lativiev

Páginas: 22 (5306 palavras) Publicado: 11 de fevereiro de 2015
REVISTA ELETRÔNICA ARMA DA CRÍTICA | ANO 2: NÚMERO ESPECIAL | DEZEMBRO 2010 | ISSN 1984‐4735

 
 

A CONCEPÇÃO MARXISTA DE EDUCAÇÃO EM LEONTIEV

Edna Bertoldo 1

Resumo
O objetivo deste artigo é analisar a concepção de educação em Leontiev,
integrante da escola da psicologia soviética, que se encontra fundamentada em
Marx. Tomando como fio condutor de sua investigação a categoriaontológica
do trabalho, o autor defende a idéia, segundo a qual, o homem é o sujeito ativo
no processo de apropriação e, para sobreviver, tem que encarnar e
desenvolver em si mesmo as aptidões humanas formadas ao longo da história.
Neste sentido, ele acentua que o processo de apropriação tem como
característica principal a criação de novas aptidões e de novas funções
psíquicas, reservando àeducação uma importância fundamental. Contudo, o
autor entende que o desenvolvimento pleno das capacidades humanas só
poderia se efetivar numa sociedade emancipada e, para isto, é necessário que
se dê a total dissolução do capitalismo.
Palavras-chave: Educação. Trabalho. Pedagogia marxiana.

MARXIST UNDERSTANDING OF EDUCATION IN LEONTIEV
Abstract
The objective of the paper is to analyze theconcept of education according to
Leontiev, a member of the school of Soviet psychology, which is based on
Marx. Electing the ontological category of labor, as the ruling principle of his
investigation, the author defends the idea that man is the active subject in the
process of appropriation, and to survive has to incarnate and develop in himself
the human skills produced throughout history.In this sense, it stresses that the
appropriation process has, as its main characteristic, the creation of new skills
and new mental functions, attributing ascribing to education, a role of
fundamental importance. However, the author considers that the full
development of human capabilities could only be accomplished in an
emancipated society, what requires the total dissolution of capitalism.Keywords: Education. Labor. Marxist pedagogy.
                                                            
1

Professora do Centro de Educação da Universidade Federal de Alagoas - UFAL. Líder do
Grupo de Pesquisa Trabalho, Educação e Ontologia Marxiana, vinculado ao Programa de PósGraduação em Educação da UFAL. E-mail: edna_bertoldo@hotmail.com.

189

REVISTA ELETRÔNICA ARMA DA CRÍTICA| ANO 2: NÚMERO ESPECIAL | DEZEMBRO 2010 | ISSN 1984‐4735

 
 

Introdução

Leontiev, psicólogo russo que nasceu em 1903 e faleceu em 1979,
trabalhou com Vigotski e Luria. Com a sua obra O desenvolvimento do
psiquismo (1978), fornece-nos elementos fundamentais e indispensáveis para
a construção de uma pedagogia na perspectiva marxista. Na referida obra, o
autor retoma a idéiaoriginária de Vigotski acerca da natureza sócio-histórica do
psiquismo humano, colocando-a como eixo central de sua investigação. Em
que consiste tal idéia?
Trata-se de uma concepção, a qual advoga que a natureza e o
desenvolvimento dos processos psíquicos e aptidões humanas resultam da
atividade (Tätigkeit), no sentido marxiano do termo. Isto significa dizer que o
desenvolvimento dos processospsíquicos e aptidões humanas têm sua
explicação fundamental a partir do trabalho que é, em Marx, a categoria que
funda o ser social.
Esta perspectiva teórica se opõe radicalmente àquelas concepções que
se limitam a explicar o desenvolvimento humano a partir dos caracteres
biológicos hereditários. Assim, por exemplo, a explicação dada para a falta de
domínio das habilidades da leitura e da escrita,requeridas pelo processo de
escolarização, é encontrada no próprio indivíduo. Neste sentido, os indivíduos
já nascem com as aptidões requeridas para o seu desenvolvimento, ocorrendo,
porém, que uns conseguem desenvolver mais as suas capacidades e outros
menos. A explicação fundamental para isto residiria nos caracteres biológicos
de cada indivíduo.
Leontiev, consoante com os pressupostos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!