Nescau

Páginas: 6 (1399 palavras) Publicado: 29 de março de 2014
O ARTISTA E SUA IMAGEM: O CONCEITO DE GÊNIO NO ILUMINISMO FRANCÊS

Existe uma relação entre uma teoria estética e a imagem do artista de tal forma que podemos dizer que toda estética engendra uma imagem de artista e toda imagem de artista está fundamentada em alguma estética. Podemos observar nas discussões acadêmicas acerca da estética e filosofia uma crescente preocupação com o conceito degênio. Existem numerosos estudos sobre a questão focando principalmente em sua primeira fase de desenvolvimento na Inglaterra e em sua fase final de ápice e ruptura no Idealismo Alemão. Entretanto, em sua fase intermediária, representada pelo Iluminismo francês o conceito de gênio não tem tido a mesma intensidade nas pesquisas. Certamente que o conceito de “genius” atingiu seu clímaxno Genielehre germânico com a filosofia estética de Hamann, Herder, Lessing e Goethe. Suas origens germânicas podem ser claramente localizadas em Kant. Entretanto, para compreender corretamente esse momento do conceito, se faz necessário compreendê-lo em seu desenvolvimento francês, o qual representa uma fase intermediária entre as origens inglesas e o clímax germânico.

No século XVIII francês, o conceito de“genius” não designava uma virtude mística ou desconhecida que se incorporava em um homem ou artista. Na verdade, ela designava o próprio homem, ou a virtude maior de um homem civilizado. Podemos compreender esta questão ao constatar a presença de duas formas de se dizer e entender o conceito de gênio. Em francês existem duas expressões que, ao serem empregadas corretamente, revelam duas concepçõesdiferentes de “genius”: “possuir o gênio” (avoir du génie) e “ser um gênio” ou um homem de gênio (être um génie – um homme de génie). O termo “possuir o gênio” significava no século XVIII francês possuir grande talento. Assim, não existia uma diferença significativa entre talento e gênio. Voltaire no artigo “Génie” em seu “Dicionário Filosófico” (Dictionnaire pilosophique) escreve: “Mas no fundo ogênio não é outra coisa que o talento”. Evidentemente, existem diferentes maneiras pelas quais a natureza, origem, influência e valor desse talento podem ser definidos e avaliados. Porém “possuir o gênio” (“genius”) é observado como principalmente algo separável do possuidor, alguma coisa que vem e passa, algo como uma inspiração. O conceito de gênio como talento não muda a posição do homem nomundo.

De outro lado, a forma “ser um gênio” (être um génie) une inseparavelmente o indivíduo e a virtude, identificando o ser humano com um poder sobrenatural. Ser um gênio significa então uma extraordinária força encarnada em um homem, a qual constitui o seu próprio ser. Ela está indissoluvelmente conectada com sua natureza interior e sua história, e conseqüentemente fornece a esse homem umaposição única entre os humanos.

A transição da concepção de gênio como meramente um talento para a concepção do gênio como um indivíduo singular foi alcançada por um ato específico de pensamento. Um dos principais personagens que modelaram esse ato de pensamento foi Diderot que estava consciente do problema do gênio e sua tipologia.
Uma condição histórica que possibilitou a Diderot a formulação dogênio como singularidade e poder criativo foi o fato dos antigos tipos de homem idealizados, tais como o cortigiano (cortesão, ou seja, homem refinado, educado, cortês) ou o honnête homme (homem cultivado, educado e culto, que sabe fazer uso de sua razão e bom-senso), tinham desaparecidos e o novo e crescente estrato social da burguesia necessitava encontrar uma tipologia que expressasse o seu ethos.Nesse mesmo período um novo tipo começa a se destacar na hierarquia social: o “homem de letras” (homme de lettres) e o “filósofo” (philosophe). Durante o século XVIII o literati, les gens de lettres, o filósofo-escritor, constitue, pela primeira vez na história, um estrato social independente e consciente de seus valores e vida pública, não somente como indivíduos mas também...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Nescau
  • Nescau
  • Nescau
  • Nescau
  • nescau
  • Nescau
  • nescau
  • nescau

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!