Luis Antonio

Páginas: 6 (1368 palavras) Publicado: 29 de julho de 2015

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO
FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÉNCIAS
CURSO CIENCIAS SOCIAIS


Ensaio sobre o texto de Walter Benjamin: “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica” (1935-1936)







Prof. Dr. Luís Antônio Francisco de Souza
Disciplina: Teoria Sociológica II
Aluna: Mariana Regina Degiato Jotta (noturno)Marília 2015

Walter Benjamin em seu texto: “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica" analisa o que vem acontecendo com a arte na Modernidade, na era de sua reprodutibilidade técnica. O autor explica que embora o objetivo da arte sempre tenha sido sua reprodutibilidade, a questão da técnica nessa realização é algo novo.
Quando se reproduz a arte pormeio de técnicas cientificas surgem alguns problemas, como a perda de autenticidade da obra de arte. Essa perda de autenticidade tem como resultado, segundo o autor, a liquidação do valor tradicional do patrimônio cultural.
O cinema é um exemplo que o autor utiliza como expressão da reprodutibilidade técnica, não apenas o cinema, a fotografia, a música, enfim, no caso do cinema, vê-se hoje aindamais nitidamente que na época de Walter Benjamin o avanço das técnicas cinematográficas, bem como a velocidade de filmagens, de produção, qualidade de imagem, todo esse avanço técnico ocorreu em vem ocorrendo sistematicamente. No entanto esses novos filmes, essas novas técnicas aponta o autor, não tem compromisso com a arte, as histórias dos filmes são descontextualizadas, não surpreende opúblico, não excita neste a criatividade e subjetividade, a arte é reduzida a distração e diversão.
O sertanejo enquanto arte musical
A música sertaneja é desdobramento da música caipira, caipira é um termo de origem tupi que designa, desde os tempos coloniais brasileiros, os moradores da roça. (EDVAN ANTUNES 2012). Estes desenvolvem um típico modo de cantar, utilizando como instrumento a viola,cantando o dia-a-dia do campo, traduzindo em música sua interpretação de mundo.
A denominação de música sertaneja surge em 1910, surge ainda com características da música caipira, resultado da migração da população do campo para a cidade, a temática da música muda, agora retratam a vida da cidade, a vida alienada que esses indivíduos levam nas indústrias, vida moderna. O sertanejo que em seu inicio eraexpressão cultural do individuo do campo, se adapta as “necessidades culturais das massas”, impostas pela Indústria Cultural.
Indústria Cultural é um termo desenvolvido por Adorno e Horkheimer por volta dos anos 40, o termo se refere à mercantilização da arte, como resultado do desenvolvimento capitalista. A Indústria Cultural, segundo esses aurores não tem preocupação nenhuma com odesenvolvimento cultural da sociedade, é uma “arte” produzida para venda.
Gustavo de Moura Bastos em sua monografia: “Jovem música sertaneja: A construção de marcados artistas sertanejos contemporâneos” (2009) expõe os atributos que cantores devam ter para se lançarem no mercado fonográfico. O autor entrevista alguns empresários que financiam esses cantores visando entender o que é necessário para que essesnovos cantores sejam aceitos como “verdadeiros artistas”. Em síntese, é necessário que estes reproduzam aquilo que já estava fazendo sucesso, aquilo que se mostra lucrável no momento.
Algo novo é sempre buscado pela Indústria Cultural, mas um novo que reproduza de forma disfarçada o que já passou. O objetivo desse sempre “novo” se coloca na necessidade de consumir sempre.
Utilizo neste ensaio duasmúsicas que retrata o novo estilo da música sertaneja, o sertanejo universitário. Músicas que fizeram e ainda fazem sucesso entre os jovens:
Camaro Amarelo
Munhoz & Mariano(2012)
Agora eu fiquei doce, doce, doce, doce
Agora eu fiquei do-do-do-do-doce, doce.
Agora eu fiquei doce, doce, doce, doce
Agora eu fiquei do-do-do-do-doce, doce.
E agora eu fiquei doce igual caramelo
Tô tirando onda de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Luis António Verney
  • PORTF LIO INDIVIDUAL LUIS ANTONIO
  • Luis sou eu
  • Luis
  • luis
  • Luis
  • Luis
  • luis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!