Glicogenese

Páginas: 5 (1190 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013
Gliconeogênese

Introdução:

A gliconeogênese é a síntese de glicose a partir de compostos como lactatalanina e glicerol, com o consumo de ATP. É realizada nas células hepáticas, e o ATP utilizado é proveniente principalmente da oxidação de ácidos graxos. Com a glicólise e a gliconeogênese são vias praticamente opostas, e que compartilham a maioria de suas enzimas, é necessário que umafuncione quando a outra estiver inativada. Alguns tecidos, como o encéfalo, os eritócitos, a medula renal, o cristalino e a córnea, ostestículos e o músculo esquelético em exercício, requerem suprimento contínuo de glicose. Durante as primeiras 10 a 18 h de jejum, o glicogênio hepático e a principal fonte de carboidratos, mas quando o jejum é prolongado, a glicose passa a sersintetizada a partir do de outros precursores como lactato, piruvato e glicerol (derivado do triacilglicerol) e aminoácidos glicogênicos.   A gliconeogênese pode ser definida como a síntese da glicose a partir de substâncias não glucídicas. Esta via ocorre no fígado e nos rins. Desta forma, quando o suprimento de glicose pela dieta ou por dificuldade de absorção da glicose pelas célulasestiver inadequado, a glicose será produzida endogenamente pela via da gliconeogênese. A gliconeogênese, a formação de novas moléculas de glicose a partir de precursores não-carboidratos, ocorre no fígado. Em certas situações, como acidose metabólica ou inanição, os rins também sintetizam glicose. Os precursores não-glicídicos incluem lactato, piruvato, glicerol e cadeias carbonadas da maioriados aminoácidos. Entre as refeições, os teores adequados de glicose sangüínea são mantidos pela hidrólise do glicogênio hepático. Quando o fígado esgota seu suprimento de glicogênio (exemplo, jejum prolongado ou exercício vigoroso), a gliconeogênese fornece a quantidade apropriada de glicose para o organismo. O cérebro e os eritrócitos, utilizam a glicose como fonte primária de energia.Sob circunstâncias especiais, as células do cérebro também usam corpos cetônicos (derivados dos ácidos graxos) para gerar energia. O músculo esquelético em exercício, emprega a glicose a partir do glicogênio em combinação com ácidos graxos e corpos cetônicos para obter energia.


Ciclo de Cori:

O lactato produzido no músculo esquelético em exercício é liberado no sangue. No ciclo de Cori,a glicose oriunda do sangue é convertida, pelo músculo em exercício em lactato, que será difundido para o sangue. Esse lactato é captado pelo fígado e reconvertido em glicose, pela via da gliconeogênese, que é liberda de volta para a circulação.
 
A gliconeogênese inicia com a transformação de alanina e lactato em piruvato (alanina aminotransferase e lactato desidrogenase), que entra namitocôndria através de uma translocase. A partir daí, existem 3 etapas da glicólise que são modificadas.
Etapa1: conversão de piruvato a fosfoenolpiruvato.
Na glicólise, esta etapa ocorre em apenas uma reação, já na gliconeogênese, ocorre em duas reações, a primeira que transforma piruvato em oxaloacetato (será é mandando para fora da mitocôndria através de uma lançadeira), através da piruvato quinase(que contém biotina), e a segunda que transforma oxaloacetato em fosfoenolpiruvato, através da fosfoenolpiruvato carboxilase.
O fosfoenolpiruvato se transforma em frutose 1,6-bisfosfato.
Etapa 2: conversão de frutose 1,6-bisfosfato a frutose 6-fosfato, através da frutose 1,6-bisfosfatase.
Etapa 3: conversão de glicose 6-fosfato a glicose, através da glicose 6-fosfatase.

Regulação
A velocidadeda gliconeogênese é afetada principalmente pela disponibilidade de substratos, efetores alostéricos e hormônios.
Dietas ricas em gorduras, a inanição e o jejum prolongado elevam as concentrações de lactato, glicerol e aminoácidos e estimulam a gliconeogênese.
  A glicose sanguínea se mantém em concentração ao redor de 100mg/dl, aceitando-se como normais variações de até 20% para cima ou para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Glicogenese
  • Glicogênese
  • glicogenese
  • Glicogênese
  • Glicogênese
  • glicogenese
  • Glicólise e glicogênese
  • Glicogenese e gliconeogenese

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!