o mercador de veneza

Páginas: 8 (1806 palavras) Publicado: 29 de setembro de 2013
 Mercador de Veneza – William Shakespeare

O autor
-Nasceu em 23 de abril 1564
-Foi um grande poeta e dramaturgo
- Sua obra mais famosa é “Romeu e Julieta”
- Teve três filhos
- Montou uma companhia de teatro em Londres
-Morreu em Londres em 23 de abril de 1616

Veneza
-Banhada pelo Mar Artrico
-Cidades italianas eram as maiores beneficiadas com aretomada do comercio com o Oriente
- Aparecimento de um novo grupo social: os mercadores
- Grande numero de mortalidade, não se vivia muito por causa de doenças, muitas dessa porque o lixo e os dejetos humanos eram normalmente jogados na rua.
- Comunidades de pescadores que sob autoridade de um doge mantiveram-se independentes dos outros estados da península italiana, e por causa da grande frotamarítima, teve uma atividade comercial intensa
- Veneza era ponto de atração para toda a Europa, por sua legendária vida de frivolidade e luxo.

Julgamento:
. Ninguém é obrigado a contratar, logo houve uma vontade convergente das partes com estipulação das cláusulas contratuais, respeitando os limites da Lei, que na época, não proibia a sanção negociada. Portanto, com a celebração feita, oacordado deve ser cumprido como se fosse lei, o “pacta sunt servanda”, como defende o princípio da obrigatoriedade. (segundo o qual o contrato obriga as partes nos limites da lei. É uma regra que versa sobre a vinculação das partes ao contrato, como se norma legal fosse, tangenciando a imutabilidade. A expressão significa “os pactos devem ser cumpridos”).
De acordo com o Código Civil Brasileiro de2002, pode-se questionar a validade da garantia no contrato, que era a retirada de uma libra de carne. Tal estipulação seria algo ilícito, como expressa o artigo 13. Pelo ordenamento retromencionado, tem-se a impossibilidade jurídica do objeto, em razão da ilicitude advinda de tal ato. Porém, com a jurisdição de Veneza, a validade da garantia parecia ser lícita, já que houve o registro do contratopelas partes. Além disso, posteriormente, há a exigência perante o tribunal do cumprimento de seu direito.
Retomada a história, nota-se a noiva de Bassânio, Pórcia, vestida de juiz, interferindo no julgamento em favor de Antônio. Por meio da retórica, ela, de maneira vitoriosa, consegue inverter a situação, condenando o judeu e, ainda, gera uma indenização considerável a Antônio. Para tanto, elase utiliza do argumento do cumprimento do que está apenas expresso no contrato, exigindo a garantia, porém sem derramar uma gota de sangue, uma vez que seria extrapolar os limites do contrato, haja vista que não estava acordado o derramamento de sangue.
Acerca da justiça, o desfecho do julgamento deixa a desejar, uma vez que os usos e costumes da época favoreceriam Shylock, e, caso não ofavorecesse, deveria ser alegada a sua má-fé, por causa da recusa do dobro da quantia devida oferecida por Bassânio, provando que a sua intenção na realidade era se vingar do mercador.

Características da época (séc.XVI 1596)
-Sistema Romano-Germanico
-Período da Renascença
-Direito Penal endurecido
-Uso da tortura se torna generalizado
-Defesa passa a ser feita por escrito, condenado muitosanalfabetos
-Jurisdição Eclesiástica que defendia os interesses da Igreja e do Clero
* crimes eclesiásticos: heresia(doutrina contraria ao da Igreja), simonia (trafico de coisas sagradas ou espirituais, sacrilégio( profanar pessoas, objetos ou lugares sagrados) e a usura( juros de capital exorbitantes).

__Nota: Crime de Agiotagem: Art. 174, parágrafo 4º da constituição, culminado com oartigo 171 do Código Penal

Resumo
Bassânio, um nobreveneziano que perdeu toda sua herança e planeja casar-se com Pórcia, uma bela e rica herdeira; o seu amigo Antônio, queconcorda em lhe emprestar o capital necessário para que ele viaje até Belmonte,
no continente, onde vive Pórcia. Como Antônio é um mercador, toda a sua
fortuna está investida numa frota de navios mercantes que navegam em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O mercador de veneza
  • Mercador de Veneza
  • MERCADOR DE VENEZA
  • O mercador de veneza
  • mercador de veneza
  • O MERCADOR DE VENEZA
  • O mercador de veneza
  • O mercador de veneza

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!