Discente

392 palavras 2 páginas
Discente: Gisele Azevedo da S. Paes
Docente: Silvia Alicia Martínez Disciplina: História da Educação Brasileira

Fichamento:
VILLELA, Heloísa de O. S. O mestre-escola e a professora. In: 500 anos de educação no Brasil. LOPES, Eliane Marta Teixeira;FARIA Filho, Luciano Mendes de; VEIGA, Cyntia Gnuve. (org.). BH: Autêntica, 2000.

A autora pontua logo no início do texto sobre os primórdios da profissão docente no Brasil. Pontua que com a expulsão da Companhia de Jesus dos domínios portugueses e o envio de professores régios, se inicia no Brasil no século XVIII e início do XIX um processo de laicização da instrução, com o intuito de formar um sistema de ensino estatal. Para a autora, “os três séculos da época moderna são marcados, no ocidente, por um longo processo de produção de uma nova “forma escolar” em detrimento dos modos antigos de aprendizagem (...)”. (p. 96)
“A transição de uma sociedade em que a educação se faz por impregnação cultural para uma sociedade munida de um sistema complexo de ensino estatal” (p.97). Entende ainda que, “da mesma forma que no continente europeu, também aqui, àquela época, havia uma multiplicidade de formas e locais de ensinar e aprender. Nas grandes propriedades rurais, padres ligados aos engenhos ensinavam filhos de fazendeiros, agregados e até escravos é no início do século XIX, sob o reinado de D. João VI, que se inicia um controle progressivo do Estado sobre a educação formal e as primeiras iniciativas para organizar um sistema de instrução primária” (p.99). A autora ressalta ainda que, “a criação das escolas normais marcou uma nova etapa no processo de institucionalização da profissão, balizado por um duplo movimento: de um lado, o controle estatal se faz mais restrito; de outro, os docentes, de posse de um conhecimento especializado”(p.101) O texto mostra que a profissão docente quase sempre foi masculina tornou-se de fato prioritariamente feminina, sendo que a formação profissional

Relacionados

  • Discente
    989 palavras | 4 páginas
  • Discente
    2103 palavras | 9 páginas
  • Discente
    1892 palavras | 8 páginas
  • Discente
    4965 palavras | 20 páginas
  • Discente
    390 palavras | 2 páginas
  • Discente
    2096 palavras | 9 páginas
  • discente
    7561 palavras | 31 páginas
  • Discente
    2617 palavras | 11 páginas
  • discente
    1569 palavras | 7 páginas
  • Discente
    13169 palavras | 53 páginas