epopeia

Páginas: 7 (1580 palavras) Publicado: 18 de fevereiro de 2015
http://pt.scribd.com/doc/83645271/Caracteristicas-da-epopeia-classica#scribd

http://estudarmais.no.sapo.pt/PDFPortugues/epopeiacla.pdf

http://criarmundos.do.sapo.pt/Literatura/pesquisabasesliteratura025.html
http://pt.slideshare.net/isabeldovaletrabucho/cames-e-a-epopeia

consilio dos deuses marinhos http://pt.slideshare.net/lurdesmartins1/conslio-dos-deuses-6939046



Epopeiadefinição
A epopeia é uma forma própria da Antiguidade Clássica que se define como uma narrativa escrita em verso que se destina a celebrar, num estilo elevado e grandioso, os feitos gloriosos de heróis reais ou lendários, com interesse para a Humanidade.

Como pertence ao género narrativo, a epopeia tem uma acção desempenhada por personagens situadas num determinado tempo e espaço.

O estilo éelevado e grandioso e o género possui uma estrutura própria, cujos principais aspectos são:
●A acção épica deve ser a expressão do heroísmo;
●O herói além da sua alta nível social, deve revelar grande valor moral;
● Existência de uma proposição ;
● Existência de uma invocação;
●Existência facultativa de uma dedicatória
●Uma narração in medias res
●Inclusão de profecias e de retrospectivas●Presença da Mitologia greco-latina, contracenando com heróis mitológicos e heróis humanos.



Ao analisarmos Os Lusíadas, e depois de conhecermos os elementos constituintes de uma epopeia, concluímos que Camões segue, em muitos aspectos, o modelo clássico apresentado.
Elementos:
Protagonista: O herói dos Lusíadas é um herói colectivo e não individual, como nas antigas epopeias. O povoportuguês é o protagonista desta epopeia, “o peito ilustre lusitano”, simbolicamente representado por Vasco da Gama que, ao narrar a história da pátria ao rei de Melinde, revela a heroicidade do seu povo.
Acção: A acção d’Os Lusíadas é plena de heroísmo pois narra a descoberta do caminho marítimo para a Índia, um acontecimento com interesse universal.
Maravilhoso: N’Os Lusíadas há a intervenção deentidades sobrenaturais pagãs, os deuses venerados na civilização greco-latina, que favorecem os portugueses – adjuvantes, como Júpiter e Vénus – ou os que prejudicam – oponentes, como Baco que se revela o principal opositor dos marinheiros.
Trata-se do maravilhoso pagão. Há também súplicas feitas a Deus, à “Divina Providência”, um momento de demonstração da verdadeira fé cristã. Trata-se domaravilhoso cristão.
qualidades:
unidade: é um todo harmonioso.
Todos os factos estão intrinsecamente ligados; -
variedade: apresenta grande variedade de episódios (mitológicos, bélicos, líricos, naturalistas e simbólicos); -
verdade: o assunto é quase na totalidade real, com alguns momentos de verosimilhança; -
integridade: a narrativa pode ser dividida em três momentos determinantes:Estudar + * introdução (Canto I, estrofes 1 a 18) * desenvolvimento ( Canto I, estrofe 19 a Canto X, estrofe 144); * conclusão (Canto X, estrofes 145 e 146
Momentos:
Narração: In media res (a meio da acção)
No início da narração (estrofe 19, Canto I), a acção apresenta-se numa fase adiantada, in media res – “Já no largo Oceano navegavam”; mais adiante, através de uma analepse, narramse ospreparativos da viagem, as despedidas em Belém, o discurso do Velho do Restelo e a partida para a Índia (Canto IV).
Estrutura interna:
Os Lusíadas dividem-se em quatro partes: -
Proposição: o poeta expõe os seus objectivos (Canto I, estrofes 1 a 3); -
Invocação: Camões pede inspiração às Tágides (Canto I, estrofes 4 a 5); -
Dedicatória: o poeta dedica a obra ao rei D. Sebastião (Canto I,estrofes 6 a 18); -
Narração: a acção é iniciada in media res (Canto I, estrofe 19 até ao fim).
Estrutura externa: O poema está dividido em 10 Cantos, com o total de 1102 estrofes. As estrofes são oitavas, o verso é decassilábico, predominando o verso heróico. A rima é cruzada nos seis primeiros versos e emparelhada nos dois últimos: abababcc.
Considerações do Poeta: Camões faz algumas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • epopeia
  • Epopeias
  • epopeia
  • Epopeia
  • Epopeia
  • O que e epopeia
  • Epopeia
  • Epopéia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!