resumo do livro pedagogia do oprimido

Páginas: 6 (1466 palavras) Publicado: 5 de janeiro de 2014
Resenha do filme Escritores da liberdade relacionando com o livro Pedagogia do oprimido

Introdução

A Pedagogia do Oprimido e o filme Escritores da Liberdade. O filme “Escritores da Liberdade”, trata da história emocionante do desafio da educação. Neste filme podemos ver fortes indícios da “Pedagogia do Oprimido” do educador e filósofo Paulo Freire que tem como principal objetivo alibertação. A trama retrata um meio social problemático e violento, onde uma professora desenvolve métodos a fim de educar seus alunos que fazem parte de um meio social marcado por violência e discriminação, uma professora ensina a seus alunos como ser cidadão, para isso ela também sofre vários tipos de opressões onde ocorre no próprio ambiente escolar por meio da conservadora diretora da escola. Dentre asdiversas cenas de opressão retratada no filme destaca-se o diálogo entre a diretora e a professora Erin, onde a diretora proíbe Erin de levar aos seus alunos o livro de acervo da escola, “O Diário de Anne Frank”. Daí então vem à ideia da professora de propor aos estudantes que criem seus próprios de diários marcados por suas histórias de vida. Já dizia Paulo freire, ninguém liberta ninguém,ninguém liberta sozinho, quando os oprimidos descobrem o opressor se engajam na luta por sua libertação, crendo em si mesmos superando sua convivência com o regime opressor. Esse tipo de atitude pode ser visto no filme quando os alunos se engajam em escrever seus diários e dali passam a aprender com suas experiências, quebram diversos paradigmas e assim convivem de forma mais tolerante no meio em queresidem.
O filme é baseado em fatos reais, Este retrata a violência de Gangues e tensões raciais ocorridas nos bairros pobres dos EUA. Diante desses problemas, a secretaria de Educação do município decidiu instalar em algumas escolas programas de integração, onde diversas raças, culturas e etnias faziam parte do mesmo grupo. Erin é uma professora iniciante que decide trabalhar. Inicia suacarreira, em uma escola adaptada aos programas de integração, lecionando Inglês básico para a turma do 1º ano. Uma profissional que acredita que pode fazer a diferença, pois é determinada e perseverante. Pensou em cursar direito para defender jovens no tribunal, mas logo desistiu, pois acreditava que a batalha está perdida quando tiver que defender jovens nos tribunais, visto que a luta pela libertaçãodeve acontecer na escola, na sala de aula. A professora enfrentou diversas barreiras, começando pelos próprios colegas que desacreditavam no potencial dos alunos, porque eram violentos e participavam de gangues. Mas, ela rompeu estes desafios e lutou sozinha, como era iniciante seu salário não era muito significativo e para fazer atividades diferentes com os alunos teve que buscar outraalternativa, até mesmo um trabalho extra com intuito de conseguir fundos para comprar materiais e fazer viagens de estudo, visto que a administração da escola não fornecia verbas pelo fato de não acreditar no potencial dos alunos. Percebia que a sala de aula era dividida conforme as raças e as gangues, muitos eram oriundos do reformatório infantil, o que gerava agressões e conflitos. Enfrentou diversasrejeições por parte dos alunos, que não a aceitavam e também não tinham motivação para participar das aulas. Para conseguir lecionar sua matéria, teve que adotar métodos extracurriculares, e foi duramente criticada pela diretora, e pelos seus familiares. A princípio os alunos a desprezavam pensando que ela desistiria facilmente de ensiná-los com já havia acontecido com outros professores, mas ela ossurpreendeu trazendo-lhes literaturas novas, e formas práticas de conhecê-los mantendo a cumplicidade e confiança entre eles. Em uma aula mencionou uma série de acontecimentos marcantes da história do mundo, como o Holocausto e a segregação racial nos Estados Unidos, na tentativa de sensibilizá-los. Também, tentou mostrar para os alunos o que realmente seria uma gangue, dando como exemplo o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo do livro pedagogia do oprimido
  • Resumo do livro pedagogia do oprimido
  • resumo do livro pedagogia do oprimido
  • Resumo do livro Pedagogia do Oprimido
  • resumo do livro pedagogia do oprimido
  • Resumo Livro Pedagogia do Oprimido
  • resumo do livro por capitulo pédagogia do oprimido
  • Resumo do livro “Pedagogia do oprimido” Paulo Freire

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!