esquizofrenia

Páginas: 8 (1764 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014



História e Conceito
Em 1.851, pela primeira vez, Morel (psiquiatra) utilizou o termo demência precoce para descrever uma forma de perturbação mental que se iniciava na adolescência e terminava com o enfraquecimento mental. Em 1.863, Kahlbaum chamou de hebefrenia uma síndrome que se desenvolvia na puberdade e conduzia rapidamente á loucura, e mais tarde, denominou catatonia umamanifestação cíclica com sintomas motores e crises de excitação ou depressão.
O psiquiatra alemão Emil Kraepelin foi quem permitiu diferenciar-se a síndrome esquizofrênica e outras alterações psíquicas (como por exemplo, a psicose maníaco-depressiva e a demência dos idosos, mais tarde denominada doença de Alzheimer). Reuniu o conjunto de sintomas de uma perturbação mental profunda a qual denominou demênciaprecoce.
Nas décadas de 60 e 70 do século 20, Kurt Schneider, assim como Bleuler, estava interessado em identificar os sintomas da esquizofrenia. Na maioria dos pacientes o início é insidioso e caracteriza-se por uma mudança no padrão de interação social e de afeto.
Epidemiologia
A epidemiologia estuda a distribuição das doenças nos grupos populacionais quanto a sua magnitude e natureza,procurando investigar seus fatores determinantes na etiologia e prognóstico.
A epidemiologia da esquizofrenia parte de dificuldades importantes. Para o cálculo da frequência da esquizofrenia na população, deve-se considerar o número de doentes e a população, deve-se considerar o número de Habitantes da área sendo avaliada, em determinada faixa etária. Na estimativa da frequência de casos comdiagnóstico de esquizofrenia, deve se ter claro quem deve ser considerado como suspeito. O critério diagnóstico adotado deve ser explícito, podendo-se trabalhar simultaneamente com critérios mais abrangentes e mais restritos, porque há uma possibilidade de o termo abranger um grupo de transtornos mentais com etiologia diferente. Alguns trabalhos epidemiológicos contam seus casos a partir dos serviços deatendimento e outros são desenvolvidos na comunidade contando-se ou não os pacientes eventualmente institucionalizados. No que se refere às estimativas populacionais, há problemas na comparação quanto à credibilidade de censo dos pais e do impacto dos movimentos migratórios nas estimativas do crescimento populacional. Os estudos epidemiológicos que originam estimativas de prevalência e incidênciadiferem, portanto, quanto ao rigor metodológico empregado, devendo-se priorizar os estudos prospectivos, que se preocupam em identificar todos os casos numa população definida e que aplicam critérios diagnósticos múltiplos, possibilitando uma maior capacidade de comparação.
Critérios Diagnósticos da Esquizofrenia
Sintomas:
Eco do pensamento, inserção ou roubo do pensamento, irradiação dopensamento.
Delírios de controle, influência ou passividade, claramente referindo-se ao corpo ou movimentos dos membros; ou pensamentos específicos, ações, sensações e percepções delirantes.
Vozes alucinatórias comentando o comportamento do paciente ou discutindo, entre elas, sobre o paciente; ou outros tipos de vozes alucinatórias vindo de outras partes do corpo.
1. Delírios
2. Alucinações
3.Discurso desorganizado
4. Comportamento amplamente  desorganizado ou catatônico
5. Sintomas negativos (embotamento afetivo, alogia ou evolição)
Obs.: apenas um sintoma é necessário se os delírios são bizarros ou as alucinações consistem de vozes que comentam o comportamento ou os pensamentos da pessoa, ou duas ou mais vozes conversando entre si.
O diagnóstico é feito apenas se delírios oualucinações estão presentes por pelo menos um mês. Diagnóstico diferencial de esquizofrenia deve ser considerado como um diagnóstico de exclusão, sendo muito importante afastar causas orgânicas como:
Abuso de substâncias: como alucinógenos, anfetaminas, cocaína, álcool;
Intoxicações por medicações prescritas comumente como, corticosteroides, levodopa, anticolinérgicos;
Doenças infecciosas,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O que é esquizofrenia?
  • Esquizofrenia
  • esquizofrenia
  • ESQUIZOFRENIA
  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!