Resenha "A Idade Média e o Nascimento do Ocidente"

Páginas: 6 (1394 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
FRANCO JÚNIOR, Hilário. O (pré) conceito de Idade Média. In FRANCO JÚNIOR, Hilário. A Idade Média: Nascimento do Ocidente. 2 ed. rev. e ampl.. São Paulo: Brasiliense, 2001.

O autor
“Historiador, fez bacharelado na USP (1976), doutorado na mesma universidade (1982) e pós-doutorado com Jacques Le Goff na École des Hautes Études en Sciences Sociales (1993). Especialista em Idade Médiaocidental, seus interesses estão voltados particularmente para a cultura, a sensibilidade coletiva e a mitologia daquele período, bem como para as reflexões teóricas que fundamentam tais pesquisas. Dedica-se também à História Social do Futebol.” (Retirado do curriculum Lattes do autor).

Resenha crítica
O texto “O (pré) conceito de Idade Média” utilizado como introdução do livro “A Idade Média:Nascimento do Ocidente” de autoria de Hilário Franco Júnior apresenta as visões atribuídas ao longo da história a esse período que deixou de ser somente fonte de estudo para os historiadores, passando a fazer parte também do imaginário da população em geral, devido principalmente às inúmeras produções artísticas que utilizam esse período como inspiração.
O autor inicia o texto abordando o fato de que asnomenclaturas atribuídas aos períodos históricos (Idade Antiga, Idade Média...) não são fruto das idéias das pessoas que viveram no determinado período, e sim de pessoas que vivem após o período a ser nomeado; essas atribuições geralmente vêm carregadas de estereótipos e preconceitos; e isso ocorreu com maior intensidade na nomeação da Idade Média feita pelos pensadores iluministas do Século XVI.O texto está dividido em quatro partes, cada uma responsável por destacar a visão atribuída por uma época à Idade Média. A primeira delas é a visão atribuída pelos renascentistas, que atribuíram a esse período o estereotipo de “Idade das Trevas” que até hoje é muito utilizado inclusive nos livros didáticos, e por isso muito difundida pela população que não tem um conhecimento aprofundado domedievo. Nesse trecho, o autor apresenta as origens do mito da “Idade das Trevas” mostrando diversas produções historiográficas dos séculos XIV ao XVIII que viam a Idade Média como um período obscuro da História, devido à fortíssima influência da Igreja na produção artística e intelectual.
Além das produções historiográficas, o autor busca também as opiniões dos diversos setores da sociedaderenascentista para reforçar essa ideia:

Os protestantes criticavam-nos como época de supremacia da Igreja Católica. Os homens ligados às poderosas monarquias absolutistas lamentavam aquele período de reis fracos, de fragmentação política. Os burgueses capitalistas desprezavam tais séculos de limitada atividade comercial. Os intelectuais racionalistas deploravam aquela cultura muito ligada a valoresespirituais.

Depois de apresentar a visão renascentista, que desvaloriza a Idade Média, o autor apresenta a visão romântica, que surge no século XIX e traz consigo uma supervalorização desse mesmo período.
Essa mudança de visão ocorreu, segundo o autor, pelo despertar de um ideal nacionalista ocasionado pelos ataques napoleônicos; e também pelas guerras que ocorriam no período, que seriam frutode todo racionalismo iluminista.
O autor afirma que nesse cenário de forte sentimento nacionalista, a Idade Média é vista como “...algo a ser imitado, prolongado” (p. 13), e apresenta um número de obras que utilizam a Idade Média como fonte de inspiração (medievalidade). Essa paixão estaria presente também na arquitetura e na historiografia da época; aqui o autor cita grandes organizaçõesdocumentais acerca da Idade Média: a Monumenta Alemã, a Patrologia Francesa e os Rolls Series ingleses; mas ressalva a imperfeição presentes nessas documentações
Por fim ele apresenta produções historiográficas que se mostram indecisas em relação ao período, como destaque ele cita as obras do autor Jules Michellet, que em seus primeiros estudos supervalorizou a Idade Média, mas que depois de um certo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha: A idade Média, Nascimento do Ocidente
  • A idade média
  • A idade média. o nascimento do ocidente.
  • 1EM A Idade Media Nascimento Ocidente
  • Resenha do livro Idade Média O Nascimento do Ocidente Hilário Franco Jr 2014
  • Resenha do CapítuloIX “A Idade Média no Ocidente- Dos Bárbaros ao Renascimento"
  • Resumo esquemático do livro " A Idade Média, Nascimento do Ocidente" de Hilário Franco Junior
  • Resenha da idade media

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!