LESCURE, Odile. 2002. As palavras e as coisas do contato. In: Pacificando os Brancos. Organizado por Bruce Albert.

Páginas: 5 (1175 palavras) Publicado: 13 de maio de 2014
RESENHA
LESCURE, Odile. 2002. As palavras e as coisas do contato. In: Pacificando os
Brancos. Organizado por Bruce Albert.

Resenhista: Margaret Cerqueira.
Arqueóloga e Mestranda em Antropologia Social / UFAM

Neste trabalho, a pesquisadora Odile Renault-Lescure trata de forma
específica as transformações lingüísticas sofridas pelos povos Kali’na da
Guiana Francesa. Sua análise consistenos fatores externos condicionantes
para a mudança do léxico dos Kali’na.
Com o tema “As palavras e as coisas do contato” a autora já torna
explícita a sua ideia que visa entender as denominações dos objetos, como,
também, a influência exercida junto aos Kali’na das culturas que estabeleceram
contato, desde os europeus até os povos que margeiam sua área geográfica.
Em linhas gerais, Lescurediscorre sobre os aspectos socioculturais que
caracterizam três diferentes grupos indígenas.

Esses referidos grupos

reagiram de forma diferente à aculturação, ou à tentativa de aculturação – este
último é estrito aos Matis.
Em menção aos Matis no Brasil, caracteriza-os como povos que não
permitiram nenhuma introdução de aspectos culturais externos. Pois,
mantiveram-se isolados e nãoestabeleceram contato com os colonizadores e
nem com outros povos locais.
Menciona, também, os Maliche do México que foram passivos a
aculturação configurando uma linguagem sincrética, ou seja, uma fusão de
línguas. Pois, acreditavam que agindo assim estariam exercendo uma
influência de conhecimento ou de prestígio, quiçá político.
Quanto

aos

Kali’na,

a

influência

doscolonizadores

franceses,

holandeses e portugueses foi enorme de forma a emprestar palavras e até
mudar a forma e o significado destas.

Numa análise sobre o neologismo ocorrido entre os Kali’na, a autora
discorre acerca da interrelação envolvendo os hábitos sociais e as
necessidades individuais que culminaram numa evolução léxica dos Kali’na.
Diversas foram as conceituações de atribuição dossignificados que os
Kali’na adotaram. Lescure faz deferência à mítica e à ideia sonora, cuja uma
palavra ou fonema tem sua reprodução através da figura de linguagem
onomatopéica.
A autora ressalta que desde a época do contato houve o empréstimo de
palavras para designar os invasores, devido a estranheza dos aspectos gerais
que eram introduzidos nas sociedades nativas. A falta dereconhecimento das
“coisas do contato” forçava os indígenas a modificarem ou ampliarem sua
gramática.
O estudo desses empréstimos revelou uma modificação gradativa dos
fonemas, conforme o contato ia acontecendo, ocorria também uma alteração
sistematizada.
Ao tratar do percurso da denominação, a autora aborda e exemplifica a
dinâmica lingüística sofrida pelos Kali’na. Sendo perceptível a significativaadoção do neologismo por esse grupo, podendo-se referenciar de forma clara
três processos distintos:
a) Criação: Os Kali’na passaram a criar novos signos em decorrência ao
que lhes faltavam para denominar tudo o que estivesse além de seus
conhecimentos;
b) Utilização: Mantiveram as palavras e os significados já existentes e
peculiares à sua cultura;
c) Combinação: Os Kali’na ao se depararemcom o inusitado passaram
a adotar a justaposição de palavras. Isto é, implementaram um
reaproveitamento das palavras conhecidas junto às novas.
No entanto, o processo de empréstimo recorrente entre os Kali’na desde
a época do contato não ficou restrito somente aos europeus. Pois os estudos
lingüísticos convergem para uma influência dos grupos sociais que ladeiam a
região dos Kali’na.
Essesgrupos vizinhos, que também foram escravizados pelos
invasores, contribuíram para a modificação da gramática Kali’na. Auxiliando na
evolução lingüística desses povos.

A análise da evolução lingüística permitiu um mapeamento da dispersão
geográfica desses grupos sociais, bem como a distinção da forma de adoção
dos empréstimos feitos pelos jovens e pelos mais velhos do grupo. Criando...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O contato entre os indios e os brancos na américa
  • O contato entre brancos e indios na américa
  • primeiros contatos de brancos e indios
  • palavra psicologia, in wikipedia
  • Resenha As Palavras e as coisas
  • resenha " As palavras e as coisas de Michel Focault
  • A Palavra Princ Pio Nos Traz A No O De In Cio Junio
  • As Palavras e as Coisas: uma arqueologia das ciências humanas (Michel Foucault)

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!