Julgamento

Páginas: 6 (1468 palavras) Publicado: 19 de março de 2015




O JULGAMENTO
DISCUTINDO SOBRE


LINHA DE PENSAMENTO
O que significa julgar?
Quem tem o direito de julgar?
Como é que se deve julgar?
Como seria a nossa vida sem o julgamento entre nós mesmos?



Este trabalho é resultado da compilação de alguns Estudos Bíblicos pela internet.
O co-autor agradece previamente pelas suas opiniões visando a melhoria dos conteúdos apresentados.
E-mail:fabião.manhique@gmail.com
Facebook: Fabião Manhique




O presente trabalho emerge da curiosidade do irmão Belmor de Jesus
(da Igreja Metodista, na discussão do tema RESGATANDO OS OUTROS DO FOGO)
Que desejava compreender em quê consistira o julgamento descrito em
Mt. 7:1-2 e é dedicado a quem cujo coração deseja conhecer a Deus.

Xai-Xai; Janeiro de 2015
1. O QUE SIGNIFICA JULGAR?

Etimologicamente, apalavra «julgar» vem do latim «judicare» e significa «decidir, resolver como juiz ou como árbitro; pronunciar sentenças»1.
No português coloquial, julgar significa «avaliar; formar opinião sobre algo ou alguém; sentenciar; condenar; criticar, reputar»2.
No nosso quotidiano, nós usamos a palavra julgar como sinónima das palavras aqui apresentadas.
Ora vejamos:
«Devemos julgar um homem mais pelas suasperguntas que pelas suas respostas (Voltaire).»
Nesta frase, podemos compreender que a palavra julgar tem o sentido de avaliar, formar opinião sobre alguém.
Porém, na frase «Nunca devemos julgar as pessoas que amamos. O amor que não é cego, não é amor (Honoré de Balzac).», a palavra julgar toma o sentido de condenar, criticar (dar uma opinião negativa sobre alguém).
Ora, se no uso quotidiano, estapalavra demonstra ser polissémica3, será que no contexto bíblico ela teria um só sentido? Que significado tem esta palavra no contexto bíblico?

Para que possamos entender que conotação a palavra «julgar» merece, segundo a recomendação de Jesus Cristo, vamos recorrer à Bíblia Sagrada, na qual analisaremos os trechos que tratam do assunto.
Importa referir que, para a compreensão da nossa análise(com a qual você poderá concordar ou dela discordar), você terá que ler cuidadosamente o capítulo no qual os versículos citados encontram-se; pois, se desta sorte não for, você corre o risco de ter um entendimento incompleto ou mesmo errado da mensagem que se pretende transmitir. Efectivamente, ainda que um versículo possa ser combinado com um outro (que esteja num outro livro), é necessário que seentenda o contexto no qual ele aparece, de forma que o sentido do mesmo seja ganho.
Nas próximas páginas, poderemos compreender o que Jesus pretende dizer com a bem conhecida Palavra «Não julgueis, para que não sejais julgados (Mateus 7:1).»




2. É ERRADO JULGAR O OUTRO?

O juízo é um dos atributos de Deus, no que concerne ao Seu carácter. É algo próprio de pessoa; daquele que tem a capacidadede pensar e de sentir. O homem, portanto, tendo sido feito à imagem e semelhança de Deus, tem esta capacidade. Em outras palavras, tanto a pessoa de Deus quanto a pessoa humana têm a capacidade de julgar. Todavia, isso não coloca o homem em igualdade com Deus. Efectivamente, enquanto o juízo do homem sofre falhas, o de Deus é recto e perfeito. Podemos confirmar a falência da justiça humana noscasos em que o juiz (do tribunal) ordena a prisão de um inocente e livra, da prisão, um malfeitor, pelo que as provas do crime apontam para o inocente.
De facto, toda a pessoa humana tem o poder de julgar, porém esse julgamento tem limites, pois nem o homem nem o seu julgamento são perfeitos. Só Deus, perfeito em seu todo, tem a total liberdade de julgar.
Agora tentaremos compreender a noção queJesus procura nos transmitir sobre o julgamento.

A Bíblia Sagrada dá-nos detalhes suficientes para que compreendamos em que consiste o julgamento que Jesus nos propõe.

Mas antes de tudo, pense novamente na nossa questão principal: é errado julgar o outro?
Comparemos as seguintes passagens bíblicas:
A. Mateus 7:1-5
Não julgueis, para que não sejais julgados.
Porque, com juízo com que julgardes,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • julgamento
  • o julgamento
  • o julgamento
  • O julgamento
  • Julgamento
  • Julgamento
  • Julgamento
  • julgamentos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!