Política social no Brasil:Construção dos Direitos e Políticas sociais no século XX

Páginas: 9 (2053 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014



SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
serviço social

VALCLÉCIA DOS SANTOS SILVA















POLITICA SOCIAL NO BRASIL: CONSTRUÇÃODOS DIREITOS E POLITICAS SOCIAIS NO SÉCULO XX.

















Santa Luz
2013


VALCLéCIA DOS SANTOS SILVA














POLITICA SOCIAL NO BRASIL:CONSTRUÇÃO DOS DIREITOS E POLÍTICASSOCIAIS NO SÉCULO XX











Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplinaFundamentosHistóricos e Metodológicos do Serviço Social,Direito e Legislação Social,Políticas Social I.
Prof:Paulo Sergio Aragão,Jossan Batista,Maria Lucimar Pereira,Clarice Kernkamp.Santa Luz
2013

SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO ......................................................................................................3
2 DESENVOLVIMENTO..
2.1Trabalho,sociedade e politicas sociais no século XX..........................................4
2.2.Desenvolvimentodosdireitos sociais epoliticas da constituição Federal..........5

3 CONCLUSÃO........................................................................................................6
4 REFERÊNCIAS.....................................................................................................7


























INTRODUÇÃO
Intenciona apresentar a dinâmica daspolíticas sociais bem como suas características, organização e gestão no desenvolvimento do capitalismo e das lutas profissionais e sociais. Abordará articulação entre politicas e economia na sociedade capitalista, as politicas sociais no Brasil estão relacionadas diretamente a condição vivenciada pelo a análise das políticas sociais tem muitos caminhos a percorrer. O País em níveiseconômico, politico e social são vistas como mecanismos de manutenção da força de trabalho, em alguns momentos, e outros como conquistas dos trabalhadores, ou como doação das elites dominantes, e ainda como instrumento da riqueza ou dos direitos do cidadão. O início do século XX, a economia brasileira vivia uma situação de caráter transitório. Por um lado, o meio rural ainda representavauma parcela significativa dos contingentes populacionais e da movimentação da economia nacional. Por outro, os centros urbanos cresciam promovendo a criação de fábrica onde uma classe de trabalhadores ganhava espaço lento.















Trabalho, Sociedade e Politicas sociais no século XXA população brasileira, no início do século XX era composta, de um modo geral por
elite que detinha o poder político, uma classe média urbana e pelos sertanejos. Havia ainda os emigrantes europeus e japoneses que, no inicio do século, chegaram ao Brasil em grande numero.
O Brasil, de 1890 a 1939, tinha uma economia voltada para o comércio externo. O café, os couros e as peles eram principais produtos de exportação. O café cultivado de monocultura dominava aprodução agrícola, embora a cultura do algodão assumisse uma expressão crescente a partir de 1890.
No decorrer da Primeira República (1889-1930) a necessidade de aumentar a produção interna levou à criação dos estabelecimentos fabris no Brasil.
 Quanto ao gado, este era explorado em regime de latifúndio. Os latifúndioscafeeiros ou pecuários estavam nas mãos dos coronéis, que também detinham o grande comércio.
O coronel foi um fenômeno típico da Primeira República e o poder econômico e político dos coronéis foram decisivos durante esta época da história do Brasil.
Nos centros urbanos, a elite era composta pelos comerciantes envolvidos no comercio externo, sobretudodo café e da borracha, e ainda pelos grandes financeiros da banca. ...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!