Exixtencialismo

Páginas: 10 (2282 palavras) Publicado: 15 de maio de 2013
O existencialismo
Introdução . O Existencialismo difundiu -se como o pensamento mais radic al a respeito do homem na époc a conte mporânea. Surgiu em me ados do século XIX com o pensador dinamarquês Kierkegaa rd e alc ançou seu apogeu após a Segunda Grande Guerra, nos anos 50 e 60 , com Heidegger e Je an-Paul S art re. A corrente existencialista assimilou ainda uma influência da fenomenologiacuja figura principal, Husserl , já citado, propõe a descri çã o dos fenômenos tais como eles parecem ser, sem nenhum pressuposto de como eles sejam na verdade. Par a o existencialismo, a fenomenologia de Husserl significou um interesse novo no fenômeno da consciência. Reunindo as sínteses do pensamento de cada um dess es filósofos podemos listar os postulados principais dessa corrent e filosóficaque são: 1. A primeira é o ser humano enqua nto indivíduo, e não com as teo rias gerais sobre o homem. Há uma preo cupação com o sentido ou o obje tivo das vidas humanas, mais que com verdades científicas ou metafísicas sobre o universo. Assim, a experiência interior ou subjetiva - e aí está a influência da fenomenologia - é co nsiderada mais important e do qu e a verdade "obj etiva", um fundamento i gual à da filosofia oriental. 2. O ho mem não foi planejado por alguém para uma finalidade, como os objetos que o próprio homem cria, m ediante um proj eto. O hom em se faz em sua própria existência. 3. O mundo, como nós o conhec em os, é irracional e absurdo, ou pelo menos está além d e nossa total co mpreensão; nenhuma explicação final pode ser dad a par a o fato de ele ser da maneira que é;4. A falta de sentido, a liberdade consequente da indeterminação, a ameaç a perm anente de sofrimento, da origem à ansiedade, à descren ça em si mesmo e ao desespero ; há uma ênfase n a liberdade dos indivíduos como a sua prop riedade human a distintiva mais importante, d a qual não pode fugir. Kierkegaard . O dinamarquês Soren Aabye Kierkegaard (1813-1855), encontra sua posição filosófica aoinsurgir -se contra posições aristotélicas remanescen tes na filosofia, o que faz opondo -se à filosofia de Hegel (17 70 1831). Kierkegaard não só rejeitou o de terminismo lógico de Hegel (tudo está logicamente predeterminado para a contec er) como sustentou a importância suprema do indivíduo e das suas escolhas lógicas ou ilógicas. Kierkegaard contribuiu com a ideia original do existencialismo deque não existe qualquer prede terminaç ão com respeito ao homem, e que esta indeterminação e liberdad e levam o homem a um a perm anent e angústia. Segundo Kierkegaard, o homem tem diante d e si várias opções possíveis, é inteiramente livre, não se conforma a um predete rminismo ló gico, ao qual, segundo Hegel, estão submetidos todos os fatos e também as açõ es huma nas. A verdade não é encontr adaa trav és do raciocínio lógico, mas segundo a paixão que é colocad a na afirmaç ã o e sustent ação dos fatos: a verda de é subjetividade. A consequência de ser a verdade subjetiva é que a liberdade torna-se ilimitada. Consequentement e não se pode, também, fazer qu alquer afirmativa sobre o homem. O p ensamento fundament al de Kierkega ard, e que veio a se constituir em linha mestra doExistencialismo, é este: inexiste um

projeto básico, para o hom em verdad eiro, uma essência definidora do homem porque cad a um se define a si mesmo e assim é uma ve rdade para si. Daí o moto conhecido que sintetiza o pensamento existencialista: "no homem, a existência prec ed e a essência" . No caminho da vida há várias direçõe s, vários tipos de vida a escolher, dentro de três escolhas fundamentais: omodo de vida estético, do indivíduo que não busca senão gozar a vida em cada momento; o modo ético, do indivíduo que é maquinalmente corre to com a família e devotado ao trab alho, e o modo religioso dentro de uma consciência de fé. A liberdade, segundo ele, gera no homem a angústia que pode lev á -lo, de várias formas, ao desespero Ent ão, cada de cisão é um risco, o que dei xa a pessoa m...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!