Fisiologia no endurance

Páginas: 14 (3394 palavras) Publicado: 10 de maio de 2014
Introdução
Os efeitos do treinamento de endurance podem ser descritos em relação às adaptações sistêmicas, bioquímicas e no tipo de fibra muscular, e tecido conjuntivo (FOSS & KTEYIAN, 2000). Todas essas adaptações estão envolvidas com o aumento da capacidade do músculo em gerar ATP (MCARDLE, KATCH & KATCH, 1998; FOSS & KETEYIAN, 2000; POWERS & HOWLEY, 2000; WILMORE & COSTILL, 2001).
Assim, ainvestigação tem como objetivo principal identificar o processo fisiológico ao treinamento com exercícios de endurance e o estímulo específico responsável por desencadear esse processo.























Mecanismo mitocondrial de produção de energia

A produção de ATP ocorre no interior das mitocôndrias e envolve duas vias metabólicas cooperativas o Ciclo doÁcido Cítrico (Ciclo de Krebs), e a Cadeia de Transporte de Elétrons (Cadeia Respiratória) (POWERS & HOWLEY, 2000).
O Ciclo do Ácido Cítrico tem como objetivo principal terminar a oxidação de carboidratos, lipídios e proteínas (POWERS & HOWLEY, 2000). É iniciado com o Piruvato originário principalmente como um produto da glicólise dos carboidratos no citoplasma, e produz CO2 e elétrons que sãolevados à Cadeia Respiratória para a produção aeróbia de ATP (POWERS & HOWLEY, 2000).
O exercício, segundo Powers e Howley (2000), representa um desafio às vias de produção de energia do músculo exercitado, indicando que "durante um exercício intenso o gasto energético total do organismo pode ser de quinze a vinte e cinco vezes o gasto energético de repouso". Essa maior produção de energia provêATP para os músculos em atividade (FOSS & KETEYIAN, 2000; POWERS & HOWLEY, 2000).

Efeitos fisiológicos no treinamento de endurance

Os efeitos do treinamento de endurance podem ser descritos em relação às adaptações sistêmicas, bioquímicas e no tipo de fibra muscular, e, tecido conjuntivo (FOSS & KTEYIAN, 2000). Todas essas adaptações estão envolvidas com o aumento da capacidade do músculoem gerar ATP (MCARDLE, KATCH & KATCH, 1998; FOSS & KETEYIAN, 2000; POWERS & HOWLEY, 2000; WILMORE & COSTILL, 2001).
Assim as adaptações bioquímicas podem ser destacadas pela maior concentração de mioglobina, melhorando o fornecimento de oxigênio para as mitocôndrias. Wilmore e Costill, (2001) e Foss e Ketryian (2000), citando Molé, Oscai e Holloszy (1971), indicam que o treinamento deendurance revelou incrementar o conteúdo muscular de mioglobina de 75% a 80%. Uma oxidação mais eficiente de glicogênio, por conta de um aumento no tamanho das mitocôndrias (COSTILL et al 1976; GOLLNICK & KING, 1969; HOLLOSZY, 1967) e da atividade máxima das enzimas oxidativas (GREEN, et al, 1992; GREEN, et al, 1991; HOPPELER et al, 1973; BARNARD, EDGERTON & PETER, 1970; BENZI et al, 1975; DAVIES, PACKER& BROOKS, 1981). E uma oxidação, também, mais eficiente dos lipídios (GOLLNICK, 1977; MOLÉ, OSCAI & HOLLOSZY, 1971; OSCAI, WILLIAMS & HERTIG, 1968), devendo-se basicamente a maiores estoques lipídicos musculares encontrados em humanos após o treinamento de endurance (HOPPELER, 1973; TAYLOR, 1975), contribuindo para o melhor desempenho de endurance, com a preservação de glicogênio (BORENSZTAJN etal 1975; COSTILL et al 1977; HICKSON, 1977).
As alterações sistêmicas podem ser resumidas em uma hipertrofia cardíaca, com maior cavidade ventricular, maior volume sistólico, por uma maior capacidade de enchimento do ventrículo esquerdo, menor freqüência cardíaca, aumento do volume sanguíneo e na concentração de hemoglobina, e uma maior densidade capilar (WILMORE & COSTILL, 2001; FOSS & KETEYIAN,2000; MCARDLE, KATCH & KATCH, 1998).
Enfim, as adaptações ocasionadas pelo treinamento de endurance favorecem uma transição mais rápida entre o estado de repouso e o exercício (POWERS & HOWLEY, 2000).
Muitas dessas adaptações estão sustentadas em alterações bioquímicas e estruturais da célula muscular. Nesse ponto, alterações típicas ao treinamento de endurance, são as sofridas pelas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A saga do endurance
  • A Odisseia do Endurance
  • fisiologia
  • Fisiologia
  • Fisiologia
  • Fisiologia
  • Fisiologia
  • Fisiologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!