Libras

Páginas: 31 (7681 palavras) Publicado: 2 de dezembro de 2014


UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE – UFAC







Trabalho apresentado na Disciplina de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), Curso de Graduação em Letras Inglês. Professora: Aldenora.







Cruzeiro do Sul – AC
02 de Dezembro de 2014

Introdução
O seguinte trabalho tem como objetivo apresentar um olhar sobre da educação dos surdos, na qual é dominado Estudos dos Surdos que seconstitui como um programa de pesquisa em educação, pelo qual as identidades, as línguas, os projetos educacionais, a história, a arte, e as culturas surdas são focalizados e entendidos a partir da diferença/diversidade. E mostrar também que os surdos deveriam ser mais incluídos na sala de aula, pois os mesmos não são deficientes, ou seja, a surdez deve ser entendida apenas como privaçãosensorial, como um mundo e uma vida marcada por uma ausência e não como uma deficiência que priva os alunos surdos dos mesmos direitos de um aluno normal.




















A SURDEZ
Um olhar sobre as diferenças

1. Os Estudos Surdos em Educação: problematizando a normalidade
Carlos Skliar

Introdução ao primeiro olhar: o que muda na educação dos surdos quando se diz quealguma coisa muda?
Tem-se acentuado, nas últimas três décadas, um conjunto novo de discursos e de práticas educacionais que, entram outras questões, permite desnudar os efeitos devastadores do fracasso escolar massivo, produto da hegemonia de uma ideologia clinica dominante na educação dos surdos.
As ideias dominantes, nos últimos cem anos, são um claro testemunho do sentido comum segundo o qual ossurdos correspondem, se encaixam e se adaptam com naturalidade a um modelo de medicalização da surdez, numa versão que amplifica e exagera os mecanismos da pedagogia corretiva, instaurada nos princípios do século XX e vigente até os nossos dias.
A mudança registrada nos últimos anos não é, e nem deve ser, compreendida como uma mudança metodológica dentro do mesmo paradigma da escolarização. O queestão mudando são as concepções sobre o sujeito surdo, as descrições em torno da sula língua, as definições sobre as politica educacionais, a análise das relações de saberes e poderes entre adultos surdos e adultos ouvintes, etc.
Ainda hoje, se percebe a necessidade de uma transformação ao nível das representações que conformam os poderes e os saberes clínicos e terapêuticos. Uma transformaçãoque supõe uma análise aprofundada sobre algumas metanarrativas constituídas como grandes “verdades” ancoradas na educação dos surdos.
O fato de que a educação dos surdos não se atualize em sua discussão educativa pode revelar a presença de um sentido comum que estabelece uma cadeia de significados obrigatórios, como a seguinte: surdos – deficientes auditivos – outros deficientes – educaçãoespecial – reeducação – normalização – integração. Isto é, a pedagogia para surdos se constrói, implícita ou explicitamente, a partir das oposições normalidade/anormalidade, saúde/patologia, ouvinte/surdo, maioria/minoria, oralidade/gestualidade, etc.
Por estas razões, uma nova perspectiva não deveria contentar-se simplesmente com a denúncia do fracasso na sua raiz quantitativa e na sua dimensãoescolar, nem trabalhar somente sobre os mecanismos possíveis para remediá-lo dentro de uma mesma lógica discursiva.

Introdução ao segundo olhar: as representações sobre a surdez podem mudar?
A temática da surdez, na atualidade, se configura como território de representações que não podem ser facilmente delimitadas ou distribuídas em “modelos sobre a surdez”. O mapeamento dessas diferentesrepresentações requereria algo mais do que uma cronologia sequencial e descritiva das concepções.
Por que uma análise desse tipo pode ser importante?
Em primeiro lugar, porque, desse modo, se deixa de pensar numa perspectiva segundo a qual é possível afirmar que existem representações corretas ou incorretas sobre a surdez, e, mais ainda, que elas podem ser, simplesmente, limitadas a categorias de verdade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Libras
  • Libras
  • libras
  • libras
  • libras
  • libras
  • Libras
  • Libras

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!