Estudo de Caso

Páginas: 5 (1194 palavras) Publicado: 30 de julho de 2013
1. ANALISE DE PLANEJAMENTO DE CAMPANHA

SINÔNIMOS, é a mais recente campanha lançada pela SEDEX e que será analisada neste estudo. Ela trabalha com uma brincadeira semântica das palavras, mostrando como algumas marcas são tão admiradas que se tornam sinônimos de toda a categoria. A campanha tem como objetivo reforçar a liderança no mercado e salientar a qualidade da marca.
2. CAMPANHASELECIONADA

Campanha SINÔNIMOS da marca SEDEX.  “Quando uma marca vira sinônimo do que faz, não adianta chamar de outro nome.”

3. FICHA TÉCNICA

Agência: Artplan 
Cliente: Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos
Aprovação no Cliente: Graziela Cavaggioni, Maria Laurência Mendonça, Ronaldo Takahashi, Lenize Baseggio, Danielle Aguiar e Antônia Silva
Direção Nacional de Criação: RobertoVilhena
Direção de Criação: Alessandra Sadock e Gustavo Tirre
Criação: Alessandra Sadock, Gustavo Tirre, Eduardo Ferraz e Augusto Correa.
Direção de Atendimento: Flávia Freire
Equipe Atendimento: Ana Carolina Malta e Dilma Lima
Planejamento: Marco Antônio Vieira Souto e Marcelo Sembongi
Gerência de Mídia: Daniele Abreu
Equipe Mídia: Adriana Nina e Lidiana Maciel
RTV: Ana Ourique
Produção:Debora Moura, Kássia Borges, Elaine Vilar e Felipe Cunha
Produtora de Vídeo: Fulano Filmes
Produtora de Áudio: Sonido
Diretor do Filme: René Sampaio
4. A IDEIA

A ideia chave para essa campanha é utilizar a percepção do público quanto à associação de marcas que se tornam sinônimo de sua categoria, e reforçar que a marca SEDEX também faz parte desse nicho. Pois é muito comum no dia a dia autilização desses sinônimos na identificação de alguns produtos, como Durex, Cotonetes, entre vários outros.
5. LINHA CRIATIVA
O desafio principal das peças é mostrar que quando a marca é tão conhecida e admirada passa a ser sinônimo de sua categoria de atuação. A linha criativa adotada é brincar com a semântica das palavras, utilizando em todas as peças da campanha essa ferramenta para aguçar apercepção do público, reforçando a liderança em um mercado concorrencial e a qualidade da marca.
6. TIPO DE CAMPANHA
Tipo de campanha mercadológica, pois se trata de um serviço oferecido pelos Correios, onde seu objetivo é transforma-lo em “sinônimo” dentro do segmento de atuação de entregas urgentes.
7. CRIAÇÃO DAS PEÇAS

Todas as peças amarram o conceito de linkar categoria do produto à marca,utilizando alguns exemplos já fortemente estabelecidos como: Cotonetes, Band Aid, e Post it.




8. MÍDIAS UTILIZADAS

As mídias utilizadas para veiculação das peças foram: Revista, Jornal, Mídia exterior, Rádio e Peças para Web.
9. PÚBLICO ALVO

Toda e qualquer pessoa que necessite de envio e recebimento de objetos ou correspondências urgentes.
Com aumento significativo de comercioonline, o SEDEX também se tornou uma ferramenta indispensável para compra e venda de produtos de diferentes segmentos pela internet, tendo em vista que por ser um serviço com muita credibilidade, agrega valor e confiabilidade, pois na concepção do público em geral, se for enviado por SEDEX a compra ou venda é legítima, e será entregue de fato.

10. ESTRATÉGIAS

A estratégia usada para a campanhaSinônimo é fazer com que o público associe encomendas expressas com SEDEX, tornando por si só a marca que “é” o serviço prestado. Para isso a peça principal, que é o vídeo, mostra um homem chamando diversos itens por seus nomes técnicos. Contudo. Quando ele precisa enviar uma encomenda expressa, chama por SEDEX.
O foco principal não é consolidar a velocidade da entrega e a qualidade do serviço,pois isso já está consolidado pelo público, e sim ser única dentro das marcas existentes no mercado.

11. SITUAÇÃO DO ANUNCIANTE E CENÁRIO DE MERCADO

Os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663 e, desde então, vêm se modernizando, criando e disponibilizando serviços de qualidade que correspondam às expectativas dos seus clientes.
A empresa realiza importante função...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ESTUDO DE CASO: “CASO PINHEIRINHO”
  • Estudo de caso
  • Estudo de caso
  • Estudo de caso
  • Estudo de caso
  • estudo de caso
  • Estudo de caso
  • ESTUDO DE CASO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!