Farmacologia

Páginas: 9 (2145 palavras) Publicado: 12 de novembro de 2014
Universidade Norte do Paraná
UNOPAR
Mônica da Trindade Salgado Guimarães

Filosofia da Educação e Pensamento
Pedagógico

MANHUAÇU-MG
2014

Filosofia da Educação e Pensamento Pedagógico
O presente artigo se inscreve no contexto de uma investigação mais ampla que analisa a
questão dos fundamentos da educação brasileira com pretensão de educar para a
democracia, formulada ao longo doséculo XX, verificando a base filosófica e a forma de
práxis educativa sugerida para viabilizar o discurso pedagógico enunciado. Neste artigo
procedo a análise do papel de Anísio Teixeira para a configuração do ideal de educação
para a democracia através da escola. Anísio Teixeira é um dos ícones do movimento
escolanovista no Brasil do século XX, com forte atuação no cenário educacionalbrasileiro
enquanto intelectual e também como gestor de sistemas educacionais, implicado em
organizar formas práticas de viabilizar as suas ideias. O estudo de caráter bibliográfico
verificou a influência do pragmatismo americano e do liberalismo na formação das ideias
de Anísio Teixeira, bem como procede a discussão sobre as formas pedagógicas que o
autor propõe para viabilizar o ideal de educarpara a democracia através da escola. O
estudo analisa, ainda, as críticas que o pensamento de Anísio Teixeira recebeu e pondera
sobre as chances e o vigor do seu pensamento pedagógico no cenário educacional.
Anísio Teixeira e a Escola Progressiva
Anísio Teixeira integra o grupo dos educadores que produziram o célebre "Manifesto dos
Pioneiros da Educação Nova", de 1932. Esse grupo entendia nãohaver outra prioridade a
ser enfrentada dentre os problemas nacionais do início do século XX que não fosse o
grave problema da educação. Para o enfrentamento desta necessidade, cabia uma ação
decisiva do Estado em favor da escola pública, gratuita, obrigatória e leiga.
Especificamente sobre o movimento da escola nova, ou escola progressiva, como
preferem Dewey e Anísio Teixeira, podemosidentificar, ainda conforme Luzuriaga (1984,
p. 228, 229) quatro etapas ou momentos principais:
• o da criação das primeiras escolas novas na Europa e nos Estados Unidos: em 1889 e
1893 foram criadas duas escolas na Inglaterra; em 1898 foi criada uma na Alemanha e
outra na França; e, em 1896, fundada por John Dewey, foi criada uma em Chicago,
Estados Unidos;
• o da formulação das novas ideias outeorias da educação nova, entre 1900 e 1907, na
qual se desenvolvem as duas principais correntes pedagógicas, uma baseada no
pragmatismo ou instrumentalismo de John Dewey e a da escola ativa ou do trabalho, com
as reformas do ensino feitas por Kerschensteiner, na Alemanha;
• o da criação e publicação dos primeiros métodos ativos, que vai de 1907 a 1918, quando
surgem os métodos de M
ariaMontessori, em Roma, o método dos Centros de
Interesse, de Decroly, em Bruxelas, o Plano Dalton e o Método de Projetos, de William
Kilpatrick;
• o da difusão, consolidação e oficialização das ideias e métodos da nova proposta de
educação, que se desenvolve a partir de 1918. Nesta etapa, surgem outras contribuições,

como as de Cousinet e Freinet e surgem, também, reformas escolares que adotam oideário escolanovista em vários países europeus.
Em particular a partir da Reforma Educacional advinda da LDB 9394/96, fortemente
marcada pela influência construtivista, vários elementos da escola nova, como o trabalho
com projetos, são retomados e atualizados.
As escolas progressivas adornam uma ideologia democrática, progressista de cunho
liberal, ligadas a uma concepção fortementeindividualista (aqui entendida no sentido de
radicalmente individualizante) do sujeito humano, focada na autonomia e na possibilidade
pessoal de escolha, fato que, para Dewey, traduzia a verdadeira liberdade. Tornar a
escola mais adequada à sociedade moderna trouxe para a escola progressiva, conforme
relata Franco Cambi (1999, p. 526-527), algumas características próprias como o
puericentrismo,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Farmacologia
  • Farmacologia
  • Farmacologia
  • farmacologia
  • FARMACOLOGIA
  • Farmacologia
  • Farmacologia
  • Farmacologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!