esclerose multipla

Páginas: 3 (537 palavras) Publicado: 23 de novembro de 2014
Tratamento para a esclerose múltipla.
O tratamento para a esclerose múltipla, geralmente, é iniciado quando o paciente apresenta sintomas como fraqueza nos músculos, cansaço excessivo oudescoordenação motora, por exemplo.
Normalmente, o tratamento é feito com a ingestão diária de remédios receitados pelo neurologista, para aliviar os sintomas da esclerose múltipla e atrasar a sua evolução,no entanto, a fisioterapia também é muito utilizada pelos pacientes.
Tratamento medicamentoso:
O tratamento medicamentoso para a esclerose múltipla deve ser feito com o acompanhamento de umneurologista e pode incluir, medicamento para diminuir a progressão da doença, todos oferecidos gratuitamente pelo SUS, como o Interferom, Acetato de Glatirômer, Natulizumaber, Fingolimode.
O interferomatua no retardo de todo o processo da esclerose múltipla (E.M) além de reduzir o numero de crises e diminuir suas complicações. É um medicamento usado via injeção intramuscular, podendo ser aplicadadiariamente, uma vez por semana ou três vezes por semana.
Acetato de Glatirômer é um medicamento que é injetado (sob a pele) via subcutânea, três vezes por semana, ele também é uma droga que trabalha naredução das crises podendo ser usado em conjunto com outras medições conforme orientação medica.
O Natulizumabe é ministrado por infusão intravenosa, uma vez a cada 4 semanas. Acredita-se que suaeficácia esta no bloqueio da interação entre as moléculas dos vasos sanguíneos e das células do parênquimia cerebral. No entanto o mecanismo especifico pelo qual o natulizumabe exerce seus efeitos naesclerose múltipla não foi definido inteiramente.
O Fingolimode é uma medicação aprovada recentemente pelo Ministério de Saúde como medicamento de primeira linha para o tratamento de E.M tiposurto-remissão. É oque há de mas moderno no tratamento da E.M. Por ser oral, o medicamento facilita também o tratamento, mais de 100mil pacientes já foram tratados com fingolimode no mundo. Ele tem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Esclerose multipla
  • Esclerose múltipla
  • Esclerose multipla
  • esclerose multipla
  • esclerose multipla
  • Esclerose multipla
  • Esclerose Múltipla
  • Esclerose Multipla

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!