Environmental engineer

Páginas: 43 (10692 palavras) Publicado: 10 de setembro de 2013
ISSN 0102-2466X
Agosto- 1997

ALTERAÇÕES LIMNOLÓGICAS NO RIO PARAGUAI (“DEQUADA”)
E O FENÔMENO NATURAL DE MORTANDADE DE PEIXES NO
PANTANAL MATO-GROSSENSE - MS

Débora Fernandes Calheiros
Celso João Alves Ferreira

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal
Ministério da Agricultura e do Abastecimento

EMBRAPA. Boletim de Pesquisa, 7Exemplares desta publicação podem ser solicitadas ao CPAP
Rua 21 de Setembro, 1880
Caixa Postal 109
Telex: (67) 7044
Telefone: (067) 231-1430
Fax: (067) 231-1011
79320-900 Corumbá, MS
Tiragem: 200 exemplares
Comitê de Publicações:
João Batista Catto - Presidente
Roberto Aguilar Machado Santos Silva - Secretário Executivo
Luiz Marques Vieira
Agostinho Carlos Catella
Helena BatistaAderaldo
Judith Maria Ferreira Loureiro
Regina Célia Rachel dos Santos - Secretária
Elza Emiko Ito Barôa - Arte, Composição e Diagramação
CALHEIROS, D.F.; FERREIRA, C.J.A. Alterações limnológicas no rio Paraguai
(“dequada”) e o fenômeno natural de mortandade de peixes no Pantanal MatoGrossense - MS. Corumbá. MS: EMBRAPA-CPAP, 1996. 51p. (EMBRAPACPAP. Boletim de Pesquisa, 7).

1. Dequada - RioParaguai - Pantanal - Mato Grosso do Sul. 2. Peixe Mortandade - Rio Paraguai - Brasil. 3. Limnologia. I. FERREIRA, C.J.A. II.
EMBRAPA. Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal (Corumbá, MS). III.
Título. IV. Série.
CDD: 551.48098171
Copyright EMBRAPA-1996

SUMÁRIO

Pág.
RESUMO .................................................................................................... 04ABSTRACT ................................................................................................ 06
INTRODUÇÃO .......................................................................................... 07
MATERIAL E MÉTODOS ......................................................................... 24
RESULTADOS PARCIAIS E DISCUSSÃO ............................................... 26RECOMENDAÇÕES E CONCLUSÃO....................................................... 39
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .......................................................... 41

4
ALTERAÇÕES LIMNOLÓGICAS NO RIO PARAGUAI (“DEQUADA”)
E O FENÔMENO NATURAL DE MORTANDADE DE PEIXES NO
PANTANAL MATO-GROSSENSE - MS
Débora Fernandes Calheiros1
Celso João Alves Ferreira2

RESUMO - No Pantanal, ocorre um fenômenonatural de deterioração da
qualidade da água, denominado regionalmente como “Dequada”, relacionado à
decomposição da grande massa de matéria orgânica submersa no início do
processo de inundação. Sua magnitude é dependente das características do pulso
de inundação, ou seja, características da fase de seca anterior e do período de
inundação subseqüente (volume e velocidade). De acordo com essamagnitude,
pode provocar mortandade massiva de peixes (podendo alcançar a ordem de
milhares de toneladas), decorrente da depleção de oxigênio e do aumento da
concentração de gás carbônico, resultantes dos processos de oxidação da matéria
orgânica, tanto nos campos inundados, quanto na coluna d’água dos rios. Os
peixes moribundos apresentam comportamento típico de estresse respiratório.Outros fatores, como gás sulfídrico, amônia, alumínio, sódio e potássio (sólidos
dissolvidos), alterações de pH e compostos provenientes da atividade
fitoplanctônica foram descartados, pois não foram encontrados em níveis
considerados tóxicos para peixes. Pesticidas e metais pesados não foram
analisados, mas seus níveis dificilmente poderiam ser responsáveis por
1

Limnologia, MSc. - EMBRAPA -Centro de Pesquisa Agropecuária do Pantanal - CPAP,
Caixa Postal 109 CEP 79320900 - Corumbá - MS.

2

Limnologia, MSc. EMBRAPA - Centro Nacional de Pesquisa e Monitoramento
Ambiental, Caixa Postal .69, CEP 13820000, Jaguariúna-SP. Em memória.

5
mortandades tão grandes em uma área tão extensa, onde a atividade antrópica
ainda é reduzida. Em 1995, o fenômeno foi muito expressivo,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Environmental engineer
  • Engineer
  • Engineer
  • Engineer
  • Engineer
  • Engineer
  • Engineer
  • Environmental organization

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!