mercador de veneza

Páginas: 7 (1640 palavras) Publicado: 22 de setembro de 2013
1 INTRODUÇÃO

A estrutura da obra tempera um drama trágico com boas doses de romantismo e comédia. É um drama baseado em questões muito presentes nos relacionamentos humanos como orgulho, arrogância, discriminação, o julgamento precipitado em contrapartida com o valor da amizade verdadeira e do amor.
Em “O Mercador de Veneza”, uma virtude recebe especial relevância: a misericórdia oucompaixão. Fazendo uso das palavras de Pórcia: “a misericórdia é uma virtude que não se pode fazer passar à força por uma peneira, mas pinga como a chuva mansa que cai dos céus na terra. É duplamente abençoada: abençoa quem tem compaixão para dar e quem a recebe”. A ausência de misericórdia é muitas vezes explicada pela busca de justiça “ao pé da letra” quando se trata de punir devedores.
O estudo da obraé pautado na história de um grande mercador da cidade de Veneza chamado Antônio, que para ajudar o seu melhor amigo, Bassânio, pega um empréstimo com um judeu que o considera como inimigo, e, como garantia, em caso de inadimplemento, assina um contrato onde se compromete a dar uma libra da carne do seu próprio corpo.
É nítida a relação da obra com a mediação e a arbitragem, mais especificamentecom esta ultima, vez que trata-se do processo onde as partes em conflito atribuem poderes a outra pessoa, ou pessoas, para decidirem por elas o objeto do conflito existente, desde que estas sejam imparciais e especialistas na matéria a ser disputada. Além de que a arbitragem não é um instituto novo, desde o Código Comercial de 1850 ela já estava presente em nosso ordenamento, onde eraestabelecido o arbitramento obrigatório para as causas entre sócios de sociedades comerciais. Os povos primitivos, as tribos que habitavam em cavernas e, posteriormente o talião, como forma privada de fazer justiça, com a máxima: o ofensor deveria sofrer o mesmo dano que infligiu ao ofendido, por certo utilizavam uma forma de arbitragem.

2 O MERCADOR DE VENEZA

O livro divide-se em seis capítulos, quesão denominados de atos, os quais são divididos em cenas. No primeiro ato, que inicia com a cena I, Bassânio pede que Antônio lhe ajude a conseguir concorrer com outros pretendentes, para conquistar o coração de Porcia, a bela e rica herdeira de Belmont, o que necessitaria de 3 mil ducados para custear as despesas.
Antônio, de imediato, se disponibilizou a ajudar, mas informou que toda a suafortuna estava investida em mercadoria, as quais estavam no mar, e que não teria como reunir todo aquele valor imediatamente, mas que procuraria, por meio do seu crédito, obter todo o dinheiro.
Em seguida, em Belmont, soube-se que para conseguir casar com Pórcia, o pretendente deveria escolher dentre três escrínios, um de ouro, outro de prata, e o ultimo de chumbo, o que tivesse a foto dela, essacondição foi imposta pelo pai da herdeira antes de morrer. Apareceram pretendentes de todo o mundo, mas nenhum lhe agradava ao ponto dela mandá-los arriscar a sorte.
Enquanto isso, na cidade de Veneza, Bassânio foi à procura de Shylock, para que este lhe emprestasse os 3 mil ducados, e o fiador seria Antonio, considerado pelo judeu como seu inimigo, o qual impôs como condição para a concessão doempréstimo, que fosse dado uma caução, e esta seria uma libra exata da carne do corpo de Antonio, que poderia ser escolhida e cortada de qualquer parte, o que foi aceito por ele.
Ao chegar em Belmont, Bassânio escolheu o escrínio de chumbo, que, para a sua felicidade e de sua amada, era o que continha a bela imagem da herdeira. Mas a felicidade dele demorou pouco, pois, logo em seguida, chegou umacarta enviada por Antônio, a qual informava que todas as suas expedições tinham fracassado, por esse motivo não conseguiu pagar a dívida com o judeu, e como conseqüência teria que pagar com a própria vida, em seguida solicitou que Bassânio fosse vê-lo pela ultima vez. De imediato, Bassânio casou-se com Pórcia, e foi até Vezena para assistir ao julgamento de Antonio.
Iniciado o julgamento, para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O mercador de veneza
  • Mercador de Veneza
  • MERCADOR DE VENEZA
  • O mercador de veneza
  • o mercador de veneza
  • O MERCADOR DE VENEZA
  • O mercador de veneza
  • O mercador de veneza

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!