PROFISSAO

Páginas: 32 (7814 palavras) Publicado: 1 de setembro de 2014
PROFISSIONALIZAÇÃO DOCENTE:
CONTRADIÇÕES E PERSPECTIVAS

Texto organizado com base nos estudos de pós-doutorado realizados pela autora na Universidade Complutense de Madri (Espanha), com apoio do CNPq. Parte da investigação denominada "A profissionalização docente na nova ordem cultural e paradigmática: Desafios do fim do século".
AUTORA: Maria Isabel da Cunha

REFERÊNCIA DO TEXTO:CUNHA, Maria Isabel da. Profissionalização docente: contradições e perspectivas. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro; CUNHA, Maria Isabel da (Orgs.). Desmistificando a profissionalização do magistério. Campinas, SP: Papirus, 1999.

O discurso da profissionalização docente, que há alguns anos começou a tomar corpo nos países desenvolvidos, parece estar definitivamente entre os mais abordados nasdiscussões pedagógicas da atualidade, no Brasil. A crise que assola a educação formal tem profundas repercussões na definição do papel docente, em sua conformação e expectativas.
O professor é, hoje, posto em xeque, principalmente por sua condição de fragilidade em trabalhar com os desafios da época. Entre eles, talvez os mais significativos sejam as novas tecnologias de informação, a transferência defunções da família para a escola e a lógica de produtividade e mercado que estão definindo os valores da política educacional e até da cultura ocidental contemporânea.
Página 127
Historicamente, o professor construiu para si, cumprindo a expectativa da sociedade, a idéia de que sua função era ensinar um corpo de conhecimentos estabelecidos e legitimados pela ciência e pela cultura, especialmentepelo valor intrínseco que representavam. O caráter pragmático e utilitário desse conhecimento poderia até ser objeto da escolarização como decorrência da construção teórica, mas não como princípio.
Mesmo que do professor se esperasse um comportamento ético que supusesse uma transmissão de valores, a principal tarefa de educar para a cidadania, incluindo hábitos e valores morais, estava a cargo dafamília. Esta é que dava diretrizes e se encarregava de seu controle.
Os instrumentos principais que o professor utilizava para desenvolver seu ofício eram a palavra escrita e falada. Estas continham os elementos de verdade, pois representavam o discurso oficial da ciência e da cultura. A escola, além de tudo, tinha praticamente o monopólio da transmissão do conhecimento e da informação.
Essestrês aspectos sofreram modificações radicais, especialmente na se­gunda metade deste século. A presença quase universal da televisão, já se generalizando agora para o computador, com recursos visuais e, recentemente, virtuais, definiu a obsolescência da exclusividade da palavra como recurso informativo. Além disso, o lócus principal dessa revolução comunicacional esteve distante da escola, o que acolocou em visível desvantagem no espaço cultural.
Outro fator a considerar é a reorganização sociológica da família, decor­rente, especialmente, da emancipação crescente da mulher e de sua incorporação no sistema produtivo, deixando a descoberto todo um espaço educativo que era por ela assumido, quer no aspecto do equilíbrio afetivo de crianças e adolescen­tes, quer na perspectiva de controledas tarefas escolares. Os professores, que, em princípio, tinham nos pais (especialmente nas mães) os aliados de que necessitavam para resolver problemas surgidos na escola, passaram a ser chamados a exercer essa ação, num movimento inverso, pois as famílias começaram a solicitá-los para dar conta das questões de seus filhos, que ela mesma não estava conseguindo solucionar.
Página 128
Como se istonão bastasse, a lógica capitalista da organização da socie­dade começou a exigir, com maior ênfase, que a escola passasse a realizar a preparação para o trabalho, isto é, fizesse o conhecimento científico se tornar aplicável às necessidades do mercado. Correia e Matos (1998, p. 3) alertam para o fato de que, hoje,

reconhece-se explicitamente a legitimidade do econômico interferir e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Profissão
  • profissao
  • profissão
  • profissao
  • profissão
  • profissão
  • profissao
  • Profissão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!