Financas Internacional

Páginas: 61 (15012 palavras) Publicado: 17 de junho de 2015


Inserção Internacional: formação dos conceitos brasileiros*
 
 
José Flávio Sombra Saraiva
Professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília UnB, diretor-geral do Instituto Brasileiro de Relações Internacionais – IBRI e bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq
 
 
Eis uma criativa reflexãonacional, essencial às comemorações que se aproximam do centenário da disciplina dedicada ao estudo das relações internacionais. O livro de Amado Luiz Cervo inova ao sistematizar conhecimento brasileiro essencial à formação de conceitos em relações internacionais.
O argumento central do autor é que o Brasil, ao lado de uma dezena de países, propõe conceitos próprios a essa área do conhecimento, tantoquanto próprias são as concepções dos demais centros de produção científica para o estudo das relações internacionais em outras regiões do mundo. A espinha dorsal do livro situa-se no diálogo do pensamento brasileiro com os conhecimentos disponíveis na conformação epistemológica da disciplina. Situa Cervo o Brasil como uma nação de experiência singular ao fazer "de si idéia própria do papel adesempenhar no mundo". Utilíssimo à grande área voltada para o estudo dos vínculos entre sociedades nacionais e o meio internacional, o autor se inspira no ambiente acadêmico brasileiro e latino-americano, e também na história acumulada pela prática diplomática brasileira bem como pela trajetória do Estado nacional.
Para Cervo, um feixe de conceitos articulados a um objeto fornece base para uma teoria.Daí o livro ser, de fato, uma obra com ambição teórica. Em um país que, nos anos 1990, tanto se acostumou a copiar teorias alheias e aplicá-las, de forma pouco crítica, à experiência internacional do Brasil, a contribuição do grande scholar brasileiro é um marco na sistematização para fins aplicativos do pensamento brasileiro de relações internacionais. O título já indica o rumo da obra aoreivindicar o conceito de inserção internacional, urdido e irradiado a partir da experiência brasileira, mas também em parte da América Latina.
Apesar de antecedentes que remontam a Tucídides, as relações internacionais se estabeleceram como disciplina acadêmica apenas no século XX, abalado pela guerra de 1914-1918 e por internacionalização econômica, política e cultural. Da crise da hegemonia européia àformação da Guerra Fria, passando pela planetarização da vida internacional, foram esses contextos que moldaram a nova área científica, institucionalmente organizada desde universidades européias e norte-americanas.
O léxico e a formação dos conceitos hegemônicos da disciplina, em grande parte, emanaram de referências históricas do nosso tempo: o impacto da dualidade guerra e paz, o peso dainternacionalização inédita de regras e valores, a força dos interesses que passaram a vigorar, os desafios das políticas exteriores dos Estados nacionais, a inovação da ampliação de atores internacionais, as dimensões culturais e identitárias para além do realismo clássico ou do internacionalismo liberal.
A produção de conceitos na área de relações internacionais foi, portanto, controlada pelo quadroreferencial e cultural que reproduziu e manteve o controle hegemônico do mundo. Vejam-se as teorias norte-americanas e seus limites cognitivos para o entendimento das novas dinâmicas globais do início do século XXI.
A maneira pela qual a obra de Cervo é encaminhada corre contra a obsoleta importação do abecedário teórico que nutre grande parte das escolas brasileiras de relações internacionais emfavor do esforço de pensar as relações internacionais contemporâneas desde o Brasil. Apresenta um livro típico da maturidade dos mestres, com os pés firmes na experiência brasileira de acumulação de idéias e conceitos voltados para a inserção internacional do país. Seu esforço, no entanto, não se inscreve no ambiente do nacionalismo teórico. Ao contrário, é proposta de alcance largo e grande...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • Finanças Internacionais
  • finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • financas internacionais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!