sua vida mudou, quando ele conheceu Luisinha,
sobrinha de D. Maria, uma amiga do padrinho. Após o primeiro encontro, em
que nãotivera boa impressão, apaixonou-se por ela.

-2-

Surgiu um rival — José Manuel — interessado na herança da moça.
Auxiliado pela madrinha, uma parteira, tentou afastá-lo de Luisinha.
A vida de Leonardo mudou com a morte do barbeiro, seu padrinho.
Voltou a morar com o pai, mas fugiu de casa após uma discussão, porque não
se deu bem com a madrasta. Passou a viver com um amigo em uma casa muitoagitada e com bastante gente. Apaixonou-se por Vidinha, “uma mulatinha de
dezoito a vinte anos, de altura regular, ombros largos, peitos alteados, cintura
fina e pés pequeninos...”. O namoro não era bem-visto por dois primos que
tinham interesse nela e, para afastar Leonardo, denunciaram-no ao Major
Vidigal, chefe de polícia, acusando-o de vadiagem. Vidigal prendeu-o, mas
Leonardo conseguiuescapar quando era levado para a delegacia.
Tempos depois, Leonardo passou a trabalhar na Ucharia Real (=
despensa real), forma encontrada para poder escapar da perseguição de
Vidigal, cuja preocupação era não deixar em paz malandros e vadios.
Entretanto foi demitido por ter-se envolvido com a mulher do “toma-largura”
(=criado do palácio). Nesse espaço de tempo, Luisinha casou-se com José...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo memórias de um sargento de milícias
  • Resumo memorias de um sargento de milicias
  • Resumo > Memórias de um sargento de milícias
  • Memórias de um sargento de milícias ( resumo)
  • Resumo Memorias de um Sargento de Milicias
  • Resumo
  • Resumo
  • Resumo de memórias de um sargento de milícias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!