PARTE 5 N2 Autoescola Paulo Mari hellip

Páginas: 10 (2383 palavras) Publicado: 4 de junho de 2015
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

DENIS WILLIAN DE ARAUJO
FELIPE ZARPELON DO VALE
LUIS FILIPI MATTOS DE OLIVEIRA
MARIO WESTPHAL FILHO
PAULO HENRIQUE SALES DO NASCIMENTO

NOTA – 5,0




BENEFÍCIO DO USO DE SIMULADORES DE DIREÇÃO NO ENSINO DAS AUTOESCOLAS DE CURITIBA








CURITIBA
2014
SUMÁRIO

1. RESUMO GERENCIAL
03
1.1. COLOCAÇÃO DO PROBLEMA
03
1.2. PERFIL DA AMOSTRA
03
1.3. RESULTADOS
041.4. CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES
05
2. apresentação DO RELATÓRIO
07
3. OBJETIVO DA PESQUISA
08
3.1. Problema de Pesquisa
08
3.2. Objetivo GeraL
08
3.2. ObjetivoS ESPECÍFICOS
08
4. MÉTODO
09
4.1. POPULAÇÃO E AMOSTRA
09
4.2. COLETA DE DADOS
09
5. TECNICA DE AMOSTRAGEM
10
6. TAMANHO DA AMOSTRA
10
7. QUESTIONÁRIO
11
8. GRÁFICOS E ANÁLISE TABULADA
14
9. REFERÊNCIAS
24

1. RESUMO GERENCIAL
1.1.COLOCAÇÃO DO PROBLEMA
Autoescolas englobam um mercado com demanda garantida, visto que compõe um processo pelo qual grande parte da população passa ao atingir a maioridade. No entanto para que uma autoescola se estabeleça no mercado, é necessário que alinhe fatores de grande importância para o cliente, como qualidade, preço, localização e índice de aprovação.
Recentemente o valor para obtenção de CNHpassou por um grande reajuste visto que foi inclusa uma nova obrigatoriedade na realização do curso, o uso de simuladores de direção. O aparelho caro foi a principal justificativa para tal reajuste.
A fim de verificarmos a posição da população quanto à relação entre o aumento nos preços e a obrigatoriedade deste novo item realizamos uma pesquisa de Marketing que tem como objetivo demonstrar àsautoescolas qual é o pensamento do cliente ao escolher a autoescola onde realizará seu curso, bem como a eficácia, no ponto de vista da população, deste equipamento.

1.2. PERFIL DA AMOSTRA
A população selecionada abrangeu a população de Curitiba e Região Metropolitana, com a única restrição sendo a idade igual ou superior a 18 anos.
Para que conseguíssemos formar um grupo misto entre pessoashabilitadas e não habilitadas na pesquisa, demos menor enfoque na pesquisa online priorizando a coleta de dados in loco, onde conseguimos uma amostra diversificada quanto ao principal ponto em análise nesta pesquisa.
Foram validados para a análise dos dados 153 questionários em que a amostra possuía as seguintes características:
- 79 entrevistados possuíam entre 18 e 25 anos, enquanto 34 tinham entre 26e 32 anos, 25 com idade entre 33 e 50 anos, além de 15 respondentes com mais que 50 anos.
- A faixa de renda dos entrevistados estava majoritariamente entre R$ 1.000,00 e R$ 1.800,00 totalizando 51 respondentes, seguida pelas faixas entre R$ 1.800,00 e R$ 2.500,00 e acima de R$ 2.500,00 que somaram, respectivamente, 39 e 36 entrevistados. A faixa com menor participação ficou para os que possuemrenda inferior a R$ 1.000,00 com 27 respondentes.
- Quanto à CNH, 46 não possuíam habilitação enquanto 107 eram habilitados, formando praticamente 70% dos entrevistados.

1.3. RESULTADOS
Após a análise dos dados percebeu-se que, mesmo com o aumento em 1/3 do valor no processo de obtenção da CNH, 87% dos entrevistados que ainda não possuem habilitação não deixariam de realizar o processo emdecorrência do aumento e que, inclusive, 63% dos respondentes que se encaixavam neste perfil estavam passando, no momento da entrevista, pelo processo de obtenção da carteira.
Já entre os entrevistados que já possuíam habilitação (70% da amostra), pelo menos 2/3 do total consideraram satisfatório o processo de obtenção da CNH pelo qual passaram mesmo não existindo o uso de simuladores de direção naépoca. Percebeu-se, também, que, neste grupo, 60% dos entrevistados não viram sentido no volume do aumento no processo de obtenção de CNH após a obrigatoriedade do uso de simuladores, enquanto este número ficou próximo à metade entre os respondentes que não possuíam carteira.
De forma geral, 90% dos entrevistados não deixaria de realizar o processo em decorrência do aumento, mesmo o fator preço...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O QUE A DOEN A Parte Nadias E Mari
  • Parte Paulo
  • Parte 5
  • PARTE 5
  • Embora o contrato vincula as partes que hellip
  • Notifica O Extrajudicial Paulo Res Hellip
  • Atps Paulo parte 1
  • a nova contabilidade social leda mari hellip

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!