Resumo Livro Escola da Nossa Saudade

Páginas: 11 (2702 palavras) Publicado: 16 de março de 2014
 “A Escola da Nossa Saudade”, é acerca deste livro que vou apresentar um resumo analítico, bem como o meu ponto de vista crítico.

O livro é composto por duas fases distintas do percurso escolar de um menino chamado Arcílio.
Essas fases são a Primária e o Liceu. Escolhi para vos apresentar, a fase da primária; uma vez que durante a leitura foi o período escolar com que mais meidentifiquei. São-nos relatados episódios caricatos, vividos pelo Arcílio na sua escola. Passo então a apresentar os pormenores que considerei como os mais importantes.
Arcílio, o personagem central deste livro, é um menino que nos anos 60 frequenta os primeiros anos da primária, de forma até turtuosa e aflitiva. Aquando da sua presença nos ambientes de aula, sempre que atuava de forma que ia contraas regras professoriais, havia quase que uma arqui-inimiga à sua espera. Fiel amiga e em conluio com o professor, a Srª Régua, estava sempre pronta a castigar sem dó nem piedade. E até na maioria das vezes, sem os repreendidos saberem o porquê. As regras eram estipuladas unilateralmente pelo professor e sem serem dadas a conhecer.
Era raro o dia que não ocorressem episódios embaraçosos ehumilhantes. Arcílio não gostava quando o professor se ausentava da aula e escolhia alguém para o substituir. O escolhido era sempre um aluno mais velho, que fosse também um dos mais altos e mais pesados, de forma a deixar os mais pequenos acabrunhados. Sim, porque nos mais velhos esse pavor não se fazia sentir. Nesta sala de aula, não estavam apenas alunos do mesmo ano, mas de vários anos até ao 4ºano. Mesmo não gostando do professor, nesses momentos preferia não se submeter à prepotência do vigilante provisório. É evidente a falta de condições sanitárias na escola nas décadas de 60, quando a Srª Dª Eulália tenta ajudar Arcílio a limpar-se após o vigilante não o deixar ir atempadamente à retrete.
Apesar de ser rei e senhor na sala de aula, no recreio e espaços adjacentes o reinado cabiaà Srª Dª Eulália. Todos os dias, chegada a altura do recreio, corriam desenfreadamente para a retrete para não perder o seu precioso e escasso tempo de brincadeira. E qual não foi o espanto quando um dia ao chegar à retrete vêm uma lata de metal. Desvendado o mistério pela Srª Dª Eulália de que estaria reservada para os meninos, passam a jogar ao “tiro ao alvo”. Não obstante, aumentam asasneiras bem como os ralhetes. Mas tudo era melhor, do que as escassas idas do professor Silva Lobo ao recreio para os ensinar a marchar e discursar sobre a Mocidade Portuguesa.
Sendo o recreio o momento diário mais importante, nada melhor para completá-lo do que um rebuçado. Apesar do sabor não ser divinal, a emoção estava no cromo que o acompanhava. Tudo valia para amealhar uns tostões paraconseguir acabar a tão almejada caderneta. O pior era quando saia novamente o cromo de um jogador que já tinha. Arcílio estava desesperado, apenas lhe faltava um, o custoso, mas não havia forma do cromo malvado sair. E mesmo para a troca ninguém o tinha. Pudera, o Palma da CUF, não vinha sózinho. A quem saisse, teria em seu poder algo que mais ninguém tinha, a não ser mesmo clubes de futebol, uma bolade catchum. Desistiu de comprar mais cromos, todos seriam repetidos; e assim, o seu colega Durval aproveitou-se da sua ingenuidade. Arcílio surripiou ao pai o valor pedido pelo colega na expetativa de completar a caderneta e ganhar a bola. Mas nem bola, nem caderneta, nem cromo, nem dinheiro. Apenas o peso na consciência e a necessidade de confessar ao padre o feito para ser perdoado.Futebol, futebol, futebol, tudo girava à sua volta. A começar na caderneta, a passar pela sala de aula durante uma distração do professor, e a terminar em campo... Todos os momentos eram poucos, era necessário definir a equipa, o treino, as posições em campo, o equipamento, a bola. Eram rios de minutos á volta do mesmo, mas tardava o grande jogo. No dia da verdade, chovia sem parar e apenas metade dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo do Livro A Ladeira da Saudade
  • resumo do livro "ESCOLA E DEMOCRACIA"
  • Resumo do Livro Escola e Democracia
  • RESUMO DO LIVRO “ESCOLA E DEMOCRACIA”
  • Resumo do livro Escola e Democracia
  • Resumo do livro escola e democracia
  • Resumo do livro "Escola e Democracia"
  • resumo do livro "panico na escola"

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!