farmacia

Páginas: 31 (7527 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Jornal de Pediatria
Print version ISSN 0021-7557
J. Pediatr. (Rio J.) vol.83 no.2 suppl.0 Porto Alegre May 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572007000300004
ARTIGO DE REVISÃO



Dengue e dengue hemorrágico: aspectos do manejo na unidade de terapia intensiva





Sunit SinghiI; Niranjan KissoonII; Arun BansalI

IThe Department of Pediatrics, Advanced Pediatrics Centre,Postgraduate Institute of Medical Education and Research, Chandigarh, India
IIThe Department of Pediatrics, Acute and Critical Care Program, University of British Columbia, Canada

Correspondência





RESUMO

OBJETIVOS: Descrever a epidemiologia, as características clínicas e o tratamento do dengue e das síndromes do choque associadas ao dengue.
FONTES DOS DADOS: Para esta revisãode literatura, foi feita uma pesquisa no Pubmed e nos websites da Organização Mundial da Saúde (OMS) e OPAS usando os termos dengue e síndrome do choque associada ao dengue. A informação foi complementada com a experiência pessoal dos autores.
SÍNTESE DOS DADOS: O dengue é a mais importante doença viral transmitida por artrópodos em seres humanos. A doença se manifesta de diversas formas,variando desde uma síndrome viral não-diferenciada até febre hemorrágica e choque grave. O dengue é uma enfermidade autolimitada, não específica, caracterizada por febre, cefaléia, mialgia, e sintomas constitucionais. As formas mais graves (febre hemorrágica e síndrome do choque) podem levar a um comprometimento multissistêmico e ao óbito. O diagnóstico precoce e um acompanhamento contínuo doagravamento e da resposta ao tratamento são necessários em todos os casos. A OMS recomenda uma abordagem escalonada para o manejo, adequada para as formas mais leves e para o choque precoce. Nas formas mais graves, é preciso uma abordagem agressiva de reanimação com fluidos e de suporte à falência de órgãos em pacientes em estado crítico. As pesquisas sobre as diferenças fisiopatológicas entre o choque dodengue e o choque séptico, seleção de fluidos, agentes inotrópicos e técnicas de suporte a órgãos podem beneficiar os pacientes em estado crítico.
CONCLUSÕES: Não há uma terapia específica para infecções causadas pelo dengue. Um bom tratamento de suporte pode salvar vidas mas, em última análise, as iniciativas de controle do vetor e de prevenção contra picadas do mosquito podem trazer os maioresbenefícios.

Palavras-chave: Febre dengue, sepse, choque, choque hemorrágico, infusão de líquidos.





Introdução

O dengue é uma doença transmitida por um mosquito e é causado por um dos quatro sorotipos dos vírus do dengue. Os sintomas vão desde febre e sintomas constitucionais leves até manifestações hemorrágicas e choque, ou dengue hemorrágico/síndrome do choque associada aodengue (DH/SCD). O dengue clássico é uma enfermidade autolimitada, não específica, caracterizada por febre, cefaléia, mialgia, e sintomas constitucionais. O DH é um quadro clínico mais sério. Ele surgiu entre crianças no Sudeste Asiático na década de 1950 e desde então se transformou num grave problema de saúde pública mundial, sendo uma importante causa de morbidade e mortalidade pediátrica. Ascrianças acometidas pela doença precisam de acompanhamento cuidadoso. A fluidoterapia representa um desafio e precisa de constantes modificações. Outras complicações, tais como desconforto respiratório devido a intenso derrame pleural, disfunção do miocárdio, sangramento intenso e falência múltipla dos órgãos, inclusive síndrome de desconforto respiratório agudo, falência hepática aguda e falência renalaguda podem representar risco de vida e necessitam de atenção na unidade de tratamento intensivo pediátrica (UTIP).



Incidência global

A prevalência mundial do dengue cresceu dramaticamente nas últimas décadas. A doença tornou-se endêmica em 112 países da África, das Américas, da Região Leste do Mediterrâneo, do Sudeste Asiático e do Pacífico Ocidental. A OMS calcula que 40% da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Farmacia
  • Farmacia
  • farmacia
  • Farmacia
  • Farmácia
  • Farmacia
  • Farmacia
  • Farmacia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!