Eros e Psique

Páginas: 7 (1568 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
Iniciamos esta nova seção com Eros, Psiquê e o amor proibido entre eles, um mito retirado da mitologia grega, história esta que já foi contada diversas vezes em peças de teatro, filmes e também de diversas formas diferentes, mas com o mesmo sentido. Assim, histórias de amor estão permeadas de dualidade, onde o amor promete felicidade, mas carrega consigo o desafio de manter esta promessa, já queesta promessa é de natureza ilusória quando se pensa pelo olhar psicanalítico de que a busca por amor é impulsionada pelo próprio mal-estar do desejo humano. Lacan, neste sentido, coloca que este sentimento vem para ocupar o lugar faltoso do indivíduo, o que vai de encontro a Freud quando diz que o amor tenta recuperar o que foi castrado, surgindo em forma de desejo, com esperança de completude. Oproblema é que o objeto escolhido para o encontro amoroso não contém o objeto amado primordialmente perdido. Para Freud, pode-se dizer, que o amor está relacionado à idealização e ao narcisismo primário, sendo a escolha do objeto de amor essencialmente narcisista. Lacan não discorda de Freud, mas em sua releitura do mesmo rumo em direção ao amor com forma de sublimação, destacando o vazio. Ahistória de Eros (cupido, deus do amor, da força do desejo, da atração) e Psiquê (alma) vem para ilustrar um pouco desta busca por completude que todos nós almejamos. Divirtam-se!

Vista de frente do modelo em gesso patinado 'Psiquê revivida pelo beijo de Eros', de Antonio Canova, exposta no Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque.


Tudo começa em uma era de deuses e mortais e na interaçãoentre eles. Psiquê era a filha mais linda de três irmãs e sendo Psiquê mortal e personificação da mais bela mulher, causava inveja na deusa Afrodite (deusa do amor), mãe de Eros. Afrodite conta com seu filho para se vingar da rival, onde ele a flecharia com flechas envenenadas e a faria se apaixonar por um horrendo ser. Mas Eros, ao ver a mortal, fica impressionado com sua beleza, acidenta-se comsuas flechas e se apaixona perdidamente por Psiquê, raptando-a para seu castelo dos sonhos, protegidos do mundo, vivendo o mais intenso amor, envoltos de prazer. No entanto, ela não veria a face de seu amado, já que ele aparecia durante a noite para uma sessão de prazeres noturnos, com carinhos, abraços, beijos com muita intensidade e desapareceria ao amanhecer, deixando-a desfrutar de todacomodidade do castelo, atendida por vozes que satisfaziam todas as suas vontades.

Neste castelo Psiquê tinha tudo que queria: banquetes, luxo e tudo que desejasse, além das noites quentes com Eros. Mas havia segredos entre ambos: ela nunca tentaria ver seu rosto e ele esconderia de sua mãe que não cumpriu o que a ela prometeu. E até este ponto podemos dizer que tudo vai bem, apesar de Psiquê não poderver o rosto de seu amante. Além disso Psiquê encontra a inveja das irmãs que a visitavam e viam sua vida de beleza, luxo e amor, então, decidem-se envenenar contra seu amado e Psiquê passa a acreditar que seu amante era um monstro, uma serpente, um ser horrendo, se questionando se seria possível sê-lo já que este lhe dava intenso prazer.

Para tirar a prova, quando Eros, exausto após o atosexual, dorme, Psiquê ilumina seu rosto preparada com uma faca para se defender do monstro, mas encontra o belo jovem deus Eros. Louca de paixão o beija e deixa cair gotas de cera de vela da lamparina no ombro de Eros, que acorda e sente-se traído gritando enlouquecido: o amor não sobrevive sem confiança.

Abandonada e em tristeza profunda, Psiquê procura Afrodite, que já tendo confinado o filhotraidor (e ferido pela cera de vela que o causou ferimentos no coração) a castiga com sua esperteza e, logicamente, não a ajuda, exigindo que para ter Eros de volta teria que cumprir quatro tarefas, exigindo-lhe discernimento, criatividade, visão sistêmica e foco. A 'sogra' tinha em mente que Afrodite jamais conseguiria cumprir as provas, e que de tanto tentar as cumprir perderia toda sua graça e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Eros e psique
  • Psique e eros
  • Eros e psiquê
  • Eros Psique
  • Eros e psique
  • Eros e Psique
  • Eros E Psique
  • Eros e Psique

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!