Microbiologia: shiguela, escherichia coli, vibrio cholerae, salmonela

Páginas: 7 (1504 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2013
Microbiologia: shiguela, escherichia coli, vibrio cholerae, salmonela
SHIGELLA
O gêmero shigella é constituído de quatro espécies, designadas S. dysenteriae, S. flexinere, S. boydii e S. sonney.
As shigelas são semelhantes aos outros membros da família Enterobacteriaceae. Diferem da maioria por serem imóveis no teste-padrão de motilidade. Através de estudos de hibridição de DNA, A Shigellanão pode ser diferenciada de E. coli, e ambas são consideradas, inclusive, como uma única espécie por alguns autores. Shigella infecta principalmente o homem e , excepcionalmente, outros primatas como macacos e chimpazés, causando shilose ou disenteria bacilar. Raramente ocorre em animais.
● FATORES DE VIRULÊNCIA:
Os genes de virulência da shigella localizam-se em um plasmídio (Pinv) bem como nocromossomo da bactéria. Os genes codificam as sínteses das proteína de invasão, outros genes envolvidos no sistema de secreção destas proteínas e os genes de regulação VirB são plasmidiais. As toxinas encontram-se no cromossomo da Shigella operons que regulam a expressão de vários genes de virulência. A perda de plasmídio de virulência implica na perda de fenótipos invasivos. Esse plasmídio albergaum lócus de 30 kb que contém todos os genes necessários para a entrada na célula hospedeira. Essa célula é divididaem dois pontos: lócus Mxi- Spa e lócus Ipa.
●PATPGÊNESE:
A Shigella causa doença ao invadir as células que revestem a mucosa colonica, multiplicando- se em seu interior. As especies de shigellas são capazes de lisar o vacúolo fagocitico e multiplicar- se no citoplasma da célulahospedeira, ao contrario da salmonella que mutiplica- se no vacúolo.
● SINDROMES CLINICAS:
A shigelose caracteriza- se por: colicas abdominais, diarreias, febre e fezes sanguinolentas.








ESCHERICHIA COLI
Este microrganismo esta associado a uma variedade de doenças, incluindo meningite, gastroenterite, infecção das vias urinárias e sepse.
● PATOGENIA E IMUNIDADE:
E. coli possui umaampla variedade de fatores de virulência. Alem dos fatores gerais apresentados por todos os membros da família Enterobacteriaceae, a cepas de Escherichia coli responsável por doenças como a gastroenterite e as infecções das vias urinárias possuem fatores de virulência especializados. Duas categorias gerais destes fatores são adesinas e as exotoxinas.
● EPIDEMIOLOGIA:
Existem grandes números deE.coli no trato gastrintestinal, e, com frequência, estas bactérias constituem a causa de sepse, meningite neonatal, infecções das vias urinarias e gastroenterite e constitui o bacilo gram-negativos mais comum isolado de pacientes sépticos e é responsável por mais de 80% de todas as infecções das vias urinárias adquiridas na comunidade e pela maioria das infecções hospitalares.
● SÍNDROMESCLÍNICAS:
Septicemia:
Tipicamente, a septicemia causada por bacilos gram-negativos, como E. coli, origina-se de infecção nas vias urinárias ou no trato gastrintestinal, por exemplo infecção intra-abdominal causada por perfuração intestinal.
Infecções das Vias Urinárias:
Os bacilos gram-negativos que provocam infecções das vias urinárias, originam-se em sua maioria, no colón, contaminam a uretra,ascendem na bexiga e podem migrar para o rim ou para a próstata. A E. coli são particularmente bactérias virulentas devido a sua capacidade de produzir adesinas,que se ligam as células que revestem a bexiga e as vias urinárias superiores que provoca lise dos eritrocetos e outros tipos celulares resultando em liberação de citocinas e estimulação de uma resposta inflamatória.
Meningite Neonatal:E.coli, juntamente com os estreptococos do grupo B constituem a causa mais comum de meningite neonatal, 75% destas cepas possuem o antígeno capsular K1. Embora a colonização de lactentes por E.coli ao nascimento seja comum, a doença nos lactentes é relativamente rara.
Gastroenterite:
As cepas de E.coli que causam gastroenterite são subdivididas em 5 grupos: Enterotoxigênica, Enteroinvasiva,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Vibrio cholerae
  • Escherichia coli
  • Escherichia coli
  • Escherichia coli
  • escherichia coli
  • escherichia coli
  • ESCHERICHIA COLI
  • Escherichia coli

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!