Politicas publicas

Páginas: 16 (3842 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Mestranda em Letras pela Universidade Federal de Sergipe. E-mail: anapaulaban@gmail.com
2 Mestranda em Letras pela Universidade Federal de Sergipe. E-mail: jossineide_@hotmail.com
2
INTRODUÇÃO
Ao falar em juventudes, devemos considerar a questão social e cultural que norteiam
as pesquisas em torno da problemática educação e trabalho para o público juvenil carente de
Políticas Públicas. Issosignifica que há diferenças entre as juventudes, não sendo interpretada
apenas por um conceito unívoco, e sim, por razões que serão determinadas, justamente, pela
classe social submetida a muitos desses jovens.
Em primeiro lugar, do ponto de vista social e cultural podemos observar que o
processo de adultização é precoce entre os jovens de classe social baixa e a inserção no
mercado detrabalho, formal ou informal, ao verificar às suas condições, principalmente
quanto aos níveis de remuneração no emprego. Situação adversa encontrada para aqueles
jovens integrantes de classe média ou de poder aquisitivo elevado. Entre esses, observa-se que
a grande maioria inicia no mundo do trabalho com cargos de melhores remunerações
comparados com aqueles em que o trabalho precoce e a educaçãoprecária são condições
determinantes pela realidade social para um público juvenil carente de Políticas Públicas.
Com relação ao emprego, observa-se que cresceu o número de jovens que se
submetem a trabalhos ou atividades de diversos tipos e precariedades para ajudar na renda
familiar, e que, segundo NOVAES (2004,p.197), “ isso não é uma escolha, mas imposição de
um capitalismo que rompe comos elos contratuais coletivos e os reduz a contratos individuais
e particulares”.
Embora os estudos referentes à juventude e trabalho estejam mediados em pesquisas
entre jovens de 15 e 24 anos, devemos levar em consideração que no PROJOVEM URBANO
a faixa etária da juventude brasileira está entre os 18 e 29 anos. Isso porque ampliou a
condição de ser jovem, encontrados em dados estabelecidospela Organização Internacional
de Juventude (OIJ), por razões materiais, sociais e culturais.
3
A análise deste artigo compromete-se em estabelecer relações entre juventude,
educação e qualificação profissional – propostas contempladas no currículo integrado do
PROJOVEM URBANO ( Programa Nacional de inclusão de jovens). Sendo vistas, como uma
medida emergencial para a situação devulnerabilidade da juventude brasileira, diante de um
novo paradigma educacional. Tomaremos, como exemplo, o que foi aplicado pelas docentes,
autoras deste artigo, no município de Aracaju, onde está localizada a Escola Municipal
Professor Laonte Gama, no bairro Santa Maria, no ano de 2009.
1.O TRABALHO PRECOCE E A EDUCAÇÃO PRECÁRIA DOS JOVENS
BRASILEIROS
Sob a ótica do sistema capitalista vigente noPaís, constata-se que as desigualdades
sociais permanecem agravantes entre os proprietários dos meios de produção e àqueles que
vendem a sua força de trabalho. Desse modo, as diferenças aparecem não somente da análise
do contexto trabalho, mas também numa educação diferenciada entre ricos e pobres. Entre
esses, a necessidade de trabalhar para aumentar a renda familiar aparecem desde a infância;enquanto que no outro, a educação é fator primordial para ascensão social. Então, diremos
que:
o capitalismo não supera a sociedade de classes, pelo contrário, a mantém e ,
ao formar e legalmente proclamar a igualdade, dissimula a desigualdade. A
inserção de crianças e de jovens no mundo do trabalho, sua exploração e
uma escola diferenciada aparecem desde o início. ( NOVAES, 2004, pp.194-195)
No tocante ao trabalho, ver-se-á que cresceu o número de jovens em ocupações de
baixa qualidade e vínculos precários de menor remuneração. Isso acontece porque muitos
desses jovens interrompem precocemente o seu ciclo educacional ou permanecem nele em
idades incompatíveis com as suas. Entretanto, há de se considerar que se essa situação se
invertesse e, portanto, os jovens adquirissem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Políticas públicas
  • Política publicas
  • Politicas Publicas
  • Políticas públicas
  • Politica publica
  • Política pública
  • Politica publica
  • POLÍTICAS PÚBLICAS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!