Resumo Do Livro Teoria Geral De Estado Dalmo Dallari

Páginas: 11 (2542 palavras) Publicado: 19 de junho de 2015
Resumo do livro: Elementos de Teoria Geral de Estado, de Dalmo Dallari.

Temas: Representação Profissional, Corporativa e Institucional.

Segundo Dallari, a descrença na representação política já inspirou varias tentativas de encontro de outras bases de representação, visando a assegurar maior autenticidade dos representantes, sobretudo no sentido de serem efetivamente vinculados aosrepresentados. Das ideias de representação surgidas em substituição à política, podem-se destacar três, que já exerceram influência prática, são elas: representação profissional, representação corporativa e representação institucional.

REPRESENTAÇÃO PROFISSIONAL
Conforme Dalmo Dallari, a ideia da representação profissional tem sua fonte mais remota nos movimentos a favor da ascensão política doproletariado, desencadeados na primeira metade do século XIX e intensificados com o desenvolvimento da Revolução Industrial e o agravamento das injustiças sociais que ela determinou. Por influência de inúmeros fatores político-sociais, o movimento proletário se dividiu em várias correntes, uma das quais chegou a propugnar a representação profissional. Para entender a origem dessa ideia é preciso entender queo movimento proletário, teve seus principais pontos de apoio na França e na Inglaterra, nascendo da conjunção do socialismo e do anarquismo. A noção do Estado como inimigo do povo é herança das lutas contra o absolutismo, fez preponderar à rejeição de qualquer intervenção de Estado na ordem social, as atividades econômicas foram fortalecidas, produzindo uma situação social profundamente injusta,com a concentração de grande massas proletárias , sem nenhuma garantia de salário justo, sem limitação das horas de trabalho e sem qualquer preocupação pela segurança e pela saúde dos trabalhadores.
Na França a Lei Le Chapelier, de 1971, proibira todas as associações, operarias e patronais, declarando não haver mais corporações no Estado, mas somente o interesse particular de cada indivíduo e ointeresse geral.
Houve desníveis sociais violentos, situação de miséria sem esperança, ação do Estado contra os trabalhadores, preservando pela força a ordem injusta: tudo isso preparou o terreno para o socialismo e o anarquismo. E a impossibilidade absoluta de ação individual para reagir contra as injustiças preparou o advento do sindicalismo.
Em 1.848, com a intensificação do movimentoproletário surgem inúmeras divergências entre os sindicalistas. De um lado, o sindicalismo revolucionário, radical e intransigente, e, de outro, o sindicalismo reformista, aceitando a convivência com o Estado e acreditando na melhoria progressiva das condições dos trabalhadores.
A corrente revolucionária (anarco-sindicalismo) considerava inevitável que o Estado fosse um instrumento de classe, e por issopregava sua destruição. Os socialistas oficiais aceitavam o Estado e o desenvolvimento das lutas através de meios legais. Mas, na realidade, as próprias condições de vida dos trabalhadores, sobretudo suas deficiências econômicas, não lhes permitiam permanecer em constante atividade revolucionária, promovendo greves, praticando atos de sabotagem e, conseqüentemente, deixando de receber salários.
Osindicalismo reformista partiu também da premissa de que era indispensável a organização dos trabalhadores para a defesa de seus interesses, não acreditando nos partidos políticos como instrumento eficiente de suas reivindicações.
As organizações de trabalhadores, para cuidarem da defesa de seus direitos e da promoção de seus interesses por meio legais, foram ganhando incentivo, e a França, atravésda Lei Waldeck-Rousseau, de 21 de março de 1.884, concedeu personalidade jurídica aos sindicatos operários e patronais.
E com isso os grupos profissionais nesta lei deveram ser coordenados, compondo na sua totalidade a Federação econômica. A base desta Federação são os grupos profissionais, cada um dotado de soberania própria, com autonomia por grupo profissional especializado e por região....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo do livro Elementos de Teoria Geral do Estado
  • Subcapítulo Poder Social, do livro Os Elementos da Teoria Geral do Estado, Dalmo Dallari
  • Elementos de teoria geral do estado (dalmo de abreu dallari) livro
  • Dalmo De Abreu Dallari
  • Elementos De Teoria Geral Do Estado (Dalmo Dallari)
  • Resumo do livro “elementos da teoria geral do estado” delmo de abreu dallari
  • Resumo teoria geral do estado- dalmo de abreu dalari
  • resumo do livro teoria geral do estado

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!