ensaio - O Anel de Policrates

Páginas: 5 (1174 palavras) Publicado: 22 de novembro de 2014
Heródoto (480-425 a.C.) é considerado, por muitos, “ o pai da História”, porque se interessa
pela investigação e verificação dos vários eventos passados – e é, precisamente esse, o sentido
em grego, da palavra história. Heródoto distancia-se dos historiadores modernos, que hoje
pretendem fazer da história, uma ciência. O seu objectivo é escrever, no mesmo documento, a
história e a lenda, ouseja, adoptar uma narrativa realista contrapondo-a, sempre, com o
fantástico e o maravilhoso. Muitas das suas obras exprimem a sua visão triste do homem, como
por exemplo “O anel de Polícrates”, inscrito no Livro III da obra Histórias.
Podemos afirmar, antes de tudo, que este conto expressa as limitações da felicidade humana mas
também a ilógica caprichosa do destino. Polícrates admite, no seutodo, um conjunto de
condições que o fazem merecedor de um lugar de destaque nas Histórias de Heródoto. Isto
porque “detinha poder e riqueza”1, governando um império sólido. Em todas as guerras ele era
bem-sucedido, conquistando diversas ilhas e cidades do continente. Com todos estes êxitos,
Polícrates tornou-se um rei famoso. “ Confiava na sorte, que considerava uma fiel aliada”2, mas
semperceber, em consequência da sua enorme prosperidade, desencadeou a inevitável inveja
divina. Desta forma, o percurso existencial de Polícrates torna-o um paradigma trágico do
homem poderoso que mergulha na destruição. “ O tempo de ascensão é sempre curto na
narrativa de Heródoto”3.
A amizade de Amásis, alertou Polícrates, “senhor de uma grande fortuna”4, mostrando-se
preocupado com o seudestino, face à sua cegueira e inconsciência total da sua sorte e do seu
sucesso. É avisado por Amásis de que é necessário encontrar um modo de criar a ficção de
sofrimento, através da perda irremediável de algo que muito estime e preze. Tomando em
consideração a mensagem do seu amigo egípcio, Polícrates segue para o alto mar e lança nas
profundezas marinhas, “como vítima oferecida aos deuses e aodestino”5, um anel valioso
encastoado em ouro e ornamentado por uma esmeralda, que trazia sempre consigo, como
símbolo da sua autoridade. Após este acto, Polícrates, rei de Samos, sofria pela primeira vez.
Porém, este episódio não pôde travar a marcha do destino. Eis se não quando, o anel, depois de
comido por um peixe, lhe voltou às mãos como oferenda de um pescador em honra à sua
grandeza,e que o rei aceita de boa vontade, como obra do destino. Polícrates acolhe este sinal
com euforia, apesar de nele pressentir a mão divina.
Com isto conclui-se que nada pode opor-se ao curso do destino e a um homem como Polícrates,
bajulado pela sorte, só resta esperar um mau fim.

1

Vide SILVA, Maria de Fátima, “ A história de Polícrates de Samos – Mais um capítulo na biografia dahumanidade”. HVMANITAS – Vol. XLVII, Universidade de Coimbra, 1995, p.55.
2
Idem, ibidem, p.55.
3
Idem, ibidem, p.58.
4
Idem, ibidem, p.60.
5
Idem, ibidem, p.61.

Muitos foram, ao longos dos anos, os autores que, atendendo ao conto original de Heródoto,
nele se influenciaram para escrever as suas obras. Como por exemplo, Hans Christian Andersen
com o conto o Soldadinho de Chumbo escrito em1838. Esta obra, à semelhança do de
Heródoto, não tem um final feliz. A história conta a aventura de um soldadinho de chumbo que,
ao contrário dos seus irmãos, só tinha uma perna. O soldadinho possuía feições de um soldado
corajoso e cumpridor do seu dever. Ele e os seus irmãos foram oferecidos como um presente, a
um menino. Desde logo, o soldadinho sente um amor platónico pela bailarina depapel que tem
uma bela esmeralda na sua tiara. Contudo um espirito mau, de quem todos os brinquedos tinham
medo, avisa o soldadinho para nunca mais olhar para a bailarina, mas este ignora-o. Por obra, ou
não, do espirito, uma rajada de vento faz com que o soldadinho caia à rua. Duas crianças que ali
brincavam, decidem colocar o soldadinho num barquinho de papel e lançam-no à água que
corria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ensaio de anel
  • Aneis
  • O anel
  • Senhor dos Anéis: A sociedade do Anel
  • Anéis
  • aneis
  • Senhor dos anéis
  • Senhor dos Anéis a Sociedade do Anel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!